Multifacetado, o Canadá é um país marcado pela influência não só da colonização inglesa e francesa ao longo de suas províncias, como também pela influência dos diversos povos que hoje compõem a nação canadense. Povos árabes, filipinos, indianos, chineses, vietnamitas, ucranianos, portugueses e até brasileiros (entre outros) fazem parte da composição étnica do país, que no respeito à alteridade e na luta pelos direitos humanos encontra uma de suas maiores características como nação.

A vasta influência de diversos povos na cultura canadense também pode ser observada em sua gastronomia, marcada por uma grande variedade de sabores e por mesclar ingredientes locais com as influências que recebem dos diversos povos que habitam hoje o seu território. Cada província, por sua vez então, oferece experiências distintas aos viajantes de acordo com os produtos mais comuns de seus territórios e a influência de determinados povos em sua cultura. Em Halifax, por exemplo, os frutos do mar e os peixes encontram seu lugar no cotidiano dos haligonians; nas províncias de Alberta e Manitoba, as carnes, principalmente de caça, ganham a mesa e a atenção dos visitantes e locais; na British Columbia, o salmão é um de seus maiores produtos; em Montréal e Québec City, a cozinha francesa e hábitos como o consumo de vinho nas principais refeições são parte do dia a dia dessas incríveis cidades. Nos mercados municipais, há restaurantes de diversas nacionalidades, principalmente chineses, vietnamitas, filipinos, italianos, dividindo lugar com legumes, frutas, verduras e uma infinidade de itens, produzidos por locais. Se há um aspecto a ser levado em conta em uma viagem ao Canadá é que, sem dúvidas, você terá diversas oportunidades de vivenciar algumas experiências gastronômicas interessantes.

Quebec-dia06e07-087

Durante o projeto Jeguiando Across Canada, Erik e eu visitamos vários restaurantes, mercados, barraquinhas de comida, foodtrucks, com opções múltiplas em termos de preço e de propostas gastronômicas, que vão do fast food ao slow food; de locais mais econômicos à alta gastronomia. Para cada cidade que visitamos, estamos reunindo dicas de onde comer em cada destino. Hoje, especialmente, dedicaremos o post a alguns restaurantes que conhecemos em Québec City, que valem uma visita por suas múltiplas propostas.

  • Voodoo Grill e o Maurice Nightclub Complex: Alta gastronomia e casa noturna em uma das principais avenidas de Québec City
Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

No artigo “O que ver e fazer em Québec City“, listamos alguns dos principais pontos turísticos de uma das mais charmosas capitais canadenses e algumas dicas de como otimizar sua visita pela cidade, levando em consideração suas principais avenidas e boulervards. Uma das principais avenidas da cidade é a bela Grande Allée Est, onde encontra-se concentrada uma grande variedade de restaurantes de diversos estilos e preços. Na mesma região, você encontrará desde o badaladíssiomo Voodoo Grill – com uma proposta de slow food e alta gastronomia, aliado à atmosfera vibrante de uma casa noturna – ao econômico e divertido Casa Calzone – ambos dividindo praticamente a mesma calçada.

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Com mais de 15 anos de história, o Maurice Nightclub Complex – cujo nome é uma homenagem ao ex-Premier Maurice Duplessis – é um complexo gastronômico e voltado para a diversão. Frequentado pelos clubbers de Québec City e por apreciadores da vida noturna, o local reúne vários espaços em uma mesma edificação, desde um nightclub; um lounge a um restaurante de slow food: o Voodoo Grill.

A edificação já chama a atenção na calçada por sua iluminação cênica carregada em tons de vermelho e por sua arquitetura, que lembra a de um pequeno castelo. Seu interior é sofisticado, mas segue ainda o exagero proposital da fachada do complexo. Cortinas de veludo, flores vermelhas gigantescas, alguns móveis forrados por tecidos do tipo “animal print”, luminárias de cristal, esculturas exóticas – todos os elementos dispostos ao longo dos ambientes do Maurice Nightclub Complex buscam compor um espaço dedicado ao luxo e ao glamour, como as noites devem ser.

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

O atendimento é atencioso, mesmo com a casa frequentemente cheia (conversamos com uma local que nos falou um pouco sobre o complexo). Se vai jantar e não somente cair na noite, sugiro chegar cedo (por volta das 20 horas) e aproveitar a refeição com tranquilidade, seguindo a proposta slow food do local.

O carro-chefe do Voodoo Grill são os seus tartares. Tem tartar de salmão, angus, bisão, camarão, lagosta, veado, bezerro e outros tantos sabores. Depois de escolhido o tartar, a casa oferece um vasto leque de molhos para acompanhar a sua escolha. Há até um molho brasileiro, feito com abacaxi, baunilha, cebolinha, coentro, suco e raspas de limão. Quando servido, o tartar vem com a bandeirinha do país representado pelo molho de acompanhamento.

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Tartar. Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

O tartar pode perfeitamente servir como uma entrada, mas, se você não quiser provar a preparação (há muitas pessoas que não apreciam pratos crus), a casa oferece várias opções como carnes diversas, peixes e frutos do mar. Como entrada, por exemplo, pedi vieiras e como prato principal uma preparação à base de lagosta; Erik, no entanto, decidiu continuar com as carnes e pediu um Angus beaf.

Para quem não quer jantar, mas apenas “beliscar”, sugiro pedir o tartar ou alguma porção de poutine (um dos pratos típicos canadenses) ou também um lobster roll (uma espécie de sanduíche de lagosta). Os ingredientes são frescos; a apresentação dos pratos é delicada e a comida, em si, é uma das mais saborosas que provei em Québec City. Vale muito considerar reservar uma noite para jantar no Voodoo Grill.

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

>> Para cair na noite de Québec City

Depois de um bom jantar, para aqueles que querem esticar a noite, no Maurice Nightclub Complex ainda funciona uma casa noturna e uma série de ambientes, inclusive privados, que recebem festas intimistas e eventos. O complexo encontra-se dividido em Maurice Nightclub; Voo Doo Supperclub; Charlotte Ultra Lounge e Société Cigare – todos embalados por música eletrônica, pop e clássicos da década de 80 e 90. Os ambientes são interconectados e a festa vai longe ao longo da noite de Québec City. Para os viajantes baladeiros, o local é uma opção interessante e um dos grandes ícones da vida noturna da cidade. # PartyLikeALocal

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

>> Outras informações sobre o Voodoo Grill e o Maurice Nightclub Complex

Localização: 575, Grande-Allée Est, Québec, G1R 2K4.

Tel.: 418 647-2000

Site oficialhttp://www.voodoogrill.com

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Voodoo Grill. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

  • Café Sirocco

Localizado em uma região bastante frequentada por locais – próximo a Avenue Cartier –, o Café Sirocco é um bom lugar para almoçar, jantar e conversar. Frequentado em sua maioria pelo povo Québécois, o café também funciona como um bistrô e é dividido em vários ambientes: o Salles corresponde ao espaço dedicado ao restaurante e possui 180 lugares; o lounge, que reúne 55 lugares disponíveis, é ideal para um coquetel e para conversar; o Verrière é mais voltado para encontros íntimos e reuniões de negócios; a adega, com apenas doze lugares, é atraente para os apreciadores de vinhos – a casa reúne ao todo 80 rótulos –; e, por fim, o bar, com seis lugares apenas, é voltado para quem queira degustar um drink enquanto aguarda um convidado para o jantar, por exemplo.

Café Sirocco. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Café Sirocco. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Café Sirocco. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Café Sirocco. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Café Sirocco. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Café Sirocco. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Com uma vista privilegiada para a René-Lévesque Ouest, o Café Sirocco ainda conta com um simpático terraço com 20 lugares para os dias frescos de outuno e para os dias solares de verão. É lá que muitos locais sentam e apreciam os murais temporários expostos do outro lado da rua, saboreando algum drink ou uma taça de vinho – costume herdado da colonização francesa.

Além de ambientes aconchegantes, o Café Sirocco é conhecido por suas preparações saborosas e despretensiosas. Não há afetação nos pratos, nem na apresentação, mas um cuidado com os sabores. Foi exatamente lá que provei uma das melhores massas dessa viagem: um ravioli muito bom com legumes. Nada mais, além da companhia de uma taça de vinho. Para sobremesa, sugiro o delicioso Crème brûlée da casa e, para finalizar, um Café Brasileiro.

Para os amantes dos famosos tartares, a casa também oferece algumas boas opções para os apreciadores do prato, além de carnes, sopas, saladas, tapas e seu famoso brunch. Os preços são bastante justos (um prato principal custa de 18 a 25 dólares canadenses e há entradas a partir de 5 dólares) e a comida é, como disse anteriormente, saborosa. Vale uma passada por  lá, principalmente por ser um lugar frequentado primordialmente por locais. #EatLikeALocal

Vista do Café Sirocco. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Vista do Café Sirocco. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Vista do Café Sirocco. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Café Sirocco. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Café Sirocco. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Café Sirocco. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

>> Outras informações sobre o Café Sirocco

Localização: 64, René-Lévesque Ouest, Québec (Québec) G1R 2A4

Tel.: 418 529.6868.

Contato: info@cafesirocco.com

Site oficial: http://www.cafesirocco.com/

Café Sirocco. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Café Sirocco. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Café Sirocco. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Café Sirocco. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Café Sirocco. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Café Sirocco. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

  •  Casa Calzone

Fomos parar na Casa Calzone em um dia que chovia muito (muito mesmo!) em Québec City. Tínhamos passado o dia inteiro (literalmente) andando pela cidade e à noite só queríamos um lugar para nos aquecer e comer algo quente, para depois voltarmos para o hotel, mas ganhamos uma chuva de presente. Estávamos andando na Grande Allée Est – a mesma avenida onde encontra-se localizado o Voodoo Grill – e pesquisando um lugar que oferecesse uma boa relação custo-benefício, ou seja, que não fosse caro e que conseguisse repor as energias que gastamos perambulando pela cidade. Foi aí que vimos um menu de três pratos por menos de 20 dólares canadenses. “Opa, é aqui mesmo…”, pensei. E certificado pelo Trip Advisor?! Não deve ser um muquifo! Lá fomos nós então!

Casa Calzone. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Casa Calzone. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Casa Calzone. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Casa Calzone. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Erik e a sangria. Casa Calzone. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Erik e a sangria. Casa Calzone. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Dos restaurantes que visitamos em Québec City, esse, sem dúvidas, é o que carrega uma história mais próxima à forma como encaramos a vida. Horst, o proprietário da Casa Calzone, começou sua carreira como ajudante de garçom em um clube de jazz em Paris, tendo, na época, apenas 18 anos. De garçom ele passou a empresário, abrindo seus próprios negócios – ao todo, Horst abriu cerca de 15 empreendimentos, entre restaurantes, bares e discotecas em Quebec.

Entre um restaurante e outro, o empresário casou (e vive com a mulher de sua vida há 35 anos); criou seis filhos; fez uma viagem de dois anos ao redor do mundo e depois foi à falência e colapsou. A Casa Calzone foi aberta com 25.000 dólares emprestados por seus melhores amigos e foi lá onde fomos nos aquecer com sopa, lasanha e café e com uma história tão bonita e cheia de coragem, que inspira qualquer viajante que já se afastou de sua casa por um tempo para ganhar o mundo e fazer a vida definitivamente valer a pena. Duvido que ele tenha se arrependido de algo! =D

Casa Calzone. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Casa Calzone. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Casa Calzone. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Casa Calzone. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Apesar do carro-chefe da Casa Calzone ser os calzones (como seu nome antecipa), o restaurante trabalha também com massas e com um esquema parecido com o Prato do dia de Paris: um menu de três itens por um preço fixo. Seguindo esse menu, tomamos uma ótima sopa de aspargos, comemos uma lasanha à bolonhesa (que tinha um toque meio adocicado interessante) e terminamos o jantar com um café. Pedimos também uma sangria (não gostei muito, mas tudo é uma questão de paladar, então não tenham medo de experimentar). Foi um dos lugares mais acolhedores que visitamos; a música é boa e a comida tem preço justo. A história do Horst, no entanto, é a sobremesa que a gente guarda para saborear mais tarde e, sem dúvidas, para se inspirar para fazer a vida valer a pena. #LoveLikeALocal

Casa Calzone. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Casa Calzone. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Casa Calzone. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Casa Calzone. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Lasanha! Casa Calzone. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

Lasanha! Casa Calzone. Québec City, Québec. Imagem: Erik Araújo

>> Outras informações sobre a Casa Calzone

Localização: 637, Grande Allée Est Québec (Québec) G1R 2K4.

Tel.: 418.522.3000

Contato: casacalzone@gmail.com

Site oficial: http://www.casacalzone.com/

  • Onde comer também em Québec City

Entre as regiões que reúnem um grande número de restaurantes em Québec City, destaco a Avenue Grande Allée Est e a Avenue Cartier – muito frequentada por locais. Para os amantes de mercados, não deixe de conhecer também o Marché du Vieux-Port (Old-Port Market), localizado próximo a Vieux Québec, onde é possível adquirir vários itens produzidos na província, assim como experimentar algumas de suas gostosuras. No mais, aproveite tudo que a charmosa capital de Québec tem a oferecer em experiências gastronômicas. 😉

  • Mais sobre Québec City

Hospedagem

> Delta Quebec – Localização privilegiada e hotel pet friendly

Passeios e atrativos turísticos

> O que ver e fazer em Québec City – Pontos turísticos, experiências únicas canadenses e um pouco mais sobre essa charmosa cidade

Viajando para Québec City a bordo dos trens da Via Rail

> Como é viajar no The Corridor: de Montréal a Québec City; de Québec City a Montréal e de Montréal a Toronto

Marché du Vieux-Port (Old-Port Market). Imagem: Erik Araújo

Marché du Vieux-Port (Old-Port Market). Imagem: Erik Araújo

Marché du Vieux-Port (Old-Port Market). Imagem: Erik Araújo

Marché du Vieux-Port (Old-Port Market). Imagem: Erik Araújo

  • Parceiros e patrocinadores

patrocinio

  • Agradecimentos especiais:

Agradecemos à Via Rail por apoiar a expedição Jeguiando across Canada e o apoio de Halifax, Quebéc City, Montréal, Toronto, Winnipeg, Banff, Lake Louise, Jasper, Whistler e Vancouver durante nossas paradas. =)))

Siga o Jeguiando nas redes sociais e acompanhe o projeto Jeguiando Across Canada:

Marché du Vieux-Port (Old-Port Market). Imagem: Erik Araújo

Marché du Vieux-Port (Old-Port Market). Imagem: Erik Araújo

Marché du Vieux-Port (Old-Port Market). Imagem: Erik Araújo

Marché du Vieux-Port (Old-Port Market). Imagem: Erik Araújo

Conheça os patrocinadores e parceiros do projeto:

Via Rail (Realização e Patrocínio)

Broker Brasil Corretora de Câmbio (Patrocínio)

Comissão de Turismo Canadense (Apoio)

Delta Hotels (Apoio)

Air Canada (Apoio)

Vertebratta (Idealização/Projeto)

 

 

 

 

 

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: