Castelo da Torre de Garcia D’Ávila – Praia do Forte, BA


Você sabia que o único exemplar de castelo em estilo medieval construído na América fica no Brasil e… em Praia do Forte? Não sabia?! Opa! Então vamos conhecê-lo! Em junho deste ano, Erik, eu e Jegueton novamente pegamos estrada rumo à Praia do Forte para passar o São João por lá e, com o apoio do Hotel Via dos Corais e da Turisforte – a Associação Comercial e Turística da Praia do Forte, fomos conhecer um dos locais mais imperdíveis e importantes da região em termos de memória histórica – o Castelo da Torre de Garcia D’Ávila, fundado em 1551.

  • Castelo da Torre de Garcia D’Ávila – Praia do Forte, BA
Castelo Garcia D'Àvila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D’Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D'Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D’Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Os castelos medievais povoam o imaginário coletivo, seja através das aulas de história, dos livros ou dos filmes. O certo é que, arrisco dizer, quase todo mundo tem vontade de ver uma dessas edificações de perto, pelo fascínio que provocam e pelas grandes doses de mistério e lendas que reúnem. Para ver um castelo medieval de pertinho, achei que teria que viajar para longe, até que, anos atrás, descobri que havia um bem próximo de mim (no tempo em que eu ainda morava em Salvador). Pois bem, anos atrás descobri, vendo as fotos de um amigo meu, que existia sim um castelo no Brasil e ele estava localizado só a 80 km da capital baiana e a 55 km do Aeroporto Luís Eduardo Magalhães – o Castelo da Torre de Garcia D’Ávila.

Castelo Garcia D'Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D’Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D'Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D’Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Para chegar ao Castelo da Torre de Garcia D’Ávila, não é preciso atravessar um portal no tempo, nem viajar grandes distâncias. Basta chegar ao pórtico de Praia do Forte, virar à direita depois de alguns metros, pegar uma estradinha e você chegará à propriedade particular que abriga o castelo – para ter acesso à propriedade é cobrada uma taxa revertida posteriormente para a manutenção das ruínas. Hoje, quem cuida da preservação deste patrimônio histórico, tombado pelo IPHAN em 1937, é a Fundação Garcia D’Ávila, “responsável pela restauração, preservação e manutenção da Casa da Torre, única construção das Américas com caraterísticas medievais, erigida em 1551 no alto de Tatuapara e também conhecida como Castelo de Garcia D’Ávila”. (Fonte: Fundação Garcia D’Ávila)

– Capela

Capela. Castelo Garcia D'Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Capela. Castelo Garcia D’Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Capela. Castelo Garcia D'Ávila, Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Capela. Castelo Garcia D’Ávila, Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Erigido a partir de 1551 por Garcia D’Ávila nas terras doadas por seu pai – Tomé de Sousa, o primeiro governador geral do Brasil -, o Castelo da Torre de Garcia D’Ávila tornou-se o símbolo de seu poder e uma das primeiras fortificações construídas em terras brasileiras. O território correspondente à fazenda doada por Tomé de Sousa a seu filho ía de Praia do Forte até o Maranhão, sendo um dos maiores latifúndios da história do Brasil.

Capela. Castelo Garcia D'Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Capela. Castelo Garcia D’Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Capela. Castelo Garcia D'Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Capela. Castelo Garcia D’Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

A construção do Castelo da Torre de Garcia D’Ávila foi dividida basicamente em duas etapas: a primeira corresponde à construção da capela (que permanece extremamente conservada), com paredes de tijolos e similar a do Paço de Sintra, em Portugal. Já a segunda metade da construção corresponde ao próprio castelo, erigido em alvenaria de pedra e que se desenvolveu “simetricamente em torno de um pátio de honra, em estilo renascentista, onde uma escadaria dupla conduzia ao primeiro pavimento. Uma terceira fase da construção, datada do início do século XVIII, também em pedra, amplia o Castelo”. (Fonte: http://www.casadatorre.org.br/)

– O Castelo

Castelo Garcia D'Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D’Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Vista do Castelo Garcia D'Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Vista do Castelo Garcia D’Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D'Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D’Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D'Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D’Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Depois de conhecer a capela, resolvemos caminhar pelas ruínas do castelo em si e entre as suas grossas paredes de alvenaria de pedra. Por dentro do castelo, há um sistema de passarelas implantadas para facilitar a visitação e que dá acesso ao segundo pavimento, de onde se tem uma linda e privilegiada vista de Praia do Forte. O local é cercado de lendas e muitos dizem que, à noite, os espíritos dos D’Ávila ainda caminham por lá, a habitar o castelo.

Castelo Garcia D'Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D’Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D'Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D’Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D'Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D’Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D'Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D’Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Além de receber turistas de várias partes do globo, o Castelo Garcia D’Ávila também se tornou um grande palco de eventos sociais. Muitas pessoas, atraídas pela atmosfera onírica do lugar, têm escolhido o castelo para a celebração de casamentos. Há inclusive, no receptivo de visitantes, um restaurante tocado pela chef Tereza Paim, que funciona para dar suporte a esses eventos.

Castelo Garcia D'Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D’Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D'Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D’Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D'Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D’Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D'Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Castelo Garcia D’Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Antiga gameleira. Castelo Garcia D'Ávila, Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Antiga gameleira. Castelo Garcia D’Ávila, Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

  • Fundação Garcia D’Ávila – Praia do Forte, BA

Como citei anteriormente, quem cuida da preservação das ruínas do Castelo Garcia D’Ávila é a Fundação Garcia D’Ávila, entidade fundada em 1981 e que hoje se configura como uma OSCIP (Organização da Sociedade Cívil de Interesse Público), voltada para intervenções nos setores Educacional, Ambiental, Histórico-Cultural e Social na região de Praia do Forte. Dentre as atividades realizadas pela fundação, destacam-se: a preservação e restauração do Castelo Garcia D’Ávila, o desenvolvimento de pesquisas arqueológicas, “o controle ambiental da região urbana que compreende Praia do Forte e seus atributos naturais e a preservação dos remanescentes da Mata Atlântica contidos nas Reservas da Sapiranga, Camurugipe e Passagem Grande, além das áreas de restingas (dunas e manguezais) e de coqueirais”. (Fonte: Fundação Garcia D’Ávila)

Objetos resgatados. Fundação Castelo Garcia D'Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Objetos resgatados. Fundação Castelo Garcia D’Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Objetos resgatados. Fundação Castelo Garcia D'Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Objetos resgatados. Fundação Castelo Garcia D’Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Objetos resgatados. Fundação Castelo Garcia D'Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

Objetos resgatados. Fundação Castelo Garcia D’Ávila. Praia do Forte, BA. Imagem: Erik Pzado

  • Outras informações:

– Localização: Alameda do Farol, s/n, Praia do Forte.

– Taxa de visitação: R$ 10,00 (valor sujeito a alterações).

– Tel.: +55 71 9985-3349

– Site oficial: http://www.fgd.org.br/index.html

Maquete do Castelo Garcia D'ÁVila. Imagem: Erik Pzado

Maquete do Castelo Garcia D’ÁVila. Imagem: Erik Pzado

Maquete do Castelo Garcia D'ÁVila. Imagem: Erik Pzado

Maquete do Castelo Garcia D’ÁVila. Imagem: Erik Pzado

Agradecimentos:

Ao Hotel Via dos Corais pela parceria, apoio e suporte e à Turisforte – a Associação Comercial e Turística da Praia do Forte.

Siga a trupe do Jeguiando no Twitter!

Conheça nossa Fanpage!

http://www.facebook.com/Jeguiando

 

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

7 Comentários

  1. Oiee Jana,

    Ainda não tinha ouvido falar deste castelo nos guias…. Muito bonito!!! Gosto de ruínas, lembra muito a cidade de Alcântara no Maranhão… Uma volta ao passado!

    Abraços,

    Érika

  2. É muito lindo esse local e acho que poucas pessoas sabem da existência dele. Mas é um local lindo para se visitar e essa ideia de fazer casamentos ali realmente é incrível. Acredito que, com o passar do tempo, este local será mais conhecido pelos turistas, porque é uma oportunidade única visitar um castelo como esse.

    • É verdade, Rafaela. Muitos associam à Praia do Forte apenas ao Projeto Tamar, sem saber que a região abriga um importante exemplar histórico em suas terras. 🙂

      Um grande abraço,

      Jana.

    • Rafaela – Tudo em Foco » Concordo, Rafaela. Apesar de não ter destaque nos roteiros tradicionais, o lugar é fantástico! Tem uma linda vista e visitar as ruínas, com cerca de 500 anos, é realmente uma experiência válida! 🙂

  3. jorge moinhos disse:

    bom dia! muito legal as dicas que vc deu, realmente esse castelo é pura história, resido em salvador e sempre quando vou em praia do forte faço essa visita. vou dar uma dica, proximo de praia do forte tem a praia de arembepe que tambem é muito bonita, sempre alugo casa lá para veraneio, tambem na praça de arembepe tem uma acarajé que é um dos melhors da bahia, chama-se acaraje da CATITA, pode confirir. sou geografo, tenho pos em gestão ambiental e curto muito esses blog e sites de turismo. abraços

  4. Thata M P disse:

    Esse lugar é único! É muito fácil de ser visitado! Um lugar muito importante para o país, única construção feudal da América não é pra qualquer um! rs…


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: