Archive for the ‘Minas Gerais’ Category

Chegamos em Ponto Chique, Minas Gerais, com o barco do Cinema no Rio São Francisco, trazendo curiosidade aos habitantes, que chegavam aos poucos às margens do Velho Chico para nos ver – a mesma curiosidade que acompanhava a cidade quando o Benjamim Guimarães, um dos últimos barcos a vapor do mundo em funcionamento, passava diante de Ponto Chique e seguia  [Leia mais]

Ibiaí, em Minas Gerais, é miúda e sua população não chega a 8000 habitantes, mas guarda em sua pequenez um punhado de histórias e personagens, que preservam a memória da cidade como seu tesouro mais valioso. Em Ibiaí, muitos vivem da pesca ou das lembranças de uma terra que vivia em festa – festas que quase mais não acontecem por  [Leia mais]

Enquanto o barco do Cinema no Rio São Francisco cruzava o Velho Chico rumo à Barra do Guaicuí, eu pensava nas histórias que ouvi ao longo dos dias que anteciparam nossa chegada à cidade. Em mim, uma mistura de fascínio e receio… O mesmo lugar que abriga uma igreja envolta por mistérios, também guardava histórias cabeludas de meninos endiabrados, que corriam  [Leia mais]

A primeira vez que naveguei pelo Rio São Francisco

Para Góia e todos os bons amigos que fiz nesta viagem No dia da primeira partida do barco do Cinema no Rio São Francisco, acordei com a ansiedade típica dos dias de festa da minha infância, quando, pequena, observava atenta minha mãe enrolar os brigadeiros e outros docinhos e enfeitar o ar com cheiro de açúcar… A mesma ansiedade infantil  [Leia mais]

De um lado da Ponte Marechal Hermes, Pirapora. Do outro lado, Buritizeiro. Dizem que o povo de Pirapora não “se bica” com o povo de Buritizeiro, e vice-versa – herança ancestral de tempos em que as margens divididas pelo Rio São Francisco abrigavam tribos indígenas inimigas. Há gente, por exemplo, que só atravessou a ponte uma vez na vida para  [Leia mais]

Cheguei em Pirapora, Minas Gerais, com a canção Romaria na versão de João Mineiro e Marciano tocando na minha cabeça sem parar (culpa da Clarissa Donda, que cantou esta música por dias pelo Skype como prévia da viagem). “Sou caipira, Pirapora… Nossa… Senhora de Aparecida/ Ilumina a mina escura e funda/ o trem da minha vida/ Sou caipira, Pirapora… Nossa…  [Leia mais]

Neste momento, a equipe do Cinema no Rio São Francisco (projeto idealizado por Inácio Neves) deve estar aportada em Itacarambi, interior de Minas Gerais, em meio ao forte calor do sertão mineiro… Não abandonei o barco antes da expedição acabar por querer. Ao contrário. Voltei a São Paulo com muito pesar. A expedição teve início no dia 20 de abril  [Leia mais]

A vida inspira filmes e os filmes inspiram a vida, nos trazem alegria e nos provocam. Filmes nos fazem idealizar amores, vivenciar temores, ter vontade de cair no mundo e, em vez de se perder, se encontrar. Através dos filmes, nos transportamos para outros cantos, ouvimos outras línguas, mergulhamos em outras culturas, extraímos de nós o riso, extraímos de nós  [Leia mais]

Roteiro de um dia em Tiradentes, Minas Gerais

Até o momento, sem dúvidas, Tiradentes é a cidade mineira de que mais gosto. Um dia, no entanto, posso passar a gostar mais de outra, mas, atualmente, essa pacata cidade do interior de Minas Gerais é o meu dengo. Ouso até dizer que gosto mais dela do que Ouro Preto, que, sem dúvidas, é uma das cidades mais emblemáticas para  [Leia mais]

Igreja Matriz de Santo Antônio – Tiradentes, Minas Gerais

Durante o dia, ela desponta por entre os casarões coloniais de Tiradentes, em Minas Gerais. À noite, principalmente nos festejos de fim de ano, ela se acende, ganhando cores distintas. Estamos falando de uma das principais igrejas que marcam a forte influência do Catolicismo na cidade mineira – a Igreja Matriz de Santo Antônio, o santo que, diz a lenda,  [Leia mais]

Os rocamboles de Lagoa Dourada, MG

Se existe um movimento que considero curioso e interessante é o de tornar uma cidade, que inicialmente não possui grande potencial turístico, em um destino a ser considerado, principalmente em uma viagem de carro, quando se tem mais liberdade de escolher onde parar e de adicionar novos roteiros aos planos. O mesmo movimento que aconteceu em Itu e Joanópolis, no  [Leia mais]

Pegar estrada é uma das minhas grandes paixões! Por mais que seja mais demorado chegar a um destino por terra, ainda assim prefiro. Gosto da liberdade de parar onde quero e das possibilidades do que posso ver ao longo de um trajeto: um pôr do sol avermelhado, vacas espalhadas em um pasto verdinho ou a sinuosidade de um caminho. Quando  [Leia mais]

A riqueza de Minas Gerais, historicamente, ficou associada à abundância de ouro e pedras preciosas da região, que fez muita gente deixar suas cidades em busca de melhoria de vida. Nos dias de hoje, além de manter sua tradição extrativista, Minas ganhou outras riquezas também, que têm trazido para a população de cidades pequenas um meio de subsistência. A arte  [Leia mais]

Quando a noite cai em Ouro Preto, em Minas Gerais, a Rua Direita – uma das ruas mais vibrantes da cidade – vai sendo tomada, aos poucos, por locais, visitantes e estudantes, que ocupam a grande maioria das repúblicas espalhadas ao longo de suas ruas íngremes e ladeiras calçadas de pedras. Em nossa visita ao destino, saímos à noite à  [Leia mais]

Localizado a 8 km de Tiradentes e com suas ruas de pedra e de terra, seus ateliês e oficinas de arte e suas casas antigas, muitas delas construídas com tijolos de adobe, Bichinho, em Minas Gerais, é grandioso em sua pequenez. Sua grandiosidade está na riqueza de sua arte e artesanato, produzidos, em grande maioria, pelos locais, que viram na habilidade  [Leia mais]

Casa das Casinhas – Dica de ateliê em Bichinho, MG

Quem visita Minas Gerais e, como nós, é apaixonado por arte e artesanato não pode deixar de visitar Bichinho. O pequeno vilarejo, localizado no município de Prados, a 4 km (aproximadamente) de Tiradentes, reúne em sua pequenez um grande número de artistas e artesãos, que vivem do trabalho de transformar madeira, papel e pedras em lindas peças de arte. A  [Leia mais]

Antes de pegarmos estrada rumo a Minas Gerais, anotamos algumas dicas de lugares para visitar e um deles foi Bichinho, um pequeno vilarejo localizado no município de Prados, a 4 km (aproximadamente) de  Tiradentes, onde ficamos hospedados na aconchegante Pousada do Ó. Minas é conhecida principalmente pela sua gastronomia e pelo seu rico e variado artesanato e Bichinho é, sem  [Leia mais]

Largo das Forras – Centro Histórico de Tiradentes, MG

A história de Tiradentes teve seu ínicio no século XVIII e está alinhavada à febre do ouro, que se instaurou no estado de Minas Gerais. A região, que hoje abrange a cidade, ficou conhecida pelas altas concentrações de ouro de superfície em comparação às demais localizações mineiras. Por esta razão, o que era um pequeno arraial acabou se desenvolvendo ao ponto  [Leia mais]

Viajar para  Minas Gerais e não provar da gastronomia típica do estado é uma daquelas coisas que gera até puxão de orelha. Gosto muito da comida mineira, até porque vejo muitas semelhanças com muitos pratos do meu Nordeste, então aprecio o tempero e recomendo, mas sei que muita gente não está acostumada às preparações. Antes de pegarmos estrada para Minas,  [Leia mais]

Tiradentes, MG – Informações e dicas importantes sobre a cidade

Tranquila, histórica, acolhedora e colorida. Assim é a cidade de Tiradentes, localizada no interior de Minas Gerais. Quem vai para lá deve estar ciente de que seu ritmo é desacelerado e de que a dinâmica de uma cidade do interior, raramente, se parece com a dinâmica das grandes capitais. Em um dos dias que passamos na região, durante um jantar,  [Leia mais]

Viajar para Minas Gerais envolve motivações diversas: sua gastronomia, seu rico artesanato, sua arte em pedra-sabão e madeira, seus móveis de demolição e, sobretudo, sua memória histórica. Caminhar por algumas cidades mineiras, sobretudo as que abrigam, ao longo de suas ruas, antigos casarões coloniais e igrejas, que datam, grande parte delas, do século XVIII, nos traz a sensação de voltar  [Leia mais]

Pousada do Ó – Onde se hospedar em Tiradentes, MG

Minas Gerais, desde sempre, povoou meu imaginário. A primeira vez que quis conhecer o estado foi durante a minha adolescência, quando li A Ladeira da Saudade, de Ganymédes José, obra infanto-juvenil que se passava em Ouro Preto. O livro contava a história de dois personagens que se apaixonaram entre os casarões coloniais, as ladeiras calçadas de pedras, os biscoitos de  [Leia mais]

Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares