Distrito e parque ecológico do município de Itatiaia, no estado do Rio de Janeiro, Penedo encontra-se praticamente na divisa entre os estados de São Paulo e Rio de Janeiro, ficando a menos de três horas de viagem de carro das duas capitais. Figurando entre os destinos de inverno do sudeste, o distrito ficou conhecido por ser uma das únicas colônias finlandesas no Brasil, que se estabeleceu na região entre os anos de 1927 e 1942.

O destino, que está a pouquíssimos quilômetros da acolhedora e mística Visconde de Mauá (outro destino de inverno imperdível na região), abriga diversas referências aos povos finlandeses e suecos entre suas atrações. Entre as opções que evidenciam a colonização, podemos citar como os exemplos mais marcantes da influência finlandesa o Clube Finlandês, o Shopping ao ar livre Pequena Finlândia, com sua emblemática Casa do Papai Noel, e finalmente o Hotel Pequena Suécia, de que falaremos neste post e onde ficamos hospedados em nossa visita à cidade.

  • Sobre o Hotel Pequena Suécia
Fachada do Hotel Pequena Suécia. Imagem: Erik Araújo

Fachada do Hotel Pequena Suécia. Imagem: Erik Araújo

Antes de começar a falar um pouco sobre o Hotel Pequena Suécia como uma opção de hospedagem em Penedo, é preciso pontuar a importância histórica do empreendimento na história do turismo do distrito de Itatiaia.

Construído na década de 50, o Hotel Pequena Suécia, que antes abrigava a Chácara das Duas, é nada mais que o primeiro hotel de Penedo, fazendo parte, inclusive, da processo de transformação do distrito em um destino turístico brasileiro com pitadas europeias. O toque e a herança europeia, como foi pontuado anteriormente, vieram de imigrantes finlandeses e suecos que se estabeleceram na região, trazendo influências do Velho Mundo em edificações, gastronomia e na cultura local.

Duas importantes imigrantes que participaram do processo de transformação do distrito em um destino com potencial turístico foram as intelectuais finlandesas de ascendência sueca Helmi Lindell e Vivi Ramstadf, que, em 1955, inauguraram a Chácara das Duas (em referência às suas proprietárias originais), o primeiro hotel de Penedo e, podemos arriscar dizer, o embrião do Hotel Pequena Suécia.

Na década de 60, o hotel (Chácara das Duas) foi comprado pel0 casal Gunnar e Lady Barbro Göransson, que deram o nome de Hotel Pequena Suécia ao empreendimento. Atualmente, o local é administrado por Marie-Louise, filha de caçula do casal que assumiu, revitalizou e modernizou todo o modus operandi do Pequena Suécia, colocando o hotel novamente em destaque no setor hoteleiro da região.

Este slideshow necessita de JavaScript.

  • Estrutura

Atualmente, o Hotel Pequena Suécia conta com 29 acomodações, divididas entre a sede histórica e os chalés dispostos ao redor da área de lazer do empreendimento. Durante nossa estadia, ficamos hospedados em um dos chalés, localizado em frente ao gramado e muito próximo à piscina. 🙂

Os chalés contam com planta térrea e são uma ótima opção para pessoas com mobilidade limitada ou com restrição de movimentos. A infraestrutura de lazer do Pequena Suécia tem tudo aquilo que a maioria dos turistas espera para dias de descanso e tranquilidade: uma boa piscina, academia, spa e as tradicionais saunas.

Piscina ao lado do Jazz Village. Imagem: Erik Araújo

Piscina ao lado do Jazz Village. Imagem: Erik Araújo

A grandiosa área do hotel de 45.000m² garante momentos de paz e sossego ao limitado número de hóspedes simultâneos. O lugar tem especial vocação para receber casais, já que os ambientes possuem uma atmosfera bastante intimista e com ares de pousada, mesmo contando com toda a gama de serviços de um hotel de maior porte como, lazer, room service e Wi-Fi.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Convenientemente, apesar de se encontrar cercado de muito verde e natureza, o hotel fica localizado no centro de Penedo, a menos de 10 minutos de caminhada do Shopping Pequena Finlândia, o coração da cidade e onde tudo acontece. O Hotel Pequena Suécia é uma ótima opção para quem deseja ter fácil acesso às principais atrações da cidade, sem que para isso precise depender de carro para se locomover.

Como Penedo é um destino com ares serranos, vá com disposição para caminhadas, pois, sem dúvida, desenvolverá uma relação mais íntima e próxima com esse charmoso destino e aproveitará melhor a estadia na região.

  • A gastronomia sueca servida com boa música e ambiente acolhedor: o ponto alto do Hotel Pequena Suécia

Definitivamente, a gastronomia sueca não é uma grande conhecida do público brasileiro, o que por sinal é uma grande injustiça. Confesso que, antes de visitar o restaurante do hotel, a minha única referência sobre os sabores da Suécia vinham das esquetes humorísticas dos Muppets, nas quais um dos meus personagens favoritos da série apresentava suas criações gastronômicas sempre hilárias. Para facilitar o entendimento, estou me referindo ao atrapalhado Chef Sueco.

Deixando a nostalgia e a brincadeira de lado, me surpreendi com a simplicidade, dos pratos oferecidos pelo Jazz Village Bistrô, nos quais os sabores dos ingredientes realmente são explorados ao máximo. Sem firulas e artimanhas gastronômicas, sem gourmetização fútil, os pratos surpreendem, pois tudo o que é servido faz sentido e é, de alguma forma, conectado.

Vista do salão do Jazz Village. Imagem: Erik Araújo

Vista do salão do Jazz Village. Imagem: Erik Araújo

Entre as opções disponíveis no menu no Pequena Suécia estão trutas, salmões, arenque, fondues e as clássicas almôndegas suecas com batatas ou Kötbullar och Potatis.

Um ponto muito positivo do restaurante é o fato de manterem publicado em seu site o cardápio com a lista de preços atualizada. Os preços são bastante convidativos, então, se você planeja conhecer a culinária sueca, vale a pena consultar o site do restaurante e, de quebra, conhecer o aconchegante hotel.

Em minha visita a Penedo, jantei no restaurante do Pequena Suécia. Minha refeição foi composta por uma entrada e um prato principal. Como dessa vez a viagem foi solo, o banquete camuflado de dois pratos foi grande o suficiente para me impedir de arriscar uma sobremesa, que já ficou como pendência para o próximo retorno devidamente acompanhado.

Carpaccio de salmão defumado. Imagem: Erik Araújo

Carpaccio de salmão defumado. Imagem: Erik Araújo

A entrada escolhida foi um carpaccio de salmão defumado, bastante aromático e muito bem acompanhado de uma cesta de pães (no caso, franceses e suecos), guarnecida com um patê de alho. O carpaccio é servido numa porção generosa e firme. Quem me conhece sabe que eu tenho grandes restrições ao uso do cominho, mas fiquei surpreso ao provar o pão sueco da casa e gostar (já que ele tem o tempero em sua composição). Ainda assim, os pães foram uma grata surpresa.

Rökt Forell. Imagem: Erik Araújo

Rökt Forell. Imagem: Erik Araújo

O prato principal que pedi em meu jantar foi o Rökt Forell, uma truta defumada com chutney de frutas vermelhas, batatas cozidas e ovos mexidos. O sabor forte do peixe é suavizado pelos acompanhamentos e recebe um toque adocicado e condimentado do molho. O prato é realmente uma daquelas refeições rápidas, leves e muito saborosas que o levam a perguntar: Por que não como isso com mais frequência?!

Este slideshow necessita de JavaScript.

O ambiente do restaurante tem ares de casa de campo, o que naturalmente deixa o público mais relaxado e já no clima para ouvir boa música. Não é à toa que o restaurante Jazz Village é uma das opções mais interessantes da região para o jantar, já que o público é geralmente composto por casais ou grupos de amigos, que vão até lá em busca de um bom jantar regado a vinho e, é claro, das apresentações ao vivo dos convidados da casa. A programação musical pode ser acompanhada no site e sugiro que entre em contato para reservar com antecedência um lugar, já que a casa tem limitação de público.

Para quem estiver planejando uma visita a Penedo e está buscando dicas de hospedagem, deixamos a sugestão de se hospedar no Hotel Pequena Suécia, que é super indicado para casais, que queiram curtir um momento juntos, ou famílias. E, se você estiver planejando visitar a região, mas já tem hospedagem reservada, não deixe pelo menos de conhecer o restaurante Jazz Village e o próprio hotel, que é um pedacinho da Suécia no sudeste brasileiro.

  • Serviço

– Hotel Pequena Suécia – http://www.pequenasuecia.com.br/

– Endereço: Rua Toivo Suni, 33 – Penedo, RJ

– Telefone: (24)  3351- 1275

– Jazz Village Bistrô – http://jazzvillage.com.br/


O Jeguiando viajou para Penedo e conheceu o Hotel Pequena Suécia a convite de Tereza Quinderé Comunicação.

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

Um comentário

  1. […] de uma cidade muito grande, os atrativos, restaurantes e opções de hospedagem em Penedo, como o Hotel Pequena Suécia, por exemplo, são facilmente acessíveis. E, no quesito gastronomia, não poderia ser […]


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: