O mar desde sempre conecta o mundo

Assim como Vancouver (British Columbia), localizada no extremo oeste do Canadá, Halifax (Nova Scotia), localizada no extremo leste, é uma cidade cujo cotidiano encontra-se, de alguma forma, alinhavado ao oceano. É das águas do Oceano Atlântico que são extraídos carregamentos de lagosta, um dos principais produtos consumidos e comercializados na cidade; é através das águas que a Halifax Harbour se conecta a outras porções da região, como a Darmouth por exemplo, no vai e vem constante dos ferry boats ao longo do dia; é através das águas que chegam os inúmeros cruzeiros nas temporadas turísticas, mudando, mesmo que levemente, a rotina da cidade; e é próximo ao mar que muitos haligonians se reúnem, principalmente, no fim do dia.

Erik e eu nos hospedamos em Downtown, no Delta Barrington (na Barrigton Street, uma das mais longas e importantes avenidas da cidade), e não poderíamos ter nos hospedado em bairro melhor, principalmente pela sua proximidade ao oceano. A apenas cinco minutos de caminhada, estávamos no Waterfront de Halifax, um extenso deck que se alonga até o Seaport de Halifax (onde os navios de Cruzeiro atracam).

Vista do Waterfront de Halifax. Imagem: Erik Araújo

Vista do Waterfront de Halifax. Imagem: Erik Araújo

Theodore Too, voltado para crianças. Imagem: Erik Araújo

Theodore Too, voltado para crianças. Imagem: Erik Araújo

Waterfront de Halifax. Nova Scotia. Imagem: Erik Araújo

Waterfront de Halifax. Nova Scotia. Imagem: Erik Araújo

O Waterfront de Halifax não é apenas um grandioso deck que abriga a estação de Ferry-boat da cidade, que conecta a Halifax Harbour a Darmouth, e os vários barcos de passeio. É, sobretudo, um espaço de convivência dos haligonians. Famílias com crianças levam seus filhos para brincarem nos parquinhos espalhados pelo deck; idosos se reúnem para conversar no meio da tarde nas cadeiras coloridas dispostas no Waterfront; casais apaixonados sentam-se juntos para admirar as paisagens; pessoas caminham com seus pets; outras caminham para se exercitar ou param para fazer uma refeição rápida em uma das barraquinhas de comida, que se concentram por lá. Enfim, o vai e vem é constante durante o dia e há muito o que fazer neste local, que conecta porções de Halifax e também pessoas.

Como prolongamento do Waterfront de Halifax, você encontra o Seaport (o porto), onde os navios de Cruzeiros atracam e onde é possível também ter acesso a uma série de pontos turísticos em “uma só tacada”, como o Canadian Museum of Immigration no Pier 21, um museu dedicado aos imigrantes que aportaram no Canadá; o Halifax Seaport Farmer’s Market (para quem, como nós, adora conhecer os mercados da cidade); o Shop! Pavilion 22, para quem gosta de fazer compras ou também a Garrison Brewing Company, uma cervejaria artesanal que vale uma visita. =)

  • Dicas do que fazer no Waterfront de Halifax, Nova Scotia  

1. Pegar o ferry boat da Halifax Harbour até Darmouth

Ferry boat que conecta Halifax Harbour a Darmouth. Imagem: Erik Araújo

Ferry boat que conecta Halifax Harbour a Darmouth. Imagem: Erik Araújo

Erik no ferry boat rumo a Darmouth. Imagem: Erik Araújo

Erik no ferry boat rumo a Darmouth. Imagem: Erik Araújo

Ferry boat que conecta Halifax Harbour a Darmouth. Imagem: Erik Araújo

Ferry boat que conecta Halifax Harbour a Darmouth. Imagem: Erik Araújo

Se você, como nós, gosta de mergulhar um pouco no cotidiano dos locais, quando visita uma cidade, então sugiro fazer a travessia de ferry-boat da Halifax Harbour até Darmouth. Apesar da travessia ser muito rápida (não dura nem 15 minutos), você conseguirá fotografar o Waterfront de uma perspectiva diferente; curtirá um solzinho e um vento no rosto e nos cabelos e ainda mergulhará em uma das atividades cotidianas dos haligonians (assim como pegar metrô ou ônibus na cidade).

Ferry boat que conecta Halifax Harbour a Darmouth. Imagem: Erik Araújo

Ferry boat que conecta Halifax Harbour a Darmouth. Imagem: Erik Araújo

Ferry boat que conecta Halifax Harbour a Darmouth. Imagem: Erik Araújo

Ferry boat que conecta Halifax Harbour a Darmouth. Imagem: Erik Araújo

Ferry boat que conecta Halifax Harbour a Darmouth. Imagem: Erik Araújo

Ferry boat que conecta Halifax Harbour a Darmouth. Imagem: Erik Araújo

O trajeto é baratinho. Custa apenas $ 2,50 (valor pode sofrer alterações) e são apenas aceitas moedas na hora do pagamento. Sendo assim, se você não tiver moedas em mãos não se preocupe. Há máquinas de troco na estação do Ferry. É só inserir a cédula na máquina e ela te dará o dinheiro trocado.

Depois, já com as moedas em mãos, você tem apenas que passar no guichê, depositar a quantia certa em uma espécie de vaso ou algo assim e passar para uma antessala. Quando o ferry aportar, as portas se abrem e você embarca na aventura de 15 minutos pelo mar.

Ferry boat que conecta Halifax Harbour a Darmouth. Imagem: Erik Araújo

Ferry boat que conecta Halifax Harbour a Darmouth. Imagem: Erik Araújo

Ferry boat que conecta Halifax Harbour a Darmouth. Imagem: Erik Araújo

Ferry boat que conecta Halifax Harbour a Darmouth. Imagem: Erik Araújo

 2. Fazer uma refeição em uma das inúmeras barraquinhas de comida do Waterfront

No post “Onde comer em Halifax“, relacionamos uma série de opções de onde fazer as refeições na cidade (do café da manhã ao jantar); dicas para todos os bolsos e citamos as barraquinhas de comida do Waterfront. Apesar de serem restaurantes dedicados essencialmente ao fast food, vale fazer pelo menos uma refeição por lá só para experimentar o cotidiano local. Muitos haligonians comem nas inúmeras mesinhas espalhadas ao redor das barracas e o grande barato é almoçar, por exemplo, tendo o mar e as gaivotas como companhia e ver as embarcações atravessarem de um lado para o outro.

Barraquinhas de comida do Waterfront. Imagem: Erik Araújo

Barraquinhas de comida do Waterfront. Imagem: Erik Araújo

The Battered Fish, para quem gosta de rolls de lagosta e Fish N' Chips. Imagem: Erik Araújo

The Battered Fish, para quem gosta de rolls de lagosta e Fish N’ Chips. Imagem: Erik Araújo

Para os amantes de poutine. Imagem: Erik Araújo

Para os amantes de poutine. Imagem: Erik Araújo

Companhia na hora do almoço. Imagem: Erik Araújo

Companhia na hora do almoço. Imagem: Erik Araújo

3. Caminhar pelo Waterfront de Halifax e aproveitá-lo como um espaço de convivência

Se pedirem para citarmos um aspecto marcante sobre o Canadá – que notamos ao longo dessa viagem de 32 dias pelo país –, certamente apontaremos a busca constante pela preservação da qualidade de vida. Mesmo cumprindo uma carga horária de trabalho muito parecida com a nossa, os canadenses cultivam os bons hábitos e não abrem mão de terem tempo para viver (ao contrário de nós, que estamos sempre correndo, cansados e sem ter tempo para nada). Depois do expediente, você vê muitas pessoas pelas ruas praticando esportes, conversando, caminhando com seus pets ou simplesmente relaxando em um lugar de que gostam.

Caminhando pelo Waterfront. Imagem: Erik Araújo

Caminhando pelo Waterfront. Imagem: Erik Araújo

A terceira idade aproveita as tardes ensolaradas de Halifax. Imagem: Erik Araújo

A terceira idade aproveita as tardes ensolaradas de Halifax. Imagem: Erik Araújo

Um tempo para apreciar o mar. Imagem: Erik Araújo

Um tempo para apreciar o mar. Imagem: Erik Araújo

Um tempo para praticar esportes. Imagem: Erik Araújo

Um tempo para praticar esportes. Imagem: Erik Araújo

Além de ser um dos mais importantes pontos de conexão da cidade com o mar, o Waterfront é um espaço, sobretudo, de convivência. Lá, as pessoas não só podem dedicar um tempo a si mesmas, como também podem passar um tempo com a família, com os amigos, com os amores e com os pets. Passamos um fim de tarde por lá e vimos idosos reunidos para conversar; pessoas andando de bicicleta; músicos tocando para garantir o dia de trabalho; casais namorando; famílias brincando com seus filhos; vários cadeirantes passeando; pessoas lendo ou simplesmente aproveitando o tempo passar sem pressa. Logo, se estiver planejando visitar Halifax, sugiro passar um tempinho no Waterfront só para mergulhar no cotidiano dessa cidade que tanto passei a admirar.

Um tempo para praticar esportes. Imagem: Erik Araújo

Um tempo para praticar esportes. Imagem: Erik Araújo

Um tempo para caminhar com seu pet. Imagem: Erik Araújo

Um tempo para caminhar com seu pet. Imagem: Erik Araújo

Um tempo para brincar com os filhos. Imagem: Erik Araújo

Um tempo para brincar com os filhos. Imagem: Erik Araújo

Um tempo para namorar. Imagem: Erik Araújo

Um tempo para namorar. Imagem: Erik Araújo

Um tempo para dar um "rolê"! Imagem: Erik Araújo

Um tempo para dar um “rolê”! Imagem: Erik Araújo

4. Visitar o Maritime Museum of the Atlantic

Para os viajantes que gostam de museus e que estejam visitando o Waterfront, a dica é reservar um tempinho para conhecer o Maritime Museum of the Atlantic, localizado bem no coração deste grandioso deck. O museu, fundado em 1948, é um dos maiores do Canadá dedicados à vida nos oceanos e reúne mais de 3000 artefatos, além de miniaturas de grandes navios e objetos resgatados de grandes naufrágios, como o do Titanic, por exemplo.

Maritime Museum of the Atlantic. Halifax, Nova Scotia. Imagem: Eriik Araújo

Maritime Museum of the Atlantic. Halifax, Nova Scotia. Imagem: Erik Araújo

Maritime Museum of the Atlantic. Halifax, Nova Scotia. Imagem: Eriik Araújo

Maritime Museum of the Atlantic. Halifax, Nova Scotia. Imagem: Erik Araújo

Maritime Museum of the Atlantic. Halifax, Nova Scotia. Imagem: Eriik Araújo

Maritime Museum of the Atlantic. Halifax, Nova Scotia. Imagem: Erik Araújo

Entre as exposições permanentes do Maritime Museum of the Atlantic, os destaques ficam por conta do Days of Sail; the Age of Steam; Small Craft; the Canadian Navy; Shipwrecks e the Halifax Explosion (que reconstrói a história do grande desastre que atingiu a cidade em 1917, quando o navio SS Mont-Blanc, um navio de carga francês totalmente carregado com explosivos de guerra, colidiu com o navio norueguês SS Imo, causando um enorme incêndio a bordo do navio francês devido à carga explosiva que conduzia e uma explosão que devastou o Richmond Distritct, matando cerca de 2000 pessoas e causando o desmoronamento de várias edificações. Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Halifax_Explosion).

> Outras informações sobre o Maritime Museum of the Atlantic:

– Localização: 1675 Lower Water St, Halifax, NS B3J 1S3, Canadá.

– Telefone: +1 902-424-7490

Terça: 9:30 – 20:00;

Quarta: 9:30 – 17:00;

Quinta: 9:30 – 17:00;

Sexta: 9:30 – 17:00;

Sábado: 9:30 – 17:00;

Domingo: 13:00 – 17:00.

– Site oficial: http://maritimemuseum.novascotia.ca/

Maritime Museum of the Atlantic. Halifax, Nova Scotia. Imagem: Eriik Araújo

Maritime Museum of the Atlantic. Halifax, Nova Scotia. Imagem: Erik Araújo

Maritime Museum of the Atlantic. Halifax, Nova Scotia. Imagem: Eriik Araújo

Maritime Museum of the Atlantic. Halifax, Nova Scotia. Imagem: Erik Araújo

Maritime Museum of the Atlantic. Halifax, Nova Scotia. Imagem: Eriik Araújo

Maritime Museum of the Atlantic. Halifax, Nova Scotia. Imagem: Erik Araújo

 5. Harbour Hopper Tours: um passeio inusitado em um verdadeiro carro anfíbio

Outro ponto interessante sobre Halifax é que a cidade oferece uma série de tours alternativos e inusitados, quebrando a velha tradição de que city tour tem que ser feito em um ônibus. Além do fantástico passeio de sidecar que fizemos, com a Bluenose Sidecar Tours, um outro passeio que vale uma nota é o tour a bordo do Harbour Hopper, um veículo anfíbio aposentado, que atualmente é utilizado para fins turísticos.

Com uma duração de 55 minutos em média, o tour guiado do Harbour Hopper apresenta a área central de Halifax, englobando a St. Paul’s Church; a Citadel de Halifax; Public Gardens; the Government House, the City Hall, the Museum of the Atlantic e termina com uma descida para a água até o porto! Sim, o veículo desce a rampa e aí você descobre se ele é anfíbio mesmo ou não! Sem dúvidas, uma opção divertida e alternativa! =DDD

>Outras informações sobre o Harbour Hopper Tours:

– Localização: 1751 Lower Water Street, Halifax, Nova Scotia B3J 3E4, Canadá (Downtown Halifax).

– Tel.: (902) 490-8687

– Site oficial: http://www.mtcw.ca/harbourhopper/

Harbour Hopper Tours: um passeio inusitado em um verdadeiro carro anfíbio. Imagem: Erik Araújo

Harbour Hopper Tours: um passeio inusitado em um verdadeiro carro anfíbio. Imagem: Erik Araújo

6. Curtir a noite no Waterfront

Se durante o dia, o Waterfront já é um charme e uma região agradável para passear e dedicar umas boas horas, à noite o local ganha outras cores e fica ainda mais charmoso. As luzes do porto, dos restaurantes e dos cruzeiros (que, na temporada, aportam por lá) se misturam às luzes do Waterfront, criando um espetáculo silencioso e lindo de ver para quem está por ali de passagem.

Aproveite se você assistiu ao pôr do sol no Waterfront e escolha um restaurante na região para aproveitar a noite. Em uma delas, por exemplo, jantamos no The Bycicle Thief, um bom lugar para quem gosta de vinhos e conversar. =)

Waterfront de Halifax à noite. Imagem: Erik Araújo

Waterfront de Halifax à noite. Imagem: Erik Araújo

Waterfront de Halifax à noite. Imagem: Erik Araújo

Waterfront de Halifax à noite. Imagem: Erik Araújo

Waterfront de Halifax à noite. Imagem: Erik Araújo

Waterfront de Halifax à noite. Imagem: Erik Araújo

7. Visitar o Halifax Seaport Farmer’s Market

Entre o Waterfront e o Seaport de Halifax é uma reta. Não há como se perder! No porto, como citei anteriormente, há uma série de pontos turísticos que podem ser visitados durante o dia, como o Canadian Museum of Immigration no Pier 21; o Shop! Pavilion 22; a Garrison Brewing Company e o Halifax Seaport Farmer’s Market.

Para quem gosta muito de mercados como nós, vale muito uma passada por lá, não só para conhecer os produtos locais, mas também para aproveitar a passagem e tomar um café ou fazer um lanchinho rápido em um de seus stands. A entrada é gratuita e os mercados são sempre importantes para as cidades. Além de um espaço de convivência entre os locais, para os visitantes é uma oportunidade de aprender um pouco mais sobre a cultura da cidade visitada, seus hábitos alimentares, os produtos mais consumidos etc.

>Outras informações sobre o Halifax Seaport Farmer’s Market:

– Localização: 1209 Marginal Rd, Halifax, NS B3H 4P8, Canadá

– Tel.: +1 902-429-6256

– Site oficial: http://www.halifaxfarmersmarket.com/

Halifax Seaport Farmer's Market. Halifax, Nova Scotia. Imagem: Erik Araújo

Halifax Seaport Farmer’s Market. Halifax, Nova Scotia. Imagem: Erik Araújo

Halifax Seaport Farmer's Market. Halifax, Nova Scotia. Imagem: Erik Araújo

Halifax Seaport Farmer’s Market. Halifax, Nova Scotia. Imagem: Erik Araújo

Halifax Seaport Farmer's Market. Halifax, Nova Scotia. Imagem: Erik Araújo

Halifax Seaport Farmer’s Market. Halifax, Nova Scotia. Imagem: Erik Araújo

8. Visitar a Garrison Brewing Company e experimentar uma de suas cervejas artesansais

Se você, como eu, é um apreciador (a) de cerveja, aproveite a passagem pelo Seaport para fazer uma parada estratégica na Garrison Brewing Company, uma cervejaria, que, desde 1997, reintroduziu a tradição da produção de cervejas artesanais na Nova Scotia e a utilização de produtos naturais na fabricação da bebida, abrindo mão de conservantes químicos.

Garrison Brewing Co.. Imagem: Erik Araújo

Garrison Brewing Company. Seaport, Halifax, Nova Scotia. Imagem: Erik Araújo

Garrison Brewing Company. Seaport, Halifax, Nova Scotia. Imagem: Erik Araújo

Garrison Brewing Company. Seaport, Halifax, Nova Scotia. Imagem: Erik Araújo

>Outras informações sobre a Garrison Brewing Company:

– Localização: 1149 Marginal Rd, Halifax, NS B3H 4P7, Canadá

– Tel.: +1 902-453-5343

– Site oficial: http://www.garrisonbrewing.com/

Garrison Brewing Company. Seaport, Halifax, Nova Scotia. Imagem: Erik Araújo

Garrison Brewing Company. Seaport, Halifax, Nova Scotia. Imagem: Erik Araújo

Garrison Brewing Company. Seaport, Halifax, Nova Scotia. Imagem: Erik Araújo

Garrison Brewing Company. Seaport, Halifax, Nova Scotia. Imagem: Erik Araújo

9. Visitar o Canadian Museum of Immigration no Pier 21

Para quem se interessa pela história do Canadá e da Nova Scotia, a dica é reservar um tempinho para conhecer o Canadian Museum of Immigration no Pier 21, um museu dedicado aos imigrantes que aportaram no país e que contribuíram para que esta nação seja, atualmente, uma das mais multiculturais do mundo.

>Outras informações sobre o Canadian Museum of Immigration:

– Localização: 1055 Marginal Rd, Halifax, NS B3H 4P7, Canadá.

– Tel.: +1 902-425-7770.

– Site oficial: http://www.pier21.ca/home

10. Visitar o Shop! Pavilion 22

Já aos interessados em compras, não podem deixar de adicionar ao roteiro uma visita ao Shop! Pavilion 22, que reúne, em seu pavilhão, cerca de 22 stands, onde são comercializados artesanatos locais, joias, acessórios e uma série de itens que podem ser presenteados a familiares e amigos no fim da viagem. Este pavilhão, inclusive, foi inicialmente idealizado para atender aos turistas que chegam no porto a bordo dos Cruzeiros, mas acabou se tornando um ponto turístico para outros viajantes, que chegam à cidade através do trem (a estação da Via Rail encontra-se muito próxima ao local), por avião ou por terra.

11. Pegar um ônibus da Ambassatours Gray Line para conhecer Halifax através de um city tour

Ônibus da Ambassatours Gray Line. Imagem: Erik Araújo

Ônibus da Ambassatours Gray Line. Imagem: Erik Araújo

Apesar de não ser fã de city tours a bordo de ônibus turísticos, quando você dispõe de pouco tempo em uma cidade essa pode ser uma alternativa para ter um panorama sobre o destino e pode funcionar também como uma alternativa mais barata para fazer paradas em diversos pontos turísticos, caso você tenha medo de se perder utilizando o transporte público, mas não tenha budget suficiente para gastar em táxi.

Uma das empresas que oferecem city tours em Halifax é a Ambassatours Gray Line, que possui um escritório, por assim dizer, no Seaport e um ponto de ônibus onde é possível embarcar em uma de suas linhas.

Lá, você pode adquirir seu voucher para o Halifax Highlights (que custa em média $ 32,00), recebe um adesivo para colar na roupa e pode embarcar em qualquer um dos ônibus que fazem o tour, inclusive em pontos distintos da cidade. Como Halifax possui vários pontos turísticos, os ônibus estão divididos em linhas (A, B, C…) e cada uma delas possui um itinerário próprio. É só escolher o que mais te apetece e descer nas paradas determinadas e de acordo com seus interesses. Nós, por exemplo, só escolhemos descer na Citadel de Halifax, para otimizar o tempo. =)

>Outras informações sobre a Ambassatours Gray Line:

– Localização: 1031 Marginal Road, Halifax, NS, B3H 4P7, Canada.

Tel.: (902) 423-6242

– Site oficial: www.ambassatours.com/

12. Pegar o The Ocean, na estação de trem da Via Rail, e partir para uma viagem até Montréal

Estação de trem da Via Rail, próxima ao Seaport. Imagem: Erik Araújo

Estação de trem da Via Rail, próxima ao Seaport. Imagem: Erik Araújo

Apesar de não termos partido no mesmo dia em que visitamos o Waterfront e o Seaport rumo a Montréal a bordo do The Ocean, um dos trens operados pela Via Rail, fica a dica para quem quer dar continuidade a uma viagem pelo Canadá partindo de Halifax. Praticamente localizada no porto, a estação da Via Rail é um ponto de partida para outras paragens canadenses. Foi lá que demos início à nossa travessia de costa a costa pelo país, onde nossa jornada começou e, por essa razão, tenho um carinho especial por esse lugar. 😉

Se você gostou de nossas dicas do que fazer no Waterfront e no Seaport de Halifax, não deixe de acompanhar nossas próximas postagens no Jeguiando e nas redes sociais! =) Acompanhe o #JeguiandoAxCanada! E, para quem quer obter mais informações sobre o destino, não deixe de acessar o site do Destination Halifax, o guia oficial da cidade (http://www.destinationhalifax.com/).

  • Parceiros e patrocinadores

patrocinio

  • Agradecimentos especiais:

Agradecemos à Via Rail por apoiar a expedição Jeguiando across Canada e o apoio de Halifax, Quebéc City, Montréal, Toronto, Winnipeg, Banff, Lake Louise, Jasper, Whistler e Vancouver durante nossas paradas. =)))

Siga o Jeguiando nas redes sociais e acompanhe o projeto Jeguiando across Canada:

Conheça os patrocinadores e parceiros do projeto:

Via Rail (Realização e Patrocínio)

Broker Brasil Corretora de Câmbio (Patrocínio)

Comissão de Turismo Canadense (Apoio)

Delta Hotels (Apoio)

Air Canada (Apoio)

Vertebratta (Idealização/Projeto)

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

4 Comentários

  1. Carlos Frota disse:

    Caros amigos do Jeguiando, vocês estão de parabéns mais uma vez pela tão completa matéria. Antes, até entender a utilidade de um Blog, tina muito preconceito em relação a esses sites, porque não conseguia enxergar profissionalismo nessa atividade. Vocês são um dos exemplos de dedicação ao trabalho. Parabéns a vocês.

    Abs.

    • Carlos,

      que bacana ler seu comentário! Sério mesmo!

      Os blogs já foram bem desacreditados, mas acho que essa condição de descrédito está mudando aos poucos. Há muita gente por aí dedicada àquilo que se propõe a fazer e isso faz a diferença sempre.

      Particularmente, acho que quando você tem um prazer enorme em fazer algo na vida, isso ajuda muito. Manter o Jeguiando por quase seis anos é fruto exatamente de muito prazer em fazer o que fazemos. Obrigada pelo feedback!

      Grande abraço da trupe,

      Jana.

  2. Alcilene disse:

    Que legal seu blog…adorei.Conheci Halifax pois meus filhos estudam la,mas fui a muitos lugares pela sua dica.Valeu.


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: