Um dos projetos mais belos e tocantes, a que tive o privilégio de participar em uma de suas edições, está de volta. O projeto Cinema no Rio São Francisco, que leva a sétima arte às populações ribeirinhas do Rio São Francisco já está a todo vapor cruzando as águas do Velho Chico. Durante os 15 dias desta primeira etapa, as cidades visitadas, todas elas mineiras, estão recebendo telas infláveis, onde são exibidos documentários, animações e longas metragens nacionais.

Ano passado, em abril, tive a oportunidade de fazer parte desta incrível expedição que, além de cruzar as águas do Velho Chico levando cinema às populações ribeirinhas, desenvolve um importante trabalho social de resgate da memória das cidades visitadas. Em todas as edições do projeto, um(a) antropólogo(a) e jornalistas vasculham as cidades à procura de personagens e de histórias, que possam ser registradas, catalogadas e, sobretudo, resgatadas e partilhadas posteriormente. Muitas manifestações culturais dos rincões visitados pela expedição estão desaparecendo em função da falta de interesse das gerações mais novas e até de investimento do poder público na manutenção desta memória. Logo, quando a equipe do Cinema no Rio aporta em uma cidade, não está somente levando um momento onírico para aquela população, uma licença poética em meio à rotina de trabalho duro. Eles levam, além de tudo, uma tentativa de manter viva a memória destes lugares, que também fazem parte da constituição de nossa identidade brasileira.

Captura

Realizada pela produtora Cinear há oito anos, a expedição tem como objetivo democratizar o acesso à cultura. Desde o início do projeto, ao todo, 200 mil  pessoas já assistiram as sessões de cinema ao ar livre, que reúnem crianças, jovens e adultos, incluindo muitos moradores que nunca haviam visto um filme na telona. Enquanto uma carreta leva a estrutura por terra, uma equipe de cineastas, educadores, fotógrafos e jornalistas segue de barco para as cidades que vão sediar as exibições. Além de filmes consagrados, em cada sessão são projetados documentários sobre a própria cidade, sua cultura e personagens, gravados durante a pré-produção do projeto.

Cinema no Rio São Francisco. Imagem: André Fossati

Cinema no Rio São Francisco. Imagem: André Fossati

Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Alagoas e Sergipe já receberam expedições do cinema no rio. Os espaços de projeção são montados ao ar livre, com 200 cadeiras de plástico. Calçadas, árvores e lonas no chão também acomodam os espectadores.

Uma das curiosidades é a logística dos equipamentos. Ao invés de peças pesadas usadas em projeções convencionais, a tela  é inflável, muito mais fácil de montar e desmontar. Um grande amontoado de lona se transforma em uma tela de cinema de 10m x 7,5 em apenas 15 minutos. Segundo o idealizador do projeto, Inácio Neves, é essa tecnologia que permite que as sessões sejam realizadas em lugares com pouca estrutura e difícil acesso como comunidades quilombolas, vilas de pescadores, assentamentos rurais e pequenos vilarejos às margens do São Francisco.

Cinema no Rio São Francisco. Imagem: André Fossati

Cinema no Rio São Francisco. Imagem: André Fossati

Nesse ano, a expedição está percorrendo 13 municípios exibindo os filmes Girimunho de Helvécio Marins e Clarissa Campolina; Vou Rifar meu Coração, de Ana Riefer; Eu e Meu Guarda Chuva de Toni Vanzolini, entre outros. A programação ainda inclui atrações culturais locais e oficinas lúdicas em que crianças conhecem e praticam fundamentos da fotografia.

UI – MG

  • 01/set (Domingo)

Barra do Pacuí, MG

  • 03/set (Terça)

Cachoeira do Manteiga, MG

  • 04/set (Quarta)

Ponto Chique, MG

  • 05/set (Quinta)

São Romão, MG

  • 06/set (Sexta)

São Francisco, MG

  • 08/set (Domingo)

Januária, MG

  • 09/set (Segunda)

Pedras de Maria da Cruz, MG

  • 10/set (Terça)

Itacarambi, MG

  • 11/set (Quarta)

Matias Cardoso, MG

  • 12/set (Quinta)

Manga, MG

Mais informações:
Sinal de Fumaça – A comunicação original
Assessora de Imprensa: Camila Fróis
E-mail: imprensacinemanorio@gmail.com
Tel: (38) 9866-1528 / (31) 3264-4404
Site: www.confluencia.info/cinemanorio
(38) 98661528

Para conferir a participação do Jeguiando na edição de 2012 e conhecer o projeto através do nosso olhar, acesse o Jeguiando no Cinema no Rio.

Conheça nossa Fanpage!

Siga a nossa trupe no Twitter

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: