Quem vive em uma grande metrópole como São Paulo, pontuada por luzes artificiais, sabe que contemplar um céu estrelado é evento raro. Raro a ponto de causar em nós, por exemplo, um grandioso fascínio quando nos deparamos com um céu enfeitado de pontos brilhantes. Foi com este céu fascinante que nos deparamos quando estacionamos o carro na entradinha do Celeiro do Gutto. Com o céu e com dois cães adoráveis – dois Pastores Belga, mansos e dóceis – que vieram nos recepcionar. Para quem vive em uma grande metrópole como São Paulo, elementos que, para muitos, parecem banais – como a imagem de uma noite agradável, o cheiro de terra, o contato com animais -, para nós é uma grande festa. Festa maior acontece quando, além de descobrirmos um cantinho especial em uma cidade que visitamos, somos surpreendidos também com a experiência positiva de conhecer pessoas que valem a pena rever um dia. Quem visitar o Celeiro do Gutto certamente entenderá do que estou falando! =)

  • Celeiro do Gutto – Hospedagem charmosa e confortável e slow food em Cunha, SP
Celeiro do Gutto - Hospedagem charmosa e confortável e slow food em Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Celeiro do Gutto – Hospedagem charmosa e confortável e slow food em Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Celeiro do Gutto - Hospedagem charmosa e confortável e slow food em Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Celeiro do Gutto – Hospedagem charmosa e confortável e slow food em Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Celeiro do Gutto - Hospedagem charmosa e confortável e slow food em Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Celeiro do Gutto – Hospedagem charmosa e confortável e slow food em Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Visitamos o Celeiro do Gutto em uma noite especialmente agradável. Não havia nuvens no céu, nem uma só menção de chuva; o céu estava incrivelmente limpo e estrelado. O “incrivelmente estrelado” não é exagero, nem licença poética, reforço! Por estar localizado a 5 km do centro de Cunha, as luzes artificiais da cidade não alcançam este recanto de tranquilidade – uma pousada agradável e exclusiva e um dos melhores restaurantes da cidade. Projetado e administrado por Gutto Ferreira e Fabrício Dalla – proprietários do Celeiro do Gutto -, o empreendimento, como definem, é uma mescla entre pouso e restaurante. O local abriga três confortáveis e aconchegantes chalés (o projeto dos proprietários é de que apenas mais dois chalés sejam construídos, para que o atendimento mantenha-se próximo e pessoal); uma linda piscina ao ar livre rodeada por espreguiçadeiras; uma confortável pérgula, em meio ao jardim; além de cantinhos aconchegantes para descansar e apreciar a paisagem.

Pérgula. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Pérgula. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Varanda, rede e tranquilidade. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Varanda, rede e tranquilidade. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Varanda. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Varanda. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

  • O Pouso (acomodações)

Somando, ao todo, três amplos e confortáveis chalés (o azul, o laranja e o amarelo), as acomodações do Celeiro do Gutto são equipadas com colchão de casal de molas, lençóis de algodão de 250 fios, travesseiros de pena de ganso, TV de LCD-LED, frigobar, varanda com rede e lareira (chalés Amarelo e Laranja) ou com colchão queen size de molas, lençóis de algodão de 250 fios, travesseiros de pena de ganso, TV de LCD-LED, frigobar, varanda com rede, lareira, banheiro panorâmico e chuveiro com aquecimento a gás (chalé Azul).

Chalé azul. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Chalé azul. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Chalé azul. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Chalé azul. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Confortáveis e elegantemente decorados, os chalés são aconchegantes e ideais para casais que desejam passar um momento a dois. O chalé azul – o maior – possui como diferencial um banheiro panorâmico, com vista para mata. As varandinhas, todas projetadas de forma a manter a privacidade do casal, são equipadas com rede e mesinha com cadeiras (para os casais que queiram curtir o pôr do sol em seus chalés, tomando um bom vinho).

Banheiro com vista panorâmica. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Banheiro com vista panorâmica. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Varandinha. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Varandinha. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

  • Living room, bar e restaurante do Celeiro do Gutto

Além dos seus aconchegantes chalés e de sua adorável área externa, a sede ou casa principal (por assim dizer) é um dos pontos de destaque do Celeiro do Gutto. Assim como o restante da propriedade, toda a idealização e decoração do espaço – cuidadosa e elegante – foi fruto da imaginação e das experimentações de Fabrício e Gutto. Das cores das paredes às cortinas, dos móveis aos objetos de arte, tudo foi sendo acrescentado aos poucos pelos proprietários, de forma a construir um espaço harmônico e agradável para receber seus hóspedes.

Living room. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Living room. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Living room. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Living room. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Na casa principal, o espaço divide-se entre um confortável living room; o bar e o bilhar e o restaurante, elegante e intimista, do Celeiro do Gutto. No bar, hóspedes e visitantes se reúnem para petiscar e tomar alguns drinks, servidos atenciosamente por Fabrício, enquanto Gutto combina sabores em suas deliciosas preparações. Com a proposta de atenderem de forma próxima e pessoal aos seus clientes, os proprietários cuidam, de forma magistral, do restaurante da casa.

Living e restaurante do Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Living e restaurante do Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Bar e bilhar. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Bar e bilhar. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

  • O rango (gastronomia)

Seguindo a filosofia do slow food, que envolve a preparação cuidadosa dos alimentos – visando extrair e explorar seus sabores -, a gastronomia do Celeiro do Gutto envolve desde elementos e pratos regionais brasileiros – como o Arroz de Comitiva, típico do Mato Grosso – ao toque da gastronomia internacional, principalmente asiática, como a salada com influência tailandesa e o exotismo do molho Teryaki. No menu, preparações como Galinhada caipira; Picanha com alho; Salmão teryaki; Penne com shitake à base de coalhada seca; Espaguete; Truta teryaki; Tortas e Salada Celeiro atraem clientes novos e mantêm clientes antigos, apaixonados pelos sabores do lugar.

Arroz de comitiva, especialidade do Celeiro do Gutto. Imagem: Erik Pzado

Arroz de comitiva, especialidade do Celeiro do Gutto. Imagem: Erik Pzado

Salmão Teryaki. Imagem: Erik Pzado

Salmão Teryaki. Imagem: Erik Pzado

Bem preparados e cuidadosamente decorados, os pratos valem muito a espera, que leva de 40 a 50 minutos. Sendo a especialidade da casa, sugiro pedir o saboroso Arroz de Comitiva como prato principal* (R$ 50,00). Muito famosos também são os seus petiscos (empanados de aipim com carne seca; bacalhau; de shiitake; Coalhada seca) e as suas sobremesas, entre as quais sugerimos o quindão e o pudim de claras.


* As preparações são, em maioria, individuais e bem servidas. Não estando hospedado na pousada, é melhor ligar com antecedência para saber se o restaurante está em funcionamento.

  • Gutto e Fabrício, a alma festiva do Celeiro do Gutto
Gutto e Fabrício, proprietários do Celeiro do Gutto. Imagem: Erik Pzado

Gutto e Fabrício, proprietários do Celeiro do Gutto. Imagem: Erik Pzado

Para aqueles que acreditam que a atmosfera de um lugar independe de quem está por trás do seu funcionamento, certamente precisa passar no Celeiro do Gutto. Além da beleza natural da propriedade, do conforto dos chalés e da ótima (ÓTIMA) comida, o melhor da casa, sem dúvidas, é a presença do Gutto e do Fabrício, esta dupla de empreendedores divertida e amigável, que nos recebeu incrivelmente bem (assim como a todos que recebem). Gutto já fez de um tudo nesta vida: foi modelo, dançarino, jogador de vôlei e peão de boiadeiro – que justifica a sua grande paixão por cavalos. Fabrício deixou uma carreira de diretor de RH em São Paulo, viveu uns bons tempos em Maraú, na Bahia, até decidir abraçar Cunha e fazer da cidade o seu lar.

Divertida e profundamente carismática, esta dupla é a alma do Celeiro do Gutto, que, sem dúvidas, foi um dos lugares mais especiais e convidativos que conhecemos nesta viagem. Certamente, em uma passagem pela cidade, retornaremos ao Celeiro! Seja para dar um abraço nesses dois, que tornaram-se queridos para nós; seja para atazanar o Gatinho – o gato da dupla -; para tomar uma caipirinha de limão cravo; para assistir a um pôr do sol ou, simplesmente, para fazer tudo isso e ainda admirar o lindo céu estrelado, que coroa este cantinho especial de Cunha. =)

Gatinho, o gato de Gutto e Fabrício. Imagem: Erik Pzado

Gatinho, o gato de Gutto e Fabrício. Imagem: Erik Pzado

Gatinho, o dono da casa. Imagem: Erik Pzado

Gatinho, o dono da casa. Imagem: Erik Pzado

  • Outras atividades

Para os amantes de cavalos, o Celeiro do Gutto oferece, além de um pouso confortável e um rango espetacular, a possibilidade de cavalgar! Na propriedade, é possível alugar cavalos da raça Mangalarga Marchador para uma cavalgada, seja ela acompanhada por um almoço tropeiro ou uma cavalgada na Lua Cheia (reservas feitas por telefone com antecedência).

Bar e bilhar. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Bar e bilhar. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Bilhar. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Bilhar. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

  • Outras informações

Localização: Estrada do Macuco, Km 4 ( a 5 km do centro de Cunha, sendo 2 km não pavimentados). Cunha, SP.

Tel.: (12) 3111-1481 e (12) 9741- 0724.

Site oficial: http://www.celeirodogutto.com.br/

– Não aceita cartões. Somente reservas por telefone.

Bilhar. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Bilhar. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Restaurante. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

Restaurante. Celeiro do Gutto. Cunha, SP. Imagem: Erik Pzado

  • Agradecimentos

Agradecemos ao convite da AD Comunicação & Marketing e da Secretaria de Turismo de Cunha para retornar à cidade. Agradecemos ao Gutto e ao Fabrício pela receptividade e pelo divertido papo! =)

Acompanhe o Jeguiando nas redes sociais!

Conheça nossa Fanpage!

 

 

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: