Ilha de Campinho – Baía de Camamu, Bahia #oqueehqueabahiatem


E eis que chegamos ao final do passeio pelas ilhas da Baía de Camamu – a terceira maior baía do Brasil em volume de águas, que só fica atrás da linda Baía de Todos os Santos (que banha a minha saudosa Salvador) e a Baía de Guanabara! A Baía de Camamu, além de abrigar várias ilhas, banha uma das cidades coloniais mais antigas do Brasil – Camamu -, cuja história teve seu início em 1560, com a construção da capela de Nossa Senhora da Assunção de Macamamu, e que abriga vários casarões antigos, além de igrejinhas seculares. Ou seja, se você estiver planejando conhecer um pouco do sul da Bahia e já está procurando um hotel confortável e barato em Itacaré ou em Ilhéus, dê uma chance também à Camamu, à Baía de Camamu e à Península do Maraú. A distância entre esses destinos não é grande e vale uma esticada! E uma dica válida para buscar o melhor preço de hospedagens nessa região é usar o site do trivago.com.br


  • Ilha de Campinho – Baía de Camamu, Bahia #oqueehqueabahiatem
Ilha de Campinhos. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaina Calaça

Ilha de Campinho. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaina Calaça

Ilha de Campinho. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaina Calaça

Para chegar à Península do Maraú, Lorena, minha companheira nesta viagem, e eu pegamos uma lanchinha no porto de Camamu (veja nosso relato todo aqui) para fazermos a travessia até Barra Grande e depois seguir até o nosso destino final – a Pousada Taipu de Fora. Durante nossa travessia, já conseguimos avistar da embarcação as belezas que compõem a Baía de Camamu – prainhas semi-desertas, coqueirais e manguezais. Dias depois, Nena e eu decidimos não só avistar as belezas da baía, como também chegar bem perto de muitas delas e foi aí que decidimos fazer o passeio de barco pelas ilhas que compõem este agradável paraíso baiano.

Ilha de Campinhos. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaina Calaça

Ilha de Campinho. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaina Calaça

Ilha de Campinhos. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaina Calaça

Ilha de Campinho. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaina Calaça

Nos posts passados, falamos de três das quatro ilhas onde fizemos paradas durante o passeio pela Baía de Camamu: Ilha da Pedra Furada, (pequenina e fotogênica), Ilha do Sapinho (que reúne alguns barzinhos e restaurantes rústicos), Ilha do Goió (ótima para banho e para quem está viajando com crianças) e, por fim, falaremos hoje da ilha de Campinho, que guarda um fato histórico no mínimo curioso para quem gosta de literatura. 😉

Ilha de Campinhos. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaina Calaça

Ilha de Campinho. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaina Calaça

Boiando. Ilha de Campinhos. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaina Calaça

Boiando. Ilha de Campinho. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaina Calaça

A Ilha de Campinho, localizada a apenas três quilômetros de Barra Grande, abriga o pequeno povoado de Campinho e por pouco não se tornou um capítulo extremamente importante na história da Bahia. Ao contrário da Ilha do Goió, caracterizada por águas rasas, as águas que banham a ilha de Campinho são profundas (ou seja, só há uma pequena faixa rasa ideal para o banho). Pela grande profundidade do seu entorno, a ilha por pouco não teve um parque industrial construído em suas terras, cujo projeto acabou sendo engavetado e posteriormente transferido para Ilhéus. Pelo projeto não ter ido para a frente, Campinho não figura como referencial na história da economia baiana, mas guarda uma história interessante! Vocês sabiam que Antoine Saint-Exupéry, autor de um dos mais famosos livros de literatura infanto-juvenil – O Pequeno Príncipe -, conheceu a Ilha de Campinho? Saint-Exupéry esteve em Campinho em 1930, 13 anos antes da publicação de um dos seus livros mais conhecidos. Aí eu me pergunto… será que a ilha, banhada por um céu pontuado de estrelas, inspirou o escritor em algum momento a sua obra? Vai saber! Vale acreditar! 😉

O Pequeno Príncipe.

O Pequeno Príncipe

Lorena, minha companheira nesta viagem, na Ilha de Campinhos. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaina Calaça

Lorena, minha companheira nesta viagem, na Ilha de Campinho. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaina Calaça

A Ilha de Campinho foi a nossa última parada no passeio pelas ilhas da Baía de Camamu! Apesar de águas profundas, há uma pequena faixa que dá para se banhar e o fato das águas serem paradinhas e cristalinas também ajuda. Para quem curte mergulho, o local é propício. Se gostou, então não deixe de passar por lá, fazer uma parada, tomar um banho e admirar este pequeno paraíso, por onde até Saint-Exupéry já caminhou! 😉

Lorena demonstrando o quanto as águas são profundas na Ilha de Campinhos. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaina Calaça

Lorena demonstrando o quanto as águas são profundas na Ilha de Campinho. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaina Calaça

Glub, glub, glub. Ilha de Campinhos. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaina Calaça

Glub, glub, glub. Ilha de Campinho. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaina Calaça

  • Outras informações:

– Quem faz o passeio (alguns exemplos): Carpe Diem Dive Tour e Camamu Adventure

– Valor pago em média: R$ 25,00 (para o passeio de barco); R$ 200,00 (para o passeio de lancha particular).

– De onde sai: Atracadouro de Barra Grande ou atracadouro da cidade de Camamu.

– Duração: Tem início geralmente às 09:00 e vai até às 16:00 horas (no caso do passeio de barco).

– Indicação: Para todas as idades.

– Informações adicionais: Leve protetor solar, água e dinheiro para pagar o almoço na Ilha do Sapinho.

Ilha de Campinhos. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaina Calaça

Ilha de Campinho. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaina Calaça

Ilha de Campinho. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaína Calaça

Ilha de Campinho. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaína Calaça

Se você gostou deste post sobre a viagem à Península de Maraú, não deixe de acompanhar nossas próximas postagens!

O projeto #oqueehqueabahiatem contou com o apoio, nesta fase, da Pousada Taipu de Fora, do fotógrafo Haroldo Magalhães, e da AD Comunicação & Marketing.

Agradecimentos especiais:

A Ana Davini, Haroldo Magalhães, Danúzia Motta e à minha companheira de viagem, Lorena Grisi (https://twitter.com/LGrisi).

Conheça as fanpages de nossos apoiadores:

Taipu de Fora (https://www.facebook.com/PousadaTaipudeFora?fref=ts) e AD Comunicação (https://www.facebook.com/AdComunicacaoMarketing?fref=ts).

Ilha de Campinho. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaína Calaça

Ilha de Campinho. Baía de Camamu, Bahia. Imagem: Janaína Calaça

Acompanhe o Jeguiando nas redes sociais!

Conheça nossa Fanpage!

http://www.facebook.com/Jeguiando

 

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

Um comentário

  1. Isac disse:

    Lindo, acolhedor, inspirador. Certamente um dos meus próximos destinos. Parabéns pela ótima matéria!


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: