Obá é o nome de um orixá, da primeira esposa de Xangô, que se veste de vermelho e branco, usa escudo, arco e flecha e é, no candomblé, uma guerreira. Obá também é o nome de uma moquecaria, que visitei, ao lado do Erik, durante os dias que passamos em Praia do Forte depois do nosso casamento. A Vila de Pescadores é pontuada por uma série de restaurantes, dedicados, principalmente, aos frutos do mar ou à gastronomia regional nordestina, revisitada e que passou por algumas releituras. Nosso grande impasse na hora de escolher um restaurante para almoçar ou jantar naqueles dias estava no fato de, como baiana que sou e que morre de saudades dos sabores da terra, eu sempre corro atrás das preparações que levam muito dendê. Erik, no entanto, não é muito fã do azeite, então tínhamos que encontrar um lugar que tivesse opção para os dois: para a minha paixão por dendê e frutos do mar e para a paixão do Erik por carnes. Foi aí, então, que descobrimos a moquecaria, que, ao contrário do que pensamos, não serve apenas moquecas, mas opções também para outros paladares.

  • Obá Moquecaria – Moquecas tradicionais e invenções em Praia do Forte, BA

– Decoração

Obá Moquecaria, Praia do Forte, Bahia. Imagem: Erik Pzado

Obá Moquecaria, Praia do Forte, Bahia. Imagem: Erik Pzado

Obá Moquecaria, Praia do Forte, Bahia. Imagem: Erik Pzado

Obá Moquecaria, Praia do Forte, Bahia. Imagem: Erik Pzado

Fuxicos. Obá Moquecaria, Praia do Forte, Bahia. Imagem: Erik Pzado

Fuxicos. Obá Moquecaria, Praia do Forte, Bahia. Imagem: Erik Pzado

Antes das moquecas em si, a primeira coisa que chamou a nossa atenção na Obá foi, sem dúvidas, o ambiente: despojado, sem firulas, mas charmoso. As toalhas de mesa de fuxico vermelho e branco em referências às cores do Orixá ou as de fuxicos coloridos compõem a atmosfera alegre do restaurante. Além das toalhinhas de fuxico, o crochê também tem seu espaço, assim como a palha e o barro. Pelas paredes, florzinhas, madeira, baianinhas, orixás.

Fuxicos. Obá Moquecaria, Praia do Forte, Bahia. Imagem: Erik Pzado

Fuxicos. Obá Moquecaria, Praia do Forte, Bahia. Imagem: Erik Pzado

Fuxicos. Obá Moquecaria, Praia do Forte, Bahia. Imagem: Erik Pzado

Fuxicos. Obá Moquecaria, Praia do Forte, Bahia. Imagem: Erik Pzado

Obá Moquecaria, Praia do Forte, Bahia. Imagem: Erik Pzado

Obá Moquecaria, Praia do Forte, Bahia. Imagem: Erik Pzado

Como o restaurante funciona no piso superior de uma loja, se der sorte, tente sentar ao lado da “janela”. Você terá uma visão da Vila de Pescadores, que, à noite, fica acesa. Outra dica também é visitar o pequeno “empório” da moquecaria. Em uma estante de madeira estão dispostos vários produtos artesanais, de pimentas a doces variados, como sequilhos e doce de leite de corte. Para quem quer levar alguma lembrancinha para casa, pode ser uma boa pedida.

Obá Moquecaria, Praia do Forte, Bahia. Imagem: Erik Pzado

Obá Moquecaria, Praia do Forte, Bahia. Imagem: Erik Pzado

  • As moquecas: das tradicionais às invenções

Por ser baiana, estou acostumada a comer moqueca carregada no dendê. Como a Praia do Forte não recebe apenas turistas baianos, mas de várias partes do Brasil e de outros países também, é normal que o dendê seja suavizado para não causar estranhamento. Pois bem… Mesmo sabendo que a moqueca viria suavizada, eu não saíria de Praia do Forte sem comê-la. Com cardápio em mãos, eu decidia que moqueca iria jantar, enquanto o Erik passeava os olhos pelas carnes.

Moqueca de camarão com castanha de caju e queijo coalho. Imagem: Erik Pzado

Moqueca de camarão com castanha de caju e queijo coalho. Imagem: Erik Pzado

Moqueca de camarão com castanha de caju e queijo coalho. Acompanhamentos: caruru, vatapá, pirão e arroz.. Imagem: Erik Pzado

Moqueca de camarão com castanha de caju e queijo coalho. Acompanhamentos: caruru, vatapá, pirão e arroz.. Imagem: Erik Pzado

A moquecaria trabalha basicamente com as moquecas tradicionais (que levam o fruto do mar escolhido, azeite, leite de coco e temperos, como cebola, tomate e coentro) e as chamadas especiais (que levam algum (uns) ingrediente(s) a mais). Inicialmente, eu iria escolher uma moqueca de camarão simples, mas acabei optando por uma especial por conta dos acompanhamentos e pela curiosidade em provar uma moqueca que levava, na preparação, castanha de caju e queijo coalho!

Caruru. Imagem: Erik Pzado

Caruru. Imagem: Erik Pzado

Vatapá. Imagem: Erik Pzado

Vatapá. Imagem: Erik Pzado

A diferença de preço entre uma moqueca normal e uma especial está mais ou menos por volta de uns 8 reais, ou seja, achei que valeu a pena! Pois então… Vamos à moqueca! Como citei anteriormente, a que escolhi levava castanha de caju e queijo coalho. Os ingredientes simplesmente se integram perfeitamente ao camarão e ao dendê! Os acompanhamentos, servidos em um prato de barro, são caruru, vatapá, pirão feito com o caldo da moqueca, arroz e farofa de dendê, tudo servido quentinho. O prato é para uma pessoa, mas duas pessoas podem comer perfeitamente (duas pessoas que não estejam morrendo de fome e que queiram petiscar!). Além das moquecas, há outros pratos com frutos do mar, como o chiclete de camarão, que leva queijo na preparação.

Pirão. Imagem: Erik Pzado

Pirão. Imagem: Erik Pzado

Acompanhamentos da moqueca especial. Imagem: Erik Pzado

Acompanhamentos da moqueca especial. Imagem: Erik Pzado

  • Opção para quem não é de dendê

Apesar de ser uma moquecaria, a Obá também serve pratos para quem não é chegado ao dendê e nem a frutos do mar, como é o caso do Erik. Passando os olhos pelo menu, Erik escolheu um rosbife ao molho de vinho, com arroz e batatas fritas. O sabor do vinho estava bem presente e a carne bem macia. “Roubei” uma garfada e gostei! Com relação aos preços, os pratos individuais ficam entre 30 a 45 reais, que é o preço normalmente praticado em outros restaurantes de Praia do Forte, com exceção de alguns poucos. A nossa conta, com refrigerantes e 10%, deu uns 105 reais.

Rosbife ao molho de vinho. Imagem; Erik Pzado

ARosbife ao molho de vinho. Imagem; Erik Pzado

  • Outras informações

– Endereço: Av. ACM s/n – Praia do Forte, Mata de São João.

– Tel de contato: (71) 3676-1186.

– Facebook: https://www.facebook.com/ObaMoquecaria

Fitinha para dar sorte. Imagem: Erik Pzado

Fitinha para dar sorte. Imagem: Erik Pzado

Siga a trupe do Jeguiando no Twitter!

Conheça nossa Fanpage!

http://www.facebook.com/Jeguiando

 

 

 

 

 

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

2 Comentários

  1. […] Obá Moquecaria – Moquecas tradicionais e invenções em Praia do Forte, BA Postado por Janaína Calaça em jul – 10 – 2012 0 Comentário // // […]

  2. Henry Miranda disse:

    Janaina e Erik,

    Obrigado pela visita e pelo relato da experiência que tiveram na Obá Moquecaria, texto muito bom, esperamos vocês mais vezes em nosso ambiente 🙂

    Mais uma vez obrigado.

    Henry Miranda


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: