Centro de Abastecimento do Rio Vermelho – Salvador, Bahia


Caros jeguiantes, quem viaja sabe que um mesmo destino pode guardar em si várias formas de ser visitado. Tudo depende do perfil do viajante. Uma mesma cidade oferece múltiplas formas de ser conhecida de acordo com o olhar e as preferências de seus visitantes. Há quem viaje para conhecer apenas os pontos turísticos e também há quem esteja interessado apenas na história do local ou em seus sabores. Sou do tipo que gosta, além de conhecer o usual, descobrir aqueles cantinhos que só quem é da terra conhece, que não consta nos circuitos turísticos, nos panfletos, nos guias oficiais. Uma das minhas grandes paixões são as feirinhas, pelo seu colorido, pela sua simplicidade e pela riqueza de sabores e de suas pequenas peculiaridades, e é sobre uma feirinha que hoje falarei no Jeguiando!

  • Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia – Artesanato, doces, frutas e muito mais!
Artefatos de palha e de outros materiais. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Artefatos de palha e de outros materiais. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Artesanato. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho. Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Artesanato. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho. Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado

Como sempre digo, sou admiradora das feiras e dos mercados municipais. Em toda viagem, acabo sempre tentando conhecer algum desses espaços adoravelmente caóticos, cheios de vida e principalmente de histórias. Fui criada em Salvador com o hábito de ir em feiras. Acompanhava minha mãe à Feira de São Joaquim para comprar quiabo, camarão seco, castanhas e panelas de barro em época de Caruru de São Cosme ou acompanhava meu pai à Feira das Sete Portas, para comprar frutas e carne do sol, a ser preparada com cebolas e servida com pirão de aimpim. Cresci e fui ganhando gosto pela coisa! Em Feira de Santana, na época em que cursava a pós em Letras na UEFS, visitei muitas vezes a feira da cidade, com suas frutas, doces em compotas e carnes. Tudo aquilo me atraía e é sempre bom caminhar por seus tabuleiros e boxes em cidades diferentes.

Colorido. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho. Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Colorido. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho. Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
D. Emilia escolhendo gostosuras! Centro de Abastecimento do Rio Vermelho. Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
D. Emilia escolhendo gostosuras! Centro de Abastecimento do Rio Vermelho. Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado

Apesar de ter passado grande parte de minha vida em Salvador, só conheci o Centro de Abastecimento do Rio Vermelho há um ano, quando minha mãe resolveu me levar para comprar umas gostosuras por lá. O que antes era uma grande feira ao ar livre, hoje passou a ser uma feira organizada em boxes, situada em um enorme galpão, que protege os produtos da chuva e do sol, não deixando de resgatar os velhos hábitos interioranos de comprar carnes, frutas e legumes frescos.

Jana Calaça se embrenhando nas gostosuras! Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Jana Calaça se embrenhando nas gostosuras! Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Jana Calaça se embrenhando nas gostosuras! Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Jana Calaça se embrenhando nas gostosuras! Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado

Por se tratar de um centro de abastecimento, muitos locais turísticos, que comercializam produtos diversos que servem de lembranças de viagem, adquirem alguns itens por lá, como cocadas, fitinhas de Senhor do Bonfim, cachaças artesanais e doces em geral. O preço, obviamente, acaba saindo mais em conta na feira.

Para petiscar! Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Para petiscar! Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Camarão Seco. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Camarão Seco. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado

O galpão do Centro de Abastecimento do Rio Vermelho é dividido em vários boxes, dedicados à comercialização de produtos específicos. Uns comercializam artesanato – de peças regionais a importadas -, outros dedicam-se às frutas, às carnes (secas e frescas), aos peixes e frutos do mar, aos doces, sequilhos e bebidas em geral.

Camarão seco. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Camarão seco. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Sabores da terra. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Sabores da terra. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado

Quem gosta da gastronomia baiana e quer adquirir os ingredientes para o preparo dos pratos típicos encontrará por lá desde o camarão seco, o dendê à castanha de caju. Farinha de mandioca torrada e bem fininha para a farofa também é parte dos produtos comercializados. Aqueles que adoram acarajé e abará, mas não querem ter trabalho, podem levar os produtos congelados para casa!

Azeite de dendê! Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Azeite de dendê! Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Cocadinhas. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Cocadinhas. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado

Grande parte dos itens comercializados são de produção caseira ou de pequenas fábricas regionais, como os doces em compotas – de leite, goiaba, banana etc. -, os queijos – coalho, requeijão – e a manteiga, em pasta ou de garrafa.

Queijos. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Queijos. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Caju. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Caju. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado

Diferente do que é comercializado nos supermercados, as frutas, legumes e verduras são selecionados e há uma grande variedade disponível para se levar para casa. O mesmo se aplica às carnes, peixes e frutos do mar, escolhidos pelo visitante. Muitos destes produtos já passam por um pré-preparo e seleção para diminuir o trabalho de quem gosta de cozinhar. 😉

Carambola. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Carambola. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Tamarindo. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Tamarindo. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado

Para quem aprecia arte, no Centro de Abastecimento do Rio Vermelho também funciona um boxe dedicado a peças produzidas por artistas locais, desde quadros a esculturas, que traduzem o imaginário caótico e colorido das terras baianas e que podem ser incorporados ao cotidiano do viajante ou servir para presentear familiares e amigos.

Pimenta. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Pimenta. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho, Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Pimenta. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho. Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado
Pimenta. Centro de Abastecimento do Rio Vermelho. Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado

O Centro de Abastecimento do Rio Vermelho é um daqueles cantinhos que, como disse anteriormente, não consta nos guias oficiais como um local turístico, mas que merece ser visitado pela sua pluralidade, pela qualidade dos produtos e por resgatar a nostalgia das antigas feiras, ponto de encontro da população das cidades e onde a semana começa, entre o colorido das frutas, do bate-papo com os feirantes e das sacolas cheias no fim da visita!

  • Outras informações

– Endereço: Avenida Luís Eduardo Magalhães, s/n. Rio Vermelho, Salvador, Bahia.

Horário de Funcionamento: De segunda à sábado, das 07:00 às 18:00h.

Reflexos e coloridos. Imagem: Erik Pzado

Reflexos e coloridos. Imagem: Erik Pzado

Siga-nos no Twitter:

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

8 Comentários

  1. Mamae acabou de voltar de lá e trouxe diversas dessas delícias!
    Eu adoro ficar “provando” esses camarões secos la na feira, rsrs
    😀

  2. Ai, Jana também sou beeeem chegada numa feira/mercado! As fotos desse post estão incríveis. Parabéns :*

  3. […] turistico em salvador | LINK 79. @jeguiando | centro de abastecimento do rio vermelho #salvador | LINK 80. @jeguiando | mercado modelo #salvador | […]

  4. JOSE HUGO disse:

    ALGUÉM SABE O TELEFONE DA BARRACA COSME E DAMIÃO NO CEASA DO RIO VERMELHO PARA QUE POSSA ENCONTRAR E COMPRAR CAMARÃO SECO?

  5. […] docinhos, abará e acarajé congelados e uma série de produtos regionais na terrinha – o Centro de Abastecimento do Rio Vermelho – para levar para casa ou até um cantinho onde é possível saborear o nosso cuscuz […]

  6. Patricia disse:

    Oii
    Eu gostaria de saber se na hora que abre já tem acarajé e abara congelado pq o telefone do site não atende…. Mas o horário de funcionamento é mt bom vou lá hj pq volto pra São Paulo amanhã e já estou com saudades daqui


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: