Feliz aniversário, minha linda Salvador!

Baía de Todos os Santos. Imagem: Erik Araújo

Baía de Todos os Santos. Imagem: Erik Araújo


Nasci e cresci em Salvador, na Bahia. Sempre disse que nunca a trocaria por terra alguma, não por bairrismo, mas, sobretudo, pelo amor que tenho por ela. E amor… Amor não é descartável, não passa. Ao contrário, ele se preserva e se propaga, seja enquanto estamos vivos, seja quando já não estamos por aqui. A memória de um amor é sempre presente. Hoje, vivo em São Paulo. Por amor, também escolhi ficar aqui, longe de minha terra-mãe, das minhas ruas conhecidas, do meu entardecer azul e fresco, do calor de suas manhãs e da brisa de suas noites.

Colorido. Imagem: Erik Pzado.

Colorido. Imagem: Erik Pzado.

Em Salvador, dei meus primeiros passos e tropeços, conheci o poder silencioso do mar e do respeito que tenho que ter por ele. Lá, experimentei sabores, descobri o quanto gosto de azeite de dendê e de como tudo que é colorido me fascina. Gosto do seu caos, da desordem de suas ruas e do amontoado de suas casas.

Tarde de Preguiça em SSA

Sempre enxerguei vida nesta desordem e sempre vivi bem no meio dela, fato a que muitos torcem o nariz. Para amar Salvador, é preciso entender a beleza da sua desordem, de suas casas construídas ao redor de ladeiras e da forma como seu povo interage entre si e com aqueles que os visitam.

Galerias subterrâneas do Mercado Modelo. Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado.

Galerias subterrâneas do Mercado Modelo. Salvador, Bahia. Imagem: Erik Pzado.

Em minha terra solar, a mistura é o que nos rege. A mistura das etnias, das manifestações religiosas e a mistura de uma cidade, que é tantas, sendo uma só. Nela aprendi que, em dia de Cosme e Damião ou em dia de Santa Bárbara, é difícil enxergar o limite entre as crenças. O Candomblé, com sua linda mitologia, divide a mesma mesa com o Catolicismo e a cidade toda se entrega a este banquete sincrético que é o Caruru. Seja para Santa Bárbara ou para Iansã, seja para os dois irmãos gêmeos ou para os três, o certo é que todos se reúnem, fazem suas oferendas e saboreiam um prato colorido por vatapá, caruru, xinxim, cana, feijão fradinho, farofa de dendê, pipoca, banana frita, rapadura, acarajé, abará e entre tantos outros itens.

Farol

Quando volto a  Salvador, sou a filha que mora longe, que precisa rever todos os cômodos da casa para, novamente, se habituar. Faço questão de ver o meu lindo Rio Vermelho, onde fica a morada de Iemanjá, de tomar sorvete na Ribeira e depois ver o sol se por em Monte Serrat. Meus pés sempre pedem pelas areias brancas do Abaeté, pela tarde calma no Solar do Unhão, onde revisito um casarão antigo e sento em uma pequena ponte de madeira para ver o mar.

Medium possessed by OXUM, an Orixá (guardian spirits) - Salvador, Bahia, Brazil

Gosto de caminhar pelo Pelourinho, rever suas igrejas e nem reclamo quando tropeço nos paralelepípedos de suas ruas. No Mercado Modelo, busco algo para enfeitar o corpo ou as paredes nuas de minha casa. Daí, ainda tomo um sorvete na Cubana, sentada em um banquinho, vendo o reflexo da Baía de Todos os Santos nos vidros do lado esquerdo do Elevador Lacerda.

Vista do Solar do Unhão, Salvador, Bahia

 

Ah, minha linda Salvador, mãe de braços suficientemente longos para acolher seus filhos e aqueles que buscam seu colo, que a todos envolvem com seu calor e com o afago de sua brisa. Em seu dia, não lamento não estar espalhada em seu ventre, pois sei que sempre voltarei a ela e ela sempre me acolherá. Porque os amores… Eles não passam. Ficam quietos, reservados, latentes e regem nossas vidas, fazem parte do nosso dia a dia. Meu amor por você está no meu sotaque, na forma como espalho ao meu redor símbolos que te representam e de como faço este amor se propagar entre aqueles que a querem descobrir. Feliz aniversário, Salvador, meu caos amoroso, minha soterópolis. 🙂

Jana.

Fishermen at Ribeira / Salvador/BA

Siga a trupe do Jeguiando no Twitter!

Conheça nossa Fanpage!

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

Um comentário

  1. Fernanda disse:

    Nooooossa!!! lágrimas de emoção nos meus olhos!!! belo texto!!! Um texto de amor por nossa cidade mãe!!!!!!

    abraços!!!!


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: