Bonito, MS (Parte XI) – Restaurante Casa do João


Ao longo da série de posts sobre nossa viagem a Bonito (Mato Grosso do Sul), a convite do Bonito Web; da agência de viagens Ygarapé Tour e do COMTUR, contamos um pouco sobre o que vivenciamos durante os dias que passamos por lá. Através de fotografias e relatos, quisemos, Erik e eu, reproduzir os melhores momentos, as melhores dicas, falar sobre as pessoas que conhecemos e que fizeram a diferença em nossa visita a essa simpática cidade. Viajar, como já disse tantas vezes aqui no Jeguiando, é um combinado de experiências, que envolve desde conhecer lugares e pessoas, ter contato com outras vivências culturais e experimentar novos sabores inclusive. Além de conhecer o Balneário Municipal, fazer um rafting leve no Bote no Rio Formoso, vivenciar a deliciosa experiência da Flutuação no Rio da Prata, visitar o Buraco das Araras e o Projeto Jiboia, participar do Festival da Guavira, nadar ao redor das lindas cachoeiras da Estância Mimosa e presenciar a beleza bruta das formações rochosas e das águas da Gruta do Lago Azul, Erik, eu e Jegueton ainda tivemos tempo de reunir algumas experiências gastrônomicas, que merecem ser partilhadas com quem está de viagem marcada para o destino. Para saber mais sobre nossa viagem a Bonito, acesse nosso pequeno guia de posts sobre a cidade.

Casa do João. Bonito, Mato Grosso do Sul. Imagem: Erik Pzado.
Restaurante Casa do João. Bonito, Mato Grosso do Sul. Imagem: Erik Pzado.
  • Restaurante Casa do João: História

Bonito é uma cidade que, apesar de pequena, conta com uma estrutura turística que serve de exemplo para muitas cidades com potencial na área, mas que ainda estão dando seus primeiros passos para atender viajantes de várias partes do mundo. Além de contar com um bom número de hospedagens, desde pequenas pousadas a grandes hotéis, o destino também conta com várias opções de restaurantes, que não deixam nada a desejar em termos de atendimento e qualidade do produto servido em relação a restaurantes de grandes cidades.

Restaurante Casa do João. Bonito, Mato Grosso do Sul. Imagem: Erik Pzado.
Restaurante Casa do João. Bonito, Mato Grosso do Sul. Imagem: Erik Pzado.

Um dos restaurantes que tivemos a oportunidade de conhecer e que confirmou sua fama de receber bem o visitante e servir boa comida foi a Casa do João, mais uma boa surpresa dentre tantas que tivemos nesta viagem. De ambiente agradável, aconhegante e bem cuidado em detalhes, a casa, adquirida pelo casal João e Davina em 1997 – quando resolveram se mudar para Bonito com os filhos, cães e gatos – se tornou depois o lugar de onde a família tira hoje seu sustento. Apesar de ter se tornado um restaurante, o local não deixou de ser uma casa. É como se o casal, diariamente, abrisse seu quintal para velhos amigos, aos quais o sempre sorridente João recebe com um abraço amistoso e  com o que há de melhor em sua cozinha.

Janaína Calaça, João - proprietário do Restaurante Casa do João - e Erik Pzado. Abraço amistoso de boas vindas. Imagem: Tio Boca.

Janaína Calaça, João - proprietário do Restaurante Casa do João - e Erik Pzado. Abraço amistoso de boas vindas. Imagem: Tio Boca.

“Onde era o pé de maracujá, construímos a nossa cozinha; do canil dos cães que se foram, foi feito os banheiros; a horta virou lugar das mesas; a  nossa varanda em loja de artesanatos, com um passe de mágica, tudo virou realidade”. Em poucas palavras, seu João  descreve a transformação do que antes era seu cantinho e de sua família num cantinho onde famílias, grupos de amigos, casais de namorados se reúnem para experimentar pratos ou simplesmente se refrescar em um dia quente, típico no Mato Grosso do Sul.

Restaurante Casa do João. Bonito, Mato Grosso do Sul. Imagem: Erik Pzado.
Restaurante Casa do João. Bonito, Mato Grosso do Sul. Imagem: Erik Pzado.

A casa é cheia de detalhes para ocupar os olhos dos visitantes. Mesas de madeira, luminárias, quadros pendurados na parede. Pés de frutas, fontes no lugar de pias e banheirinho com cara de banheiro de roça, do tipo que fica do lado de fora da casa. O espaço é lúdico e leve e é difícil não atender ao pedido do seu João: – “Sinta-se em casa!”.

Restaurante Casa do João. Bonito, Mato Grosso do Sul. Imagem: Erik Pzado.
Restaurante Casa do João. Bonito, Mato Grosso do Sul. Imagem: Erik Pzado.
Restaurante Casa do João. Bonito, Mato Grosso do Sul. Imagem: Erik Pzado.
Restaurante Casa do João. Bonito, Mato Grosso do Sul. Imagem: Erik Pzado.
Restaurante Casa do João. Bonito, Mato Grosso do Sul. Imagem: Erik Pzado.
Restaurante Casa do João. Bonito, Mato Grosso do Sul. Imagem: Erik Pzado.
  • Gastronomia pantaneira servida na Casa do João

“Nada de sofisticação, a comida é um trivial pantaneiro, que atende a todos os gostos”. Nas palavras do seu João, o que é servido em seu restaurante é comida caseira, feita a partir de elementos retirados dos rios e das terras do Pantanal. O carro-chefe da Casa do João é a traíra. Tivemos a oportunidade de provar a traíra vestida, servida com pirão, arroz, salada e molhos especiais que destacam o sabor do peixe.

Traíra vestida, um dos pratos servidos no Restaurante Casa do João. Bonito, Mato Grosso do Sul. Imagem: Erik Pzado.
Traíra vestida, um dos pratos servidos no Restaurante Casa do João. Bonito, Mato Grosso do Sul. Imagem: Erik Pzado.

Ainda na linha de servir produtos em sua maioria regionais, na Casa do João são servidas várias sobremesas feitas com frutas do cerrado. Entre doces e sorvetes, o visitante tem a oportunidade de provar o sabor das frutas típicas em preparações suaves e refrescantes, ideais para o clima da cidade. 🙂

  • Extras de viagem: Coisinhas bacanas
Erik Pzado, filhota do Tio Boca, Janaína Calaça e Sandra na Casa do João. Imagem: Tio Boca.

Erik Pzado, Talissa, filhota do Tio Boca, Janaína Calaça e Sandra na Casa do João. Imagem: Tio Boca.

Nossa ida ao Restaurante Casa do João acabou sendo uma experiência positiva em vários aspectos. Não só pela boa comida e ótimo atendimento, mas principalmente pela companhia de nosso querido amigo Boca, bonitense arretado, que nos fez companhia durante grande parte desta viagem. Conhecemos o tio Boca através do COMTUR, o Conselho Municipal de Turismo de Bonito. Foi ele quem nos deu todo o suporte em terra para conhecer as belezas de sua cidade e, através do seu olhar de filho bonitense, conhecemos uma outra cidade, pontuada de histórias hilárias ou de lembranças de infância, em que nadar nos rios da região e catar frutas eram atividades quase diárias. Apesar de ter sido um jantar de despedida, cheio de saudades antecipadas, mas também daquela sensação boa de que fizemos um bom amigo, tivemos  momentos adoráveis. Partilhamos uma traíra, dividimos uma cerveja, histórias de nossas vidas e tivemos a oportunidade de conhecer a família do Boca, a quem ele fez questão de nos apresentar, mostrando um profundo senso de amizade. Dividimos com os amigos o que é importante para nós e ele quis dividir conosco os seus. 🙂 Conhecemos a Talissa, sua filha e a Sandra, sua ex-esposa, que, à convite do nosso amigo, foram à Casa do João para nos dar um abraço. Ficamos realmente felizes pelo gesto e principalmente por entender a importância daquele momento para ele. Meu querido Boca, só temos a agradecer por todo o carinho, por todas as histórias partilhadas, pelos cafés, pelos puxões de orelha, pelo cuidado com o Jegueton, pelas guaviras arrebatadas da geladeira de sua mãe, por toda a consideração e pelos olhos disfarçadamente marejados em nossa ida. É, meu amigo, não esqueça de nós, que de cá garantimos que você sempre terá um lugar guardado em nossa memória. E se sua foto não está aqui, entre nossas lembranças, é porque você é birrento!

  • Informações sobre o Restaurante Casa do João

– Endereço: Rua Coronel Nelson Felicio dos Santos 664-A. Bonito, Mato Grosso do Sul, Brasil.

– E-mail de contato: vizcaino96@hotmail.com

Site: Restaurante Casa do João

  • Sobre nossa viagem a Bonito

Siga-nos no Twitter!

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

9 Comentários

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Jegueton, Jegueton. Jegueton said: Onde comer uma deliciosa traíra vestida (ou pelada mesmo!) em Bonito? Restaurante Casa do João! http://bit.ly/hIOp1D Dica gastronômica! 😉 […]

  2. Carol Wieser disse:

    Janaina,

    Estive em Bonito a dois anos atrás e realmente faz jus ao nome, além de ser um lugar super legal de estar. Tudo muito simples e rustico, mas adorável.

    Muito bom.

    Abs,

    • Carol, Bonito é uma cidade que recomendo por razões diversas. O clima leve, a receptividade das pessoas, as opções para relaxar, o contato com a natureza, o acordar cedo com o ar fresquinho e com o barulho de pássaros, a riqueza da fauna. Bonito é um lugar para ir e voltar quando for possível. 🙂

      Beijocas, minha querida.

      Jana.

  3. sandra disse:

    Janaina, fiquei emocionada com o que escreveu.Realmente Bonito é um lugar maravilhoso para viver, não nasci aqui, mas foi aqui que cresci,adquiri experiência, aprendi que acima de um grande amor, vc pode conservar uma amizade para sempre.
    Beijo

    • Sandra, Bonito foi a viagem que realmente me marcou em 2010. Aproveito todas as viagens que tenho a oportunidade de fazer, tudo o que posso conhecer, mas esta me marcou de uma forma muito positiva. Conheci lugares belíssimos e agradáveis de estar e pessoas que me acolheram. O Boca foi uma dessas pessoas. Erik e eu rimos muito, conversamos muito com ele e aprendemos muito com sua história de vida. Em meu retorno à essa cidade, tudo o que sei é que quero dar uma abraço apertado no Tio Boca e agradecer mais uma vez por tudo que ele fez por nós. 😀

      Beijão, minha querida.

      Jana.

  4. Depois de ler este texto fiquei com vontade de conhecer Bonito e o restaurante, claro. Realmente o local parece muito aconchegante e a forma como o texto foi escrito deixa aquele gostinho de quero mais…A viagem deve ter sido inesquecível e ficou como um bom incentivo a todos que gostam de viajar.

    • Oi, Rafa. Td bem?

      Bonito é uma cidade adorável e gerou muitas recordações positivas, do tipo que fazem você querer pegar o avião e voltar para lá. Se pudesse escolher hj para onde retornar, gostaria de passar mais um tempo por lá, desacelerar e rever pessoas que conheci e por quem desenvolvi carinho. Minha relação com Bonito está atravessada pelo afeto e sei que se as pessoas viajarem abertas ao que a cidade proporciona, desenvolverão o mesmo carinho q desenvolvi pelo destino.

      Beijão,

      Jana.

  5. Debora Bordin disse:

    Amo Bonito!
    E amo a Casa do João 😀
    Fiz um post sobre essa cidade linda (http://viajandoporai.blog.com/2011/04/13/bonito-lindo/) mas ainda tenho muuuito pra falar 🙂
    Beijos e adorei o post!

  6. […] sushi bar, até restaurantes dedicados a pratos regionais mais elaborados, como é o caso da Casa do João, com a sua famosa Traíra Vestida. Hoje, no entanto, falaremos de um lugarzin com uma trajetória […]


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: