Puerto Madero – Buenos Aires


Como já sabem, viajamos duas vezes para a Argentina. Na primeira vez, passamos 4 dias apenas, na segunda, foram 20 dias de estadia. Por razões de tempo limitado, não conhecemos Puerto Madero em nosso primeiro contato com a cidade, mas, no segundo, acabamos por dedicar um dia para a visitação deste bairro, localizado no centro de Buenos Aires. Particularmente, Puerto Madero não é um dos meus bairros preferidos na capital argentina, até porque aprecio a informalidade, cores, arte e o bairro foi reestruturado para ficar “modernoso”, organizado, padronizado e eu adoro o caos! Nada contra “modernosidades”, mas, como disse anteriormente, bairros como San Telmo e La Boca têm mais haver com minha subjetividade. O Jeguiando, no entanto, por ser um espaço dedicado à diversidade, trará um pouco deste bairro para quem se identifica com sua dinâmica.

Puerto Madero. Imagem: Jeguiando.

Puerto Madero. Imagem: Janaína Calaça.

Puerto Madero leva o sobrenome de seu idealizador, Eduardo Madero, um comerciante argentino que idealizou e apresentou o projeto do porto em 1882. O projeto apresentado por Madero visava solucionar os problemas que a capital argentina tinha em relação à profundidade de suas águas, o que impedia a aproximação de navios de grande porte. O comerciante conseguiu, entre vários projetos analisados, se destacar por sua proposta moderna e funcional. A construção do porto durou 10 anos (1887 a 1897). Apesar de concluído em 1897, o projeto já se tornara obsoleto devido ao grande volume de embarcações e da intensidade das atividades portuárias, o que resultou na necessidade de se construir outro porto, o Puerto Nuevo.

100_6577

Puerto Madero. Buenos Aires. Imagem: Fábio Brito.

Subtraído de sua função, o porto entrou em decadência e se tornou uma área completamente abandonada durante anos, até que em 1989 foi aprovado um projeto de revitalização e urbanização da área. Desde então, o porto passou por diversas reformas até chegar ao seu formato atual, atraindo empreendimentos, empresas nacionais, internacionais e principalmente restaurantes, que se distribuem entre os diques. Puerto Madero, além de Palermo, se tornou, inclusive, um dos referenciais gastronômicos da cidade.

100_6589

Puente de la Mujer. Buenos Aires. Imagem: Fábio Brito.

A área, depois de revitalizada, tornou-se elitizada, tanto que é lá que hotéis 5 estrelas como o Buenos Aires Hilton, o Faena Hotel e o Sofitel Madero estão localizados. Tornou-se uma área cara consequentemente, mas ainda há alguns passeios, que podem ser feitos sem precisar desembolsar muitos pesos, como visitar a Puente de la Mujer, obra de Santiago Calatrava, caminhar pelo Parque Mujeres Argentinas e conhecer por dentro a Fragata Presidente Sarmiento, que funciona como museu e cobra apenas uma taxa simbólica de visitação de 2 pesos. Este museu, inclusive, será assunto de nosso próximo post.

100_6488

Jegueton, exibido como sempre, monopolizando as fotos. Imagem: Janaína Calaça.

Outro ponto interessante a ser destacado em relação ao bairro é a presença dos prédios mais altos da cidade de Buenos Aires, que reitera a feição “modernosa” de Puerto Madero. Eu, particularmente, depois que passei a viver em São Paulo, corro da visão dos espigões, mas há quem gosta de grandes projetos arquitetônicos, então vale a pena pontuar esta característica do bairro.

100_6565

Jegueton viajando nas águas de Puerto Madero. Imagem: Janaína Calaça.

Então, para quem se sente atraído pela dinâmica de Puerto Madero e visitará em breve terras argentinas, espero que o post tenha sido útil. Para encerrar este breve panorama, fiquem com a imagem de Jegueton, com seu olhar perdido nas águas que banham as margens do porto. Para conhecer um pouco mais o bairro, acesse o site oficial de Puerto Madero e informe-se.

Fonte de pesquisa: Wikipedia.

Observações importantes: Por ser uma viagem internacional, é aconselhável fazer um seguro de viagem. Viajou para longe de casa, não deixe de fazer um seguro!


Siga a trupe do Jeguiando no Twitter!

Conheça nossa Fanpage!

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

4 Comentários

  1. Andreina disse:

    Olá! Adorei este site e, com ele, todas as suas dicas. Conheço Argentina há tempos e sempre vou. Tudo o que foi dito aqui, assino embaixo pois é com veracidade e carinho que vocês têm por esse país que sempre me identifiquei. Nada a ver com o futebol que é apenas mais uma das coisas indiscutíveis, como a política, em qualquer país. Para quem gosta de viajar sabe que isso não existe. O que existe é o conhecimento, a diversão, os novos amigos (que às vezes tornam-se eternos), a diversidade de culturas e a experiência.
    Muito obrigada ao Jegueton e à vocês do site Jeguiando!

  2. Estou planeando uma viagem a Buenos Aires e Puerto Madero parece-me ser um lugar a não perder. O seu post ajudou muito na minha decisão. Obrigado.

  3. Carla disse:

    Olá, vi alguns de seus posts, estou pesquisando sobre BAs há alguns meses porque meu marido e eu queremos muito ir neste fim de ano, será que você teria dicas de hotel, onde ficar, são tantas as opções que nós ainda não conseguimos nos decidir. No meu blog falo um pouco das viagens que fiz com meu esposo no Brasil, ainda está no início https://nossasviagensporai.wordpress.com. Depois quando voltarmos de BAs, irei colocar também!


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: