Próximo destino: planejamento financeiro

  • Colocar as contas no papel e se planejar com antecedência pode transformar todas as viagens dos sonhos em realidade

    Embarcar com destino a um lugar paradisíaco, para uma aventura ou para descansar entre as montanhas. Independente do lugar escolhido, viajar é uma das paixões da maioria das pessoas. Mas, com um cenário econômico ainda incerto e o desemprego em alta, muita gente acabou deixando esse desejo de lado. Só que, mesmo nesse contexto, é possível garantir aquela viagem dos sonhos.

    Para arrumar as malas e partir por aí, o segredo é um bom planejamento financeiro. Com o controle de suas finanças e uma boa pesquisa vai ficar fácil conhecer aquele ponto turístico incrível, sem precisar ficar cheio de dívidas. E o coaching pode apoiá-lo nesse processo.A metodologia trabalha em cima da criação de metas e do desenvolvimento pessoal de cada um para conquistá-las. Definido o objetivo — neste caso, uma viagem —, o coach (profissional) irá desenvolver uma série de questionamentos e provocações para que o coachee  (cliente) possa encontrar seus meios de alcançar aquilo que busca.

    Parece complicado? Na prática é bem simples. Essas perguntas ajudam a pessoa a desenvolver suas principais habilidades e corrigir aquelas nem tão positivas assim. Por exemplo, se você não é organizado nem consegue manter o salário na mão até o fim do mês, o coaching pode lhe dar suporte o suporte necessário para que você encontre o melhor jeito de poupar e manter suas tarefas e contas em dia.

    Confira abaixo algumas dicas!

    Analise suas finanças

    O segredo para garantir que o dinheiro que entra seja maior que o que sai é aprender a se planejar, ter foco e metas. Não que você precise planejar tudo aquilo que você ganha e aquilo que gasta, mas vale a pena escrever em um papel o que você quer conquistar e quanto precisa para isso.

    Depois, coloque na ponta do lápis todas as contas que você precisa honrar e o que vai sobrar de dinheiro todo mês.

    Quando você analisa friamente suas contas e tem em mente um objetivo específico, você acaba encontrando gastos extras que pode tirar da sua vida sem problema algum. Com isso, sobra mais dinheiro não só para bancar as contas do início, do meio e do fim do ano, como também para realizar todos os seus sonhos, incluindo as melhores viagens.

    Defina seu destino

    Com as finanças em dia você já pode começar a se planejar para embarcar. Escolha o destino que mais o agrada e pesquise muito.

    Existem diferenças bem relevantes nos valores de passagens e hotéis de acordo com a data que você optar por viajar. Na Europa, por exemplo, os meses mais frios do ano no Hemisfério Norte — de dezembro a fevereiro — costumam ser os mais caros. Já no Nordeste brasileiro o mesmo período é badalado por conta do alto verão.

    Se ainda assim essas forem as épocas que você gostaria de viajar, passe a acompanhar os valores com pelo menos seis meses de antecedência. As companhias áreas sempre divulgam promoções para passagens mais distantes. Hotéis também costumam oferecer pacotes especiais para quem compra antecipadamente.

    Estime os custos de viagem

    Com as passagens e o hotel definidos, procure conversar com outros conhecidos que já foram para aquele destino. Assim, você terá uma ideia melhor de quanto irá gastar com alimentação, transporte, seguro e outras questões da viagem. Aqui também vale a regra de pesquisar muito! Você pode conseguir economizar bastante se souber exatamente onde comprar cada item.

    Não se esqueça também de definir exatamente o período em que vai ficar fora para poder calcular quanto vai precisar levar na carteira. Opte sempre por ter uma quantia em dinheiro vivo e outra em cartões pré-pagos de viagem. Deixe o cartão de crédito para ser usado em último caso.

    Como o valor das moedas estrangeiras pode oscilar, você não tem a certeza do preço final de sua compra. Além da variação cambial entre o dia da aquisição do produto e o vencimento da fatura, os valores são sempre acrescidos de 6,38% sobre o montante final, que corresponde ao IOF.

    Ainda tem dúvidas sobre como se programar? Conheça os cursos de coaching e saiba como eles podem apoiá-lo!

    Compartilhe...
        *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

    3 Comentários

    1. Iago disse:

      As poucas viagens que fiz tive sempre uma turbulência em relação às finanças. Esse texto vai me ajudar a clarear e a organizar mais meu dinheiro quando eu for pra Austrália ainda esse ano. Obrigado e um abraço!

    2. João Lustoza disse:

      Mesmo com todas as dificuldades que estamos enfrentando no nosso país, tenho me planejado para viajar constantemente. Ficar parado é o que nunca pode acontecer rsrs. Obrigado pelo post. Abraços.


    Lojinha_do_Jeguiando

    Pesquisar

      Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

    Destinos visitados pelo Jeguiando

      alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

    Posts mais Populares

    %d blogueiros gostam disto: