Dicas do que fazer em Arraial d’Ajuda, Bahia

Mar de águas quentinhas, sol o ano inteiro, noite agitada, paisagens paradisíacas, atmosfera vibrante. Distrito da badalada Porto Seguro, Arraial D’Ajuda, situada na Costa do Descobrimento, no sul da Bahia, é convidativa em qualquer época do ano. Há sempre o que fazer por lá, há sempre opções para se divertir, seja na alta ou na baixa estação.

Em nossa breve visita ao destino, tivemos a oportunidade de conhecer algumas atividades e alguns dos principais atrativos da região, como a vida noturna e o clima festeiro “da Mucugê”, que é um excelente convite à convivência entre locais e visitantes, os encantos naturais de Arraial, e até um emocionante avistamento de baleias jubarte, que acontece entre agosto e novembro no destino. Para contar um pouquinho do que vivenciamos por lá, traremos neste post dicas das melhores épocas do ano para conhecer o destino e quais os principais atrativos para cada temporada, portanto, prepare-se para redescobrir as terras avistadas por Cabral!

Águas quentes do litoral baiano. Imagem: Erik Araújo

Águas quentes do litoral baiano. Imagem: Erik Araújo

As falésias avistadas por Cabral. Imagem: Erik Araújo

As falésias avistadas por Cabral. Imagem: Erik Araújo

Quando visitar Arraial d’Ajuda

Arraial d’Ajuda é um destino que pode ser visitado durante o ano inteiro, mas, para determinar qual é a melhor época do ano para visitá-lo, é necessário que o viajante tenha em mente exatamente o que deseja encontrar por lá. Para quem busca agitação, viajar na alta estação é a boa pedida, no entanto, para quem busca tranquilidade e bons preços, a baixa e média estações atendem bem ao viajante que deseja aproveitar a atmosfera paradisíaca de Arraial. Vamos descobrir o que o destino tem a oferecer no verão e no inverno?

  • O que fazer no verão?

No verão, o clima em Arraial é quente, chegando a atingir máximas próximas aos 40˚C. As chuvas tendem a aliviar o calor, mas não costumam ser um problema nessa época do ano.

A estação do sol e do bronzeado é perfeita para quem busca agito na região e não dispensa uma boa vida noturna. No verão, a cidade opera no regime de alta temporada, contando, assim, com todo o comércio aberto para atender à demanda de público. Uma característica interessante de Arraial é que, normalmente, as lojas trabalham até bem tarde nessa estação, o que facilita a vida dos boêmios.

Alta tempora = horário estendido no comércio. Imagem: Erik Araújo

Alta tempora = horário estendido no comércio. Imagem: Erik Araújo

As agências de receptivo focam bastante nos atrativos da chamada Costa do Descobrimento, que compreende as cidades de Porto Seguro, Cabrália, Trancoso e Caraíva, oferecendo atividades marítimas ou terrestres. Os principais passeios marítimos são os que levam os viajantes a bordo de escunas para Coroa Alta, Ilha do Sol e Santo André, além de visitas ao Recife de Fora, onde é possível mergulhar em piscinas naturais e avistar uma grande variedade de peixes ornamentais.

Aos adeptos das atividades terrestres, há opções como tours de quadriciclo, que englobam explorar a mata atlântica, avistar falésias e cruzar riachos. Outra opção que pode encher de cores o passeio é a visita ao Borboletário Asas Mágicas, que fica a 40 minutos de Arraial d’Ajuda.

Atenção!

TARIFAS: Como em todo o litoral brasileiro, os preços tendem a subir nessa época, o que exige um bom planejamento e antecedência para conseguir bons preços em hospedagem.

>> Vida noturna

A cena noturna de Arraial é bastante agitada e concentra-se na região da Rua Mucugê. Os principais bares, restaurantes e as lanchonetes mais concorridas da cidade são encontrados nessa área, que se tornou o ponto de encontro de locais e turistas.

Balada é na Mucugê. Imagem: Erik Araújo

Balada é na Mucugê. Imagem: Erik Araújo

Um ponto interessante sobre a rotina de Arraial é que a população do distrito é grande consumidora de lazer, logo, não estranhe se encontrar rostos familiares em suas andanças. Provavelmente, você encontrará e se divertirá com pessoas que avistou durante o dia em alguma atividade, porque, afinal, todo mundo vai para a Mucugê!

The Perrengz a banda do Sting de Arraial. Imagem: Erik Araújo

The Perrengz a banda do Sting de Arraial. Imagem: Erik Araújo

Além de concentrar lojas, bares e restaurantes, a Mucugê ainda oferece sempre boas opções musicais para os passantes. Em nossa visita, pudemos assistir a um pocket show ao ar livre da banda local The Perrengz, que toca o melhor do rock nacional e internacional. Para assistir a um de seus shows, basta prestar atenção às ruas. Se encontrar a emblemática Kombi da banda, é sinal de que The Perrengz está por perto. Além das atrações musicais que rolam pelas ruas de Arraial, o visitante ainda pode conferir o que rola nos bares do distrito, que oferecem shows com música ao vivo, atraindo a atenção de turistas e moradores.

The Perrengz Móvel. Imagem: Erik Araújo

The Perrengz Móvel. Imagem: Erik Araújo

>> Carnaval

O Carnaval em Arraial segue os moldes de “antigamente”, com bloquinhos de rua e gente fantasiada por todos os cantos. As marchinhas predominam e é uma grande festa. Os animados depoimentos de locais garantem que é uma das épocas mais divertidas do ano na cidade.

  • O que fazer no inverno?

O clima de inverno no sul da Bahia não é frio para os padrões do sudeste, contudo, a chuva tende a ser uma visita constante nessa época. A média de temperatura fica por volta de agradáveis 21˚C e a temperatura da água, apesar de sofrer uma baixa em relação às demais épocas do ano, ainda continua agradável para o banho.

Inverno em Arraial é época de Jubartes! Imagem: Erik Araújo

Inverno em Arraial é época de Jubartes! Imagem: Erik Araújo

O mês de julho é, sem dúvidas, o mais concorrido do inverno, justamente por conta das férias de meio de ano. Nesse mês, a cidade apresenta contornos similares ao do verão, com grande ocupação e agitação, além de contar com a plena oferta de serviços.

>> Avistamento de baleias jubarte

Os amantes da natureza têm na cidade um verdadeiro Porto Seguro (tudumpss) entre os meses de julho e outubro, época na qual a região é tomada pelas baleias jubarte, que migram do norte com destino a Caravelas e ao Arquipélago de Abrolhos, que fica há aproximadamente 150 quilômetros ao sul de Arraial d’Ajuda.

Detalhe dorsal de uma jubarte. Imagem: Erik Araújo

Detalhe dorsal de uma jubarte. Imagem: Erik Araújo

As baleias seguem para lá e usam as águas da região como área de acasalamento, maternidade e berçário, o que torna o destino um paraíso aos que desejam realizar avistamentos. Os animais são vistos na região entre julho e novembro, porém a passagem pela região de Arraial/Porto Seguro concentra-se entre o início de agosto e o mês de setembro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Nessa época, a principal atividade turística é o avistamento de baleias, que é realizado em embarcações idealizadas para essa finalidade. As embarcações são seguras e via de regra o avistamento ocorre mais facilmente com céu aberto, já que o borrifo causado pela expiração do ar das baleias pode ser visto a grandes distâncias. No dia de nossa visita, o céu encoberto nos forçou a navegar por bastante tempo até encontrarmos as estrelas da atividade. Nem a chuva ou mar agitado, no entanto, foram suficientes para nos impedir de circular ao redor dessas gigantes.

Para contratar o passeio de avistamento de baleia, acesse o site do Baleia à vista (http://www.ciadomar.com/) ou a página do grupo no Facebook (https://www.facebook.com/baleiaavista).

O avistamento busca por borrifos na paisagem. Imagem: Erik Araújo

O avistamento busca por borrifos na paisagem. Imagem: Erik Araújo

  • Passeios e atividades em Arraial d’Ajuda

>>Conhecer suas principais praias

– Praia de Pitinga:

Em nossa visita, dedicamos maior tempo à praia de Pitinga, que é, sem dúvidas, a mais cênica de todas as praias de Arraial, contando ainda com boa infraestrutura em suas barracas e figurando como o lugar ideal para passar o dia à beira mar. Lá, o mar é calmo, o que é um ótimo convite ao banho.

Praia da Pitinga, Arraial d'Ajuda. Imagem: Erik Araújo

Praia da Pitinga, Arraial d’Ajuda. Imagem: Erik Araújo

Um ponto para prestar a atenção é que o sol acaba se pondo relativamente cedo, já que acaba sendo encoberto pelas falésias que se elevam na orla. Programe-se, então, para curtir a praia de Pitinga logo pela manhã e aproveite para almoçar em uma de suas barracas, como a Barraca do Faria ou a Barraca da Maré.

– Praia da Ponta do Apaga-Fogo:

Essa, sem dúvidas, é uma praia tranquila e peculiar. Fica em frente ao Arraial d’Ajuda Eco Resort e possui água salobra, já que fica na foz do Rio Buranhém. Na maré vazante, é possível avistar suas convidativas piscinas naturais.

Praia do Ponta do Apaga Fogo, foz do Rio Buranhém. Imagem: Erik Araújo

Praia do Ponta do Apaga Fogo, foz do Rio Buranhém. Imagem: Erik Araújo

– Praia do Mucugê:

É a praia central da cidade e conta com excelente infraestrutura de barracas. A praia fica em frente ao Arraial d’Ajuda Eco Parque, um divertido parque aquático cercado de mata atlântica, que abriga em seu interior o Projeto Coral Vivo. Nesta praia, é possível alugar caiaques e praticar esportes aquáticos.

Praia do Mucugê. Imagem: Erik Araújo

Praia do Mucugê. Imagem: Erik Araújo

>>Passear na Rua do Mucugê e curtir seu agito à noite:

Assim como a alma de Búzios é a Rua das Pedras, a Rua Mucugê é a alma de Arraial. Nela você encontra as principais lojas e atrações do alto da vila, uma série de galerias e mini shoppings apinhados de lojas de todos os tipos, além de restaurantes, fast-foods e diversas pousadas e alojamentos muito modernos. É também onde acontece toda a vida noturna do destino.

Uma das galerias da Rua Mucugê. Imagem: Erik Araújo

Uma das galerias da Rua Mucugê. Imagem: Erik Araújo

>>Visitar a Praça Brigadeiro Eduardo Gomes:

Este slideshow necessita de JavaScript.

No alto da vila de Arraial d’Ajuda, a Praça é uma grande referência e conta com diversas lojas, restaurantes, além de abrigar a Matriz de Nossa Senhora d’Ajuda. O ideal é visitar a região no fim da tarde e contemplar o poente, que lança sobre as calçadas e lojas um belo tom avermelhado.

O que tem no tabuleiro da baiana? Imagem: Erik Araújo

O que tem no tabuleiro da baiana? Imagem: Erik Araújo

Ao redor da igreja, é bastante provável que encontre uma baiana com seu tabuleiro de guloseimas. Vale a pena conversar com ela e buscar quais são as delícias do dia! Atrás da igreja, fica a rua Bela Vista, cujo grande atrativo é a paisagem que pode ser avistada de lá. No lado oposto, no outro extremo da praça, é possível encontrar ainda bares, cafés e farmácia.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Visamos reunir neste post algumas opções para que você, viajante, possa se divertir e explorar Arraial d’Ajuda da forma que achar melhor e na época que escolher para curtir o que o destino tem a oferecer. Se você está planejando visitar o destino, não deixe de acompanhar o blog, que ainda trará outras dicas quentinhas para sua viagem! 😀

  • Agradecimentos

Agradecemos por toda a hospitalidade da equipe do hotel Arraial d’Ajuda Eco Resort, em especial a todo o carinho e atenção da Beth Machado, que, por meio de sua presença e profissionalismo, tornou nossa estadia memorável. :-*

Obrigado ao pessoal da “Baleia à Vista” pela saída e avistamento de baleias e em especial à bióloga Thais Melo e sua tripulação.

Agradecimento também especial a Tereza, pela confiança em nosso trabalho.


O Jeguiando visitou a região de Arraial d’Ajuda a convite de Tereza Quinderé Assessoria.

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

3 Comentários

  1. Beatriz disse:

    Morei ali pertinho, em Prado. A Costa do descobrimento percorri a pé, pois queria conhecer todo o trajeto pela praia, desde Caravelas até Santa Cruz de Cabrália. É impressionante como a região ainda guarda características daquele tempo, onde a natureza reinava absoluta. Pena que o turismo desenfreado esteja se espalhando tão rapidamente…

    Bjs e bons ventos!

    Bia

  2. TripEconomy Hoteis disse:

    Lugar muito interessante! Nice artigo!

  3. Arraial da Ajuda disse:

    Arraial da Ajuda realmente e muito lindo e bem preservado! Queria voltar o mais rápido possível e aproveitar desta pequena paraíso!
    Beijos.
    Thais


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: