Para quem gosta realmente de viajar, não é preciso percorrer grandes distâncias, cruzar continentes, enfrentar longas horas de voo. O prazer de estar em um lugar diferente, de ver novas paisagens, de caminhar por ruas distintas das que conhecemos já é mote suficiente para querer cair na estrada – e há muito a conhecer, inclusive, nos destinos próximos à cidade em que vivemos.

Desde 2010, por exemplo, Erik e eu decidimos fazer algumas incursões pelo interior de São Paulo e por cidades próximas pertencentes a estados como Minas Gerais e Rio de Janeiro, à procura de destinos interessantes e que valem uma visita. Foi assim que cidades como Monte Verde (MG), Guararema (SP) e Cunha (SP) entraram em nossos roteiros, por exemplo. A vontade de viajar e uma boa dose de curiosidade pode gerar experiências bastante positivas, quando você decide explorar o que há de interessante a poucas horas de viagem a partir de sua cidade.

Foi com esse espírito que caímos na estrada rumo ao Grande Hotel São Pedro e à cidade que o abriga – Águas de São Pedro. Localizada a apenas 184 km de São Paulo, a cidade possui nada menos que o segundo melhor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) de São Paulo e do país – o que me despertou a curiosidade logo “de cara” – e figura entre os onze municípios paulistas considerados estâncias hidrominerais pelo governo do estado de São Paulo. Um outro ponto interessante sobre essa viagem (além do fato de que visitamos a segunda melhor cidade em qualidade de vida do Brasil) foi descobrir suas fontes de águas medicinais e a relação de simbiose (diríamos assim) que existe, há décadas, entre o hotel que nos convidou e a cidade.

  • Águas de São Pedro e Grande Hotel São Pedro: histórias que caminham juntas
Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Águas de São Pedro, antes de ser emancipada como cidade (na década de 40), foi distrito da cidade de São Pedro. Sua história teve início com a busca por petróleo nas terras que correspondem ao seu território na década de 20 – busca que encerrou-se sem sucesso, mas que foi determinante para o futuro daquela região: no lugar de petróleo jorrava água mineral.

O início da utilização das águas começou tímido. O proprietário das terras onde ocorreram as perfurações, Ângelo Franzin, construiu, inicialmente, um pequeno balneário onde se banhava. Depois, um grande lote de terras foi vendido a um grupo, que construiu um balneário maior, com 12 banheiras. “Naquele mesmo ano, Octavio Moura Andrade resolveu construir a estância dando-lhe o nome de “Caldas de São Pedro”, criando juntamente com seu irmão, Antônio Joaquim de Moura Andrade, a empresa “Águas Sulfídricas e Termais de São Pedro S/A”. A fundação da estância aconteceu de braços dados com a construção do Grande Hotel (hoje, Grande Hotel São Pedro, propriedade do SENAC), ou seja, literalmente a cidade cresceu em volta do empreendimento, selando, assim, uma relação de simbiose entre ambos. (Fonte da Pesquisa: http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81guas_de_S%C3%A3o_Pedro)

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Fonte de três águas minerais distintas no Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

Fonte de três águas minerais distintas no Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

Fonte de três águas minerais distintas no Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

Fonte de três águas minerais distintas no Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

A cidade de Águas de São Pedro, fundada, como citei anteriormente, em 1940 – após o reconhecimento por parte do estado de São Paulo de seu potencial hidromineral – tornou-se um município basicamente residencial e voltado à hidroterapia. O primeiro balneário – conhecido como “Fonte da Juventude” – juntamente com o balneário de 12 banheiras – construído posteriormente – selaram o potencial turístico da região com a presença do Grande Hotel, atraindo a atenção de visitantes de cidades vizinhas e de outras regiões do estado. Águas de São Pedro começava, literalmente, a aparecer no mapa não só por suas águas medicinais, mas também por seu perfil de cidade acolhedora e ideal para descansar.

Chamando ainda mais atenção para o destino, em 1968, Águas de São Pedro adicionou um novo perfil à sua identidade. O SENAC assumiu a administração do Grande Hotel São Pedro e transformou o belíssimo empreendimento em um hotel-escola, abrigando o Centro de Desenvolvimento e Formação em Turismo e Hotelaria e atraindo, dessa forma, estudantes de várias partes do mundo – o que conferiu ao empreendimento e à cidade uma dinâmica diferente: a de um destino de estudos, focado na formação de profissionais nas áreas citadas. Águas de São Pedro e o hotel, situado praticamente em seu coração, se tornaram então referência para estudantes de gastronomia e hotelaria, selando de vez o perfil dinâmico e plural do destino.

  • Conhecendo o Grande Hotel São Pedro
Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Peças antigas, pertencentes ao hotel no passado, hoje decoram seus ambientes, mantendo um compromisso com a memória do empreendimento. Imagem: Erik Araújo

Peças antigas, pertencentes ao hotel no passado, hoje decoram seus ambientes, mantendo um compromisso com a memória do empreendimento. Imagem: Erik Araújo

Um dos pontos que gostaria de destacar, antes de falar um pouco sobre o Grande Hotel São Pedro, é que o empreendimento realmente me surpreendeu, não apenas por sua história interessante – que já inspira uma visita –, mas sobretudo pelo cuidado com a memória do local, com a preservação de sua identidade, pelo serviço que o hotel oferece e pela sua gastronomia – ponto alto do Grande Hotel, além de suas instalações bem cuidadas. Projetado em Art Déco e pontuado por belos jardins e bosques, o Grande Hotel não só oferece um mergulho ao passado através de sua edificação, como também um retiro de lazer e descanso tanto para famílias quanto para casais, que desejam encontrar um lugar agradável para passar a sua lua de mel. Confira, então, as fotos que fizemos durante nossa visita e saiba o que encontrará por lá! =)

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

  •  Infraestrutura e serviços do Grande Hotel São Pedro

Com uma área verde de aproximadamente 330 mil m², o Grande Hotel São Pedro reúne, ao todo, 117 acomodações, divididas em três categorias principais (apartamentos, suítes e vilas – ideais para casais em lua de mel e que estejam à procura de mais privacidade e conforto –); três restaurantes, dois bares, um lounge e uma adega; um Health Center; e várias opções de lazer para quem viaja a dois, com amigos ou com a família – incluindo crianças.

Um dos pontos interessantes sobre o Grande Hotel São Pedro é que uma parte considerável do seu serviço é realizado pelos alunos do Centro Universitário – lembrando que o empreendimento é um hotel-escola e encontra-se administrado pelo SENAC. Acompanhados de perto por profissionais, os alunos que frequentam a unidade aprendem na prática o trabalho em áreas como Hotelaria e Gastronomia e muitos deles, ao completarem a formação, são aproveitados no próprio quadro de funcionários do empreendimento, reconhecendo, inclusive, a excelência do seu ensino.

Apesar de contar com alunos atuando em várias posições no hotel, o serviço nada tem de amador. Ao contrário. Por serem acompanhados de perto pelos profissionais do empreendimento, os alunos são constantemente orientados em seus acertos e erros, o que faz com que o serviço seja eficiente, mantendo o padrão de excelência do Grande Hotel São Pedro.

>> Lazer: opções múltiplas para os viajantes

Piscina. Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Piscina. Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Erik se esbaldando na piscina do Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Erik se esbaldando na piscina do Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Janaína Calaça

Erik, Giovana e Márcio, do blog A Janela Laranja. Imagem: Janaína Calaça

Erik, Giovana e Márcio, do blog A Janela Laranja. Imagem: Janaína Calaça

Em termos de opções de lazer, o Grande Hotel São Pedro oferece opções suficientes para preencher, inclusive, hospedagens mais longas. O local reúne, em seu território, quatro quadras de tênis descobertas, com piso lisonda; campo de futebol society descoberto e iluminado; quadra poliesportiva (basquete e futebol); ginásio poliesportivo; circuito de cooper e caminhadas; serviço de bicicletas; redário; um campo de golfe de 9 mil m²; além da agradável área das piscinas e deck, que conta com uma piscina descoberta, com 12,5m x 25,10m; uma piscina para jogos, com 1,40 m de profundidade e uma piscina exclusivamente infantil. Ademais, o hotel ainda conta com sala de snooker, com duas mesas profissionais; sala de carteado, com quatro mesas redondas e 16 cadeiras estofadas; e sala de TV, com home theater, para sessões diárias de filmes.

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Sala com home theater para sessões de filmes diárias. Imagem: Erik Araújo

Sala com home theater para sessões de filmes diárias. Imagem: Erik Araújo

Fitness Center. Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Fitness Center. Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

> Entretenimento

Além de contar com uma grande estrutura de lazer, o Grande Hotel São Pedro ainda oferece várias atividades voltadas ao entretenimento de seus hóspedes. Durante toda a semana, uma vasta programação acontece no hotel, incluindo oficinas diversas, como de orquídeas e de preparação de caipirinha especiais; degustação de vinhos; caminhadas; aulas de introdução ao golfe; hidroginástica na piscina, dentre outras atividades.

Workshop de caipirinhas especiais. Imagem: Erik Araújo

Workshop de caipirinhas especiais. Imagem: Erik Araújo

Workshop de caipirinhas especiais. Imagem: Erik Araújo

Workshop de caipirinhas especiais com o Eliel. Imagem: Erik Araújo

Workshop de caipirinhas especiais. Imagem: Erik Araújo

Workshop de caipirinhas especiais. Imagem: Erik Araújo

Workshop de caipirinhas especiais. Imagem: Erik Araújo

Workshop de caipirinhas especiais. Imagem: Erik Araújo

Durante a nossa visita, por exemplo, Erik e eu participamos de um animado (e didático) workshop de caipirinha, ministrado por um dos alunos do Centro Universitário. Durante o workshop comandado por Eliel, os hóspedes receberam uma pastinha para anotar a ficha técnica e o modo de preparo das caipirinhas especiais. O ponto alto da experiência foi ver a participação de vários hóspedes no preparo das bebidas e constatar que a programação é consistente. As atividades não são elaboradas apenas para preencher o tempo, mas sim de acordo com a filosofia do SENAC, que valoriza experiências que envolvam algum tipo de aprendizagem.

Workshop de caipirinhas especiais. Imagem: Erik Araújo

Workshop de caipirinhas especiais. Imagem: Erik Araújo

Workshop de caipirinhas especiais. Imagem: Erik Araújo

Workshop de caipirinhas especiais. Imagem: Erik Araújo

Workshop de caipirinhas especiais. Imagem: Erik Araújo

Workshop de caipirinhas especiais. Imagem: Erik Araújo

Workshop de caipirinhas especiais. Imagem: Erik Araújo

Workshop de caipirinhas especiais. Imagem: Erik Araújo

Jana também entrou na dança das caipirinhas. Imagem: Erik Araújo

Jana também entrou na dança das caipirinhas. Imagem: Erik Araújo

Jana preparando uma caipirinha de manga com tabasco. Imagem: Erik Araújo

Jana preparando uma caipirinha de manga com tabasco. Imagem: Erik Araújo

Jana preparando uma caipirinha de manga com tabasco. Imagem: Erik Araújo

Jana preparando uma caipirinha de manga com tabasco. Imagem: Erik Araújo

Jana preparando uma caipirinha de manga com tabasco. Imagem: Erik Araújo

Jana preparando uma caipirinha de manga com tabasco. Imagem: Erik Araújo

Jana preparando uma caipirinha de manga com tabasco. Imagem: Erik Araújo

Jana preparando uma caipirinha de manga com tabasco. Imagem: Erik Araújo

Além dos workshops e das diversas atividades oferecidas em sua programação diária de entretenimento – voltados tanto para adultos quanto para crianças –, o Grande Hotel São Pedro ainda conta com apresentações musicais em vários momentos do dia. Quando chegamos ao hotel, por exemplo, um grupo de músicos embalava o delicioso café da tarde oferecido pelo empreendimento aos seus hóspedes. Ao contrário de muitos hotéis, que aproveitam o excedente do café da manhã para oferecer um lanchinho à tarde para os hóspedes, o Grande Hotel prepara uma farta mesa com itens fresquinhos, já que a gastronomia é um dos grandes diferenciais desse resort localizado no interior paulista.

Músicos embalando os hóspedes do Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

Músicos embalando os hóspedes do Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

Músicos embalando os hóspedes do Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

Músicos embalando os hóspedes do Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

Músicos embalando os hóspedes do Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

Músicos embalando os hóspedes do Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

Café da tarde. Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

Café da tarde. Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

Café da tarde. Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

Café da tarde. Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

Café da tarde. Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

Café da tarde. Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

Café da tarde. Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

Café da tarde. Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

Café da tarde. Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

Café da tarde. Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

  • Gastronomia

>> Restaurante Grande Hotel

Como venho pontuando ao longo do post, um dos principais destaques do Grande Hotel São Pedro – além da vasta estrutura de lazer e o conforto de suas acomodações – é a sua gastronomia. Já visitamos vários resorts no interior paulista e, sem dúvidas, o Grande Hotel se destaca quando o assunto é alimentação.

Reunindo ao todo três restaurantes – o Grande Hotel (buffet), o Engenho das Águas (a La Carte) e um restaurante infantil –; dois bares, um lounge e uma adega, o empreendimento funciona no sistema de pensão completa, com bebidas cobradas à parte. As refeições principais inclusas na pensão completa – café da manhã, almoço e jantar –, são servidas diariamente no Restaurante Grande Hotel, com serviço de buffet, incluindo saladas, pratos frios e entradinhas, pratos quentes, uma estação de preparações feitas na hora e uma grande variedade de sobremesas.

Jegueton visitando o Restaurante Grande Hotel. Imagem: Erik Araújo

Jegueton visitando o Restaurante Grande Hotel. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Comumente, quando pensamos em serviço de buffet, não esperamos preparações profundamente saborosas e especiais. A palavra buffet geralmente encerra a sentença “pratos preparados em grande escala”, o que afeta, invariavelmente, o sabor do que é servido. Ao contrário do que geralmente temos visto, nos deparamos com um buffet cuidadoso, que prima não só pela apresentação impecável de seus pratos, mas principalmente pela qualidade do que é servido. Tanto no café da manhã, quanto nas demais refeições, a variedade dos itens é o grande destaque. No desjejum, vários tipos de pães, bolos, frios, frutas, sucos, iogurtes e cereais já ajudam o hóspede a começar bem o dia. No almoço e no jantar, saladas fresquinhas, entradinhas do tipo finger food, pratos quentes variados e um buffet irretocável de sobremesas superam, inclusive, a qualidade de muitos restaurantes a La Carte que visitei – o que quebrou definitivamente o mito de que comida de buffet jamais pode ser bem feita e primorosa.

Buffet de sobremesas do restaurante Grande Hotel. Imagem: Erik Araújo

Buffet de sobremesas do restaurante Grande Hotel. Imagem: Erik Araújo

Buffet de sobremesas do restaurante Grande Hotel. Imagem: Erik Araújo

Buffet de sobremesas do restaurante Grande Hotel. Imagem: Erik Araújo

Buffet de sobremesas do restaurante Grande Hotel. Imagem: Erik Araújo

Buffet de sobremesas do restaurante Grande Hotel. Imagem: Erik Araújo

Buffet de sobremesas do restaurante Grande Hotel. Imagem: Erik Araújo

Buffet de sobremesas do restaurante Grande Hotel. Imagem: Erik Araújo

Buffet de sobremesas do restaurante Grande Hotel. Imagem: Erik Araújo

Buffet de sobremesas do restaurante Grande Hotel. Imagem: Erik Araújo

Buffet de sobremesas do restaurante Grande Hotel. Imagem: Erik Araújo

Buffet de sobremesas do restaurante Grande Hotel. Imagem: Erik Araújo

Buffet de sobremesas do restaurante Grande Hotel. Imagem: Erik Araújo

Buffet de sobremesas do restaurante Grande Hotel. Imagem: Erik Araújo

>> Engenho das Águas

Menina dos olhos do Grande Hotel São Pedro, o Engenho das Águas é o restaurante a La Carte e de alta gastronomia do empreendimento, estrelado por oito anos consecutivos no Guia 4 Rodas. Se o buffet do hotel já nos surpreendeu, como descrever então o menu degustação de cinco pratos do Engenho?

Aberto às sextas-feiras e aos sábados a partir das 20:30 horas, o Engenho das Águas é comandado pelo Chef Jorge Da Hora, um baiano (e conterrâneo) divertidíssimo que fez da gastronomia não apenas o seu trabalho, mas a grande paixão de sua vida. Especializado em gastronomia brasileira, Jorge tem pesquisado sabores de várias partes do país e levado as influências das regiões por onde passou para a mesa do Grande Hotel São Pedro. As influências ficam bem marcadas nos menus de cinco e sete pratos do Engenho das Águas, cujo ponto alto é o guisado de bode (delicioso!), que Jorge intitulou de “Cabra Safado”!

Restaurante Engenho das Águas. Imagem: Erik Araújo

Restaurante Engenho das Águas. Imagem: Erik Araújo

Restaurante Engenho das Águas. Imagem: Erik Araújo

Restaurante Engenho das Águas. Imagem: Erik Araújo

Queijo coalho. Imagem: Erik Araújo

Queijo coalho. Imagem: Erik Araújo

Restaurante Engenho das Águas. Imagem: Erik Araújo

Restaurante Engenho das Águas. Imagem: Erik Araújo

Alho ao molho de cerveja preta. Imagem: Erik Araújo

Alho ao molho de cerveja preta. Imagem: Erik Araújo

Se for jantar no Engenho das Águas (experiência que recomendo), certifique-se de não comer demais ao longo do dia, principalmente se escolher o menu degustação de cinco ou sete pratos! Antes dos pratos serem servidos, uma grande variedade de couverts chega à mesa, incluindo pãezinhos especiais, manteigas aromatizadas, alho ao molho de cerveja preta, coalhada seca, caldinho de feijão e outras gostosuras.

No jantar, Erik e eu escolhemos o menu de 5 Tempos, que incluíam as seguintes preparações assinadas pelo Chef Jorge Da Hora: Belém do Pará (um Crème brûlée de pirarucu com chips de mandioquinha, que estava simplesmente fantástico); Praia da Canoa Quebrada (cauda de lagosta com legumes assados com flor de sal); Sofioli Pernambucano (massa recheada com batata doce); Cabra Safado (guisado de bode com massapê de mandioca) e, por fim, o Tabuleiro do Engenho das Águas (com quindim, arroz doce, sorvete de tapioca, manjar de coco com calda de ameixa e torta de Castanha do Pará). Se você quiser conhecer profundamente a qualidade da cozinha do Grande Hotel, deve escolher jantar no Engenho em um dos dias em que o restaurante encontra-se aberto. Vale vivenciar essa experiência gastronômica!

Coalhada. Imagem: Erik Araújo

Coalhada. Imagem: Erik Araújo

Belém do Pará. Primeiro prato do menu degustação 5 Tempos. Imagem: Erik Araújo

Belém do Pará. Primeiro prato do menu degustação 5 Tempos. Imagem: Erik Araújo

Praia da Canoa Quebrada. Imagem: Erik Araújo

Praia da Canoa Quebrada. Imagem: Erik Araújo

Cabra safado. Imagem: Erik Araújo

Cabra safado. Imagem: Erik Araújo

Tabuleiro do Engenho das Águas. Imagem: Erik Araújo

Tabuleiro do Engenho das Águas. Imagem: Erik Araújo

>> Adega

Para acompanhar pratos saborosos, um bom vinho sempre é uma boa pedida. Para atender à expectativa dos seus visitantes, o Grande Hotel São Pedro mantém uma adega cuidadosamente abastecida por rótulos de várias partes do mundo de tintos, brancos, espumantes, champagnes e outras bebidas, selecionados pelo Sommelier do resort, que ainda instrui os iniciantes na escolha das melhores opções a serem harmonizadas em suas refeições. Inaugurada em 2007, a Adega Grande Hotel comporta até 1.924 garrafas, climatizadas a 14,5 º C, e encontra-se localizada no lobby do resort.

Adega do Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Adega do Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Adega do Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Adega do Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

>> Bares e lounge

Além de três restaurantes (incluindo um infantil) e uma adega, o Grande Hotel São Pedro ainda conta com dois bares e um lounge (o Figueira da Piscina).

No Bar do Hotel, são servidas bebidas de diversos tipos – desde sucos, cafés, chás, coquetéis e vinhos – e também porções, lanches e aperitivos para acompanhar. O Bar do Golfe, localizado próximo ao campo, dá suporte aos entusiastas e praticantes do esporte que queiram se refrescar entre umas tacadas e outras. Já a Figueira da Piscina, onde tivemos o workshop de caipirinhas especiais, é um lounge integrado à piscina, à sombra de uma maravilhosa figueira, que oferece um cardápio variado, com preparações no forno à lenha e deliciosos risotos.

Drinks no bar. Imagem: Erik Araújo

Drinks no bar. Imagem: Erik Araújo

  • Acomodações

Depois de tantas atividades ao longo do dia e de tanta comilança (!!!), o hóspede, certamente, só deseja descansar e não há nada melhor do que ter um quarto confortável à disposição para embalar uma boa noite de sono.

Reunindo ao todo 117 acomodações, divididas em três categorias principais (apartamentos, suítes e vilas – ideais para casais em lua de mel e que estejam à procura de mais privacidade e conforto –), o Grande Hotel São Pedro também mantém a excelência nesse quesito. Os quartos são amplos, confortáveis, bem limpos e iluminados e encontram-se equipados com ar condicionado, TV de tela plana e amenidades de banho – alguns deles têm vista para o jardim, área de estar e banheira de hidromassagem, como é o caso das vilas. Para conhecer mais detalhadamente cada tipo de acomodação, acesse http://www.grandehotelsenac.com.br/Acomodacao.aspx?HotelId=1&idSecao=7

Acomodação onde ficamos hospedados. Imagem: Erik Araújo

Acomodação onde ficamos hospedados. Imagem: Erik Araújo

Acomodação onde ficamos hospedados. Imagem: Erik Araújo

Acomodação onde ficamos hospedados. Imagem: Erik Araújo

Acomodação onde ficamos hospedados. Imagem: Erik Araújo

Acomodação onde ficamos hospedados. Imagem: Erik Araújo

Banheiro do nosso quarto. Imagem: Erik Araújo

Banheiro do nosso quarto. Imagem: Erik Araújo

Os grandes destaques do Grande Hotel São Pedro em termos de acomodações ficam, definitivamente, por conta das Vilas (a Vila do Golfe e a Vila do Golfe Master), que se encontram cercadas por jardins e à parte do edifício principal. São acomodações mais luxuosas, amplas e sofisticadas, indicadas principalmente para casais que estejam em lua de mel ou casais que queiram comemorar alguma ocasião especial com o máximo de privacidade.

“As vilas são compostas por três ambientes de decoração diferenciada, em estilo rústico chique: uma antessala exclusiva, um quarto amplo e área de relaxamento. A infraestrutura conta com cama king size, ar-condicionado, minibar, dois televisores, aparelho de DVD, sistema de som integrado de última geração, miniadega, ofurô, mesa de jantar para quatro pessoas, lavabo, sofá e poltronas. Possui também banheira de hidromassagem e serviço de mordomos. Sua localização privilegiada dá o toque de exclusividade ao hóspede da Vila do Golfe”. (Descritivo sobre a Vila do Golfe, extraído do site do Grande Hotel São Pedro)

Vila do Golfe. Imagem: Erik Araújo

Vila do Golfe. Imagem: Erik Araújo

Vila do Golfe. Imagem: Erik Araújo

Vila do Golfe. Imagem: Erik Araújo

Vila do Golfe. Imagem: Erik Araújo

Vila do Golfe. Imagem: Erik Araújo

Vila do Golfe. Imagem: Erik Araújo

Vila do Golfe. Imagem: Erik Araújo

Vila do Golfe. Imagem: Erik Araújo

Vila do Golfe. Imagem: Erik Araújo

Vila do Golfe. Imagem: Erik Araújo

Vila do Golfe. Imagem: Erik Araújo

  • Viajando com filhos

No fim de semana em que fomos convidados a conhecer o Grande Hotel São Pedro, um casal de amigos nossos também foi conferir o que o resort oferece: o Márcio e a Karine, do blog A Janela Laranja. Há algum tempo, o Márcio vem desenvolvendo um trabalho interessante de mapear resorts no Brasil ideais para quem viaja com crianças (o casal tem duas meninas lindas, a Vitória e a Giovana, que sempre acompanham o blogueiro em suas viagens). Como ele viaja com filhos (ou melhor, com as filhas), a perspectiva em relação ao hotel contempla outros aspectos, que nós, que não somos pais, não dedicamos muita atenção. Por isso, se vocês são papais e mamães, sugiro ler o post do blogueiro sobre a visita ao hotel. Leia aqui: http://www.ajanelalaranja.com/2014/02/grande-hotel-sao-pedro-com-crianca.html

Márcio, do A Janela Laranja, com a filhota Giovana. Imagem: Erik Araújo

Márcio, do A Janela Laranja, com a filhota Giovana. Imagem: Erik Araújo

Giovana e Karine, do A Janela Laranja. Imagem: Erik Araújo

Giovana e Karine, do A Janela Laranja. Imagem: Erik Araújo

O Grande Hotel São Pedro possui uma estrutura interessante para quem viaja com crianças, como copa do bebê, que oferece um cardápio (não incluso na diária) com sopinha (legumes com carne e mandioquinha), vitamina de frutas com leite, vitamina de frutas com iogurte, papinha de diversos sabores, mingau de aveia e suco natural de frutas, entre outras opções; opção de hospedagem em quartos conjugados, para dar maior conforto para os pais e para as crianças; clubinho, com uma animada equipe de monitores; além de piscina exclusivamente infantil e parquinho com brinquedos localizado no bosque. Os pequenos têm atividades até às 22 horas e a energia é praticamente infinita! Dos pequenos e dos monitores! =D

Parquinho. Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Parquinho. Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Parquinho. Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Parquinho. Grande Hotel São Pedro. Águas de São Pedro, São Paulo. Imagem: Erik Araújo

  • Impressões gerais sobre o Grande Hotel São Pedro

Além de Águas de São Pedro ser uma cidadezinha charmosa e convidativa – o que já renderia um bom motivo para viajar e conhecer o destino –, o Grande Hotel São Pedro surpreende, verdadeiramente, quem procura um bom lugar para descansar, seja a dois ou ao lado da família.

O hotel conta com uma boa estrutura de lazer; acomodações confortáveis e bem equipadas; um grande número de atividades voltadas ao entretenimento (seja para adultos ou para crianças); mas o seu grande destaque, certamente, se encontra na gastronomia. Seja o serviço de buffet ou o restaurante a La Carte, as preparações são cuidadosas, saborosas e agradam.

O hotel é indicado para viagens em família (incluindo crianças), a dois e abriga muito bem também eventos corporativos.

Carpas. Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

Carpas. Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

Carpas. Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

Carpas. Grande Hotel São Pedro. Imagem: Erik Araújo

  • Outras informações

Localização: Parque Dr. Otávio de Moura Andrade, s/n – CEP 13525-000 – Águas de São Pedro – SP – Brasil.

Tel.: +55 (19) 3482-7600.

Você pode reservar este hotel diretamente pelo Booking!

Central de Reservas: 0800 7700 790.

Site oficial: http://www.grandehotelsenac.com.br/

  • Agradecimentos:

Agradecemos ao Grande Hotel São Pedro pelo convite para conhecer suas instalações e a Mariana Belloti, da In Press, pela confiança em nosso trabalho.

Siga o Jeguiando nas redes sociais:

 

 

 

 

 

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

4 Comentários

  1. Valéria Nascimento disse:

    Que hotel lindo! Quanto custa uma diária? Quanto deve ser para passar um fim de semana por lá?

    Abs, Val.

  2. Leo Machado disse:

    Wow… Que hotel eim!!!!

    Além de lindo parece ter um preço legal.


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: