Cadillac Burger, a lanchonete do Tatá LowRider

Em Dezembro de 2013, fomos conferir mais uma edição de “O Mercado”, uma feira gastronômica idealizada pelos chefs Checho Gonzales (Cebicheria Gonzales) e Henrique Fogaça (Sal Gastronomia e Cão Véio) e pela produtora cultural Lira Yuri, cuja primeira edição aconteceu em abril de 2012. O evento, que visava reunir vários chefs que atuam na capital paulista e servir comida de alta qualidade a preços justos, se tornou não só uma oportunidade interessante de reunir foodies e amantes de gastronomia em geral, como também palco de um importante movimento para a cidade: o de regularização da comida de rua em São Paulo – principalmente no que concerne à implantação dos food trucks (carros de comida) nas ruas como restaurantes alternativos à população.

Durante as edições de “O Mercado”, um abaixo-assinado pedindo a regularização dos food trucks e da comida de rua rolava entre as barraquinhas de comida e recolhia assinaturas dos visitantes – o documento, mais tarde, foi enviado à prefeitura de São Paulo. Depois de muita mobilização e campanha nas redes sociais, o pedido de regularização foi finalmente aprovado – um avanço importante para a cidade, que agora contará não só com mais opções gastronômicas durante o dia, como também com uma maior fiscalização em relação à qualidade do que está sendo servido ao consumidor.

Chef e DJ Arturo Herrera e Tatá, mostrando fotos de sua última viagem. Imagem: Erik Araújo

Chef e DJ Arturo Herrera e Tatá (mostrando fotos de sua última viagem). Imagem: Erik Araújo

Bom, mas o post de hoje não é sobre “O Mercado”, nem sobre a regularização da comida de rua apenas. Essa introdução foi necessária para definir o contexto onde conheci, através do Chef e DJ Arturo Herrera – idealizador do La Buena Onda (Fast food TexMex) e do La Buena Station (Versão food truck do restaurante) –, o ícone brasileiro do movimento lowrider: José Américo Crippa Filho, mais conhecido nesse cenário como Tatá, e a sua ótima hamburgueria – o Cadillac Burger.

  • Cadillac Burger: a proposta da casa

Apaixonado pelas hamburguerias norte-americanas, Tatá criou o Cadillac Burger com a proposta de trazer ao Brasil o conceito de #HomeStyle Burger, ou seja, se você aprecia hambúrgueres pré-fabricados, preparados no óleo e na chapa, é melhor procurar um outro restaurante para matar a fome! No Cadillac, os sanduíches são preparados de forma artesanal, com a tradicional receita americana, assados em grill (o que deixa aquele sabor de brasa e fogo na carne) e servidos no ponto que o cliente deseja (isso sem antes um dos atendentes sinalizar qual o ponto mais aconselhado para cada tipo de hambúrguer).

O grill é o dono do sabor. Imagem: Erik Araújo

O grill é o dono do sabor. Imagem: Erik Araújo

"The Incredible Homemade BBQ Cheeseburger", decore esse nome! - Imagem: Erik Araújo

“The Incredible Homemade BBQ Cheeseburger”, decore esse nome! – Imagem: Erik Araújo

Além de se manter fiel à receita americana no preparo dos seus hambúrgueres, o Cadillac também mantém sua proposta no restante do cardápio da casa. Petit Gateau de sobremesa? Não, você não encontrará por lá! Mas o milkshake de coco da hamburgueria certamente deixará o sorvete e o bolinho esquecidos em sua memória – você nem lembrará que a combinação existe!

  • Cadillac Burger: a casa

Funcionando literalmente ao lado do lava-rápido do Tatá – de onde é possível, inclusive, vislumbrar algum carro clássico –, o Cadillac Burger tem temática americana e é totalmente decorado com itens originais ou inspirados na temática dos restaurantes americanos da década de 50. Entre utilitários, placas de vários estados norte-americanos, latas clássicas e brinquedos, a hamburgueria também divide espaço com influências marcadamente mexicanas, como a presença das Catrinas, as famosas caveirinhas que povoam o nosso imaginário quando pensamos no México.

Os bastidores do sabor. Imagem: Erik Araújo

Os bastidores do sabor. Imagem: Erik Araújo

Catrinas temáticas: Garçonete, Santa Morte e El Mariachi. Imagem: Erik Araújo

Catrinas temáticas: Garçonete, Santa Morte e El Mariachi. Imagem: Erik Araújo

  • O Cardápio

Com um menu conciso de hambúrgueres, mas que traz opções para vários paladares (dos amantes de queijos e molhos especiais aos amantes de pimenta), o cardápio do Cadillac é ótimo para os mais indecisos. Lá é fácil escolher o que se deseja – uma opção é realmente diferente da outra, seja em tamanho ou em combinação de ingredientes – e há espaço no menu também para os vegetarianos –  o que é um ponto positivo, já que a proposta é abraçar todos os amantes de hambúrgueres, inclusive os que não comem carne.

As porções. Imagem: Erik Araújo

As porções. Imagem: Erik Araújo

"The Incredible" pareado por fritas rústicas e Red Lemonade. Imagem: Erik Araújo

“The Incredible” pareado por fritas rústicas e Red Lemonade. Imagem: Erik Araújo

Entre os hambúrgueres que provamos, destaco “The Incredible Homemade BBQ Cheese Burger” (meu preferido e que ilustra a foto) e o “Old Fashioned burger”. Não deixe de pedir também como acompanhamento as batatas fritas rústicas ou as Chilli Fries (simplesmente fantásticas).

Para beber, a casa oferece uma seleção de bebidas típicas como a Red Lemonade – refrescante e ideal para acompanhar os pratos da casa –, refrigerantes, cervejas e os deliciosos milkshakes, preparados com sorvetes artesanais (sugiro, novamente, o de coco). Como sobremesa, aposte no clássico Cheesecake.

O Salão do Cadillac Burger. Imagem: Erik Araújo

O Salão do Cadillac Burger. Imagem: Erik Araújo

  • O Salão

Como já foi dito anteriormente, o ambiente do Cadillac Burger é todo decorado com temática da década de 50 e Tex Mex e possui rampa de acesso para cadeirantes – embora o espaço interno seja restrito para livre circulação.

Se fui bom observador, a casa comporta até 40 pessoas simultaneamente o que a torna realmente concorrida em horários nobres, mas tem giro rápido – já que o atendimento é eficiente e cordial. Embora eu odeie a ideia de filas, recomendo não desistir de entrar mesmo que haja algum tempo de espera. A comida vale a pena; o ambiente é vibrante e a equipe é atenciosa. Sem dúvidas, você terá momentos bons por lá!

O cantinho do salão. Imagem: Erik Araújo

O cantinho do salão. Imagem: Erik Araújo

Prova de que o calor do grill não tira o bom humor :-). Imagem: Erik Araújo

Prova de que o calor do grill não tira o bom humor :-). Imagem: Erik Araújo

Simpatia no salão. Imagem: Erik Araújo

Jessikinha, a simpatia solta no salão. Imagem: Erik Araújo

  • Outras informações sobre o Cadillac Burger:

Localização: Rua Juventus, 296 – Mooca, 03124-020 São Paulo, SP

Tel.: 11-2273-8074 / 11-2069-9982.

Fanpage: https://www.facebook.com/CadillacBurgerHamburgueria

Site: http://www.cadillacburger.com

Horário de Funcionamento: Terça a Domingo (consulte horários no site da casa).

Mais um indo para o estômago. Imagem: Erik Araújo

Mais um indo para o estômago. Imagem: Erik Araújo

Lowrider com rodas raiadas. Imagem: Erik Araújo

Lowrider com rodas raiadas. Imagem: Erik Araújo

Siga o Jeguiando nas redes sociais:

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

3 Comentários

  1. Edinho Orgulho CK disse:

    Os lanches são bom mais louco é ver os carros da hora no lava rápido.

  2. […] Domingo 13 de Abril, 2014, ocorreu a segunda edição Especial LowRider ao lado da hamburgueria Cadillac Burger, do empresário e referência do movimento Low Rider no Brasil, Tatá […]


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: