Destino que um dia encantou a atriz francesa Brigitte Bardot atravessa o tempo encantando novas gerações – falo de Búzios, balneário localizado no estado do Rio de Janeiro e que, por sua atmosfera vibrante e belas paisagens naturais, ganhou a alcunha de St Tropez brasileira, atraindo, todos os anos, visitantes de várias partes do mundo e do país interessados em descobrir que encantos são esses que a cidade reserva a ponto de ter sido imortalizada na biografia de um dos ícones da beleza do cinema francês.

Com uma baía banhada por águas de vários tons de verde; encostas pontuadas por vegetação e cantinhos aconchegantes; praias de diversos perfis – ideais para praticar surf, para receber famílias ou para relaxar –; e contando com o clima fervilhante da Rua das Pedras à noite, Búzios é um destino para quem quer relaxar, mas tendo sempre a opção de cair na balada.

Depois de imortalizada por Bardot, a vila de pescadores foi ganhando a estrutura de um destino litorâneo badalado, com a chegada de bons restaurantes, bares e lojas de grife famosas, mas sempre mantendo o clima de tranquilidade que lhe é tão característico. Bons restaurantes, inclusive, continuam chegando à região, o que mostra que o destino continua atraente, mesmo tendo passado mais de quatro décadas depois da primeira visita de Brigitte Bardot. Na ocasião de nossa visita a  Búzios, tivemos a oportunidade de conhecer mais um bom restaurante que passa a compôr o vasto leque opcional da cidade: o restaurante japonês Moshi Moshi, localizado no Blue Tree Park Resort.

  • Restaurante Moshi Moshi – Jantar performático em Búzios
Fachada do Moshi Moshi. Imagem: Erik Araujo

Fachada do Moshi Moshi. Imagem: Erik Araújo

Poucas opções combinam tão bem com o clima litorâneo quanto as oferecidas pela gastronomia japonesa. Pensando nisso, o Blue Tree Park Resort resolveu abrir o restaurante Moshi Moshi em sua propriedade, para oferecer uma opção leve e sofisticada aos seus hóspedes e ao público externo. O restaurante é uma opção principalmente para os hóspedes do complexo, quando estes desejarem variar os menus, sem ter que se deslocar até o centro da cidade. Nada mais conveniente do que um restaurante de excelente qualidade, ambiente encantador e dentro da infraestrutura do hotel onde você já está hospedado. No entanto, como foi dito anteriormente, o restaurante passou a ser uma opção na região para o público externo, que deseja jantar em um bom restaurante de culinária japonesa.

Conveniências à parte, o Moshi Moshi agrada principalmente pela experiência oferecida àqueles que desejam assistir e aproveitar um jantar show preparado com maestria pela equipe que comanda a operação da casa. Sua culinária é realmente notável e, mais que isso, memorável. A experiência gastronômica da noite em que visitamos o local foi comandada pelo Chef Sérgio, um jovem ludovicense cheio de talento e que se dedica a trazer a gastronomia japonesa aos hóspedes do Blue Tree Park Resort de Búzios. Mais do que um jantar, o cliente pode se preparar para assistir a um verdadeiro show gastronômico e ainda sair com aquela típica satisfação que acompanha os fãs da “boa mesa” após uma excelente refeição.

  • O jantar perfomático: uma experiência sensorial
O ludovicense Chef Sérgio. Imagem: Erik Araujo

O ludovicense Chef Sérgio. Imagem: Erik Araújo

As preparações da noite foram realizadas na chapa (teppan), em frente aos convidados, o que definitivamente garantiu um show para os sentidos. A visão foi agraciada com toda a pirotecnia e a beleza do fogo; a audição foi aguçada pelos sons das espátulas contra a chapa, assim como o estalar dos alimentos crepitando sobre o fogo; e, finalmente, nosso olfato foi atingido em cheio pelos sutis aromas que emanavam durante o impecável trabalho do chef Sérgio.

Jegueton demonstrando habilidades no ohashi. Imagem: Erik Araujo

Jegueton demonstrando habilidades no ohashi. Imagem: Erik Araújo

  • O ambiente

Para quem acredita que um espaço aconchegante e cuidadosamente decorado é parte de uma experiência gastronômica, pois também afeta positivamente os sentidos, o Moshi Moshi agrada aos olhos. Com capacidade para acomodar até 28 clientes, distribuídos entre os 4 teppans do salão – recebendo até sete clientes por bancada –, o restaurante é decorado com referências orientais, tanto em seus elementos decorativos, quanto em relação às cores e à presença de madeira nos ambientes.

Salão do Restaurante Moshi Moshi. Imagem: Erik Araujo

Salão do Restaurante Moshi Moshi. Imagem: Erik Araújo

Disposição das chapas. Imagem: Erik Araujo

Disposição das chapas. Imagem: Erik Araújo

A disposição das bancadas em volta dos teppans estimula tanto a conversa entre os participantes do jantar, como também valoriza o preparo do alimento a ser servido. Essa é justamente a proposta desse tipo de estabelecimento: proporcionar ao cliente a experiência de visualizar e participar como espectador da preparação de seu prato.

Por tratar-se de um restaurante onde as preparações são confeccionadas em meio ao salão, o espaço é muito bem preparado para tal, pois, sobre cada estação de cozimento, há exaustores que facilmente darão conta do recado, o que na prática significa que a probabilidade de você sair do restaurante defumado é mínima. 🙂 Alegria garantida aos clientes mais vaidosos e perfumados!

Decoração do Restaurante Moshi Moshi. Imagem: Erik Araujo

Sim, vinho acompanha a gastronomia japonesa – Restaurante Moshi Moshi. Imagem: Erik Araújo

Para visualizar a dinâmica do restaurante, assista a um dos nossos vídeos curtos:

  • O Jantar Show

Nada mais íntimo e pessoal do que estar frente a frente com o Chef responsável pela preparação dos pratos que depois você irá consumir. A experiência de participar de um Jantar Show traz consigo toda a responsabilidade de mostrar ao cliente que não há mágica em transformar ingredientes em pratos. Nesse processo de alquimia, vale a experiência do Chef em estimar os tempos de cozimento de cada um dos ingredientes, que demandam temperaturas diferentes e pontos distintos de cocção para serem finalmente servidos.

Como citei, o chef responsável pela nossa bancada foi o talentoso ludovicense Sérgio, que, em nossa chegada, nos informou que o cardápio da noite seria composto por risoto oriental – o Yakimeshi –, acompanhado de camarões, vegetais grelhados e com opções de salmão ou filét mignon.

Escolhidas as opções entre os participantes, o show teve seu início. Em uma breve demonstração de habilidades de malabares, as espátulas pareciam atender aos pensamentos do Chef, como se suas mãos fossem magnéticas.

Ingredientes na chapa. Imagem: Erik Araujo

Ingredientes na chapa. Imagem: Erik Araújo

Estrelas do show em aquecimento. Imagem: Erik Araujo

Estrelas do show em aquecimento. Imagem: Erik Araújo

Os ingredientes foram sendo enfileirados por ordem de preparo na chapa, como em um ballet. Em um passe de mágica e depois de alguns movimentos, arroz, ovos e todos os demais ingredientes foram se alinhando de maneira a formar um esboço do prato pronto, nos saudando com a imagem de um coração sobre o teppan. Depois disso, estava pronto o nosso Yakimeshi, que apenas aguardava para ser fracionado em cada uma das porções individuais.

Um coração para os olhos. Imagem: Erik Araujo

Um coração para os olhos. Imagem: Erik Araújo

Chamas hipnóticas e aromas irresistíveis. Imagem: Erik Araujo

Chamas hipnóticas e aromas irresistíveis. Imagem: Erik Araújo

A parte bonita do show ficou por conta da preparação das carnes e legumes, com línguas de fogo pairando sobre a chapa. As labaredas com suas emanações e luzes atraíam a atenção de todos, como uma hipnose coletiva. O cheiro dos ingredientes flambados simplesmente deixou o nosso grupo ansioso pelo momento mais esperado do jantar: a hora de COMER! 😀

Ao final do show, todos os presentes se entregaram ao momento mais esperado da noite. Durante o jantar propriamente dito, tivemos a oportunidade de confirmar o que todos os nossos sentidos já haviam adiantado. Tornei-me fã do trabalho realizado pelo jovem Chef Sérgio, que decidiu deixar sua cidade no Maranhão e veio para a região sudeste em busca de oportunidades de aperfeiçoamento de seu ofício!

Deixo o meu obrigado ao Chef pelo show e pela deliciosa refeição oferecida. Saiba que seus esforços surtiram efeito e nossa impressão sobre seu trabalho e o restaurante foram extremamente positivas!

  • Moshi Moshi, uma opção saborosa de gastronomia japonesa em Búzios

Para quem estiver planejando passar as férias ou fins de semana em Búzios, o Moshi Moshi, localizado no Blue Tree Park Resort é uma opção interessante, leve e saborosa para o jantar. Como o local tem capacidade apenas para acomodar apenas 28 clientes por vez, é recomendável ligar antecipadamente para checar se não há necessidade de reservas.

Itadakimasu. Imagem: Erik Araujo

Itadakimasu. Imagem: Erik Araújo

A cereja do bolo :-). Imagem: Erik Araújo

A cereja do bolo :-). Imagem: Erik Araújo

  • Outras informações sobre o Restaurante Moshi Moshi (no Blue Tree Park Búzios):

– Localização: Av. Tucuns, s/n, Praia de Tucuns – Armação de Búzios – RJ.

– Tel.: (22) 2633-6700.

– Site oficialhttp://www.bluetree.com.br/hotel/blue-tree-park-buzios/

  •  Agradecimentos

A trupe (parcialmente) viajou para Armação de Búzios a convite da Blue Tree; Communica Brasil e TAM.

Conheça nossa Fanpage!

Siga a nossa trupe no Twitter

 

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

4 Comentários

  1. Godoy disse:

    Ótimo ambiente.. recomendo

  2. Olá amigos, gostei muito da dica, amo comida japonesa, estamos indo passar o meu niver em Buzios no final deste mês, certamente vou anotar a dica! Abraçosss


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: