A História oficial, escrita com H maiúsculo, guarda em si uma série de micro-histórias, que unidas compõem um quadro mais amplo da memória de um local, de um país ou até de um povo inteiro. Assim como é impossível fotografar uma paisagem por completo através de um ângulo apenas (desprezando os demais), a História jamais deveria ser lida através de um ponto de vista somente, mas de múltiplas perspectivas. No entanto, aprendemos a ler a história através de uma perspectiva em geral – a do lado privilegiado por alguma razão. As micro-histórias, então, são importantes para termos acesso a um passado escrito por diversos punhos, por diversas vozes e esta foi a experiência que vivi ao conhecer o Château Vaux Le Vicomte, durante minha viagem a Paris.


  • Château Vaux Le Vicomte, Paris, França – Conheça o castelo que inspirou o famoso Palácio de Versalhes
Château de Vaux Le Vicomte. Imagem: Béatrice L. Bibal

Château Vaux Le Vicomte. Imagem: Béatrice L. Bibal

Château de Vaux Le Vicomte. Imagem: Divulgação

Château Vaux Le Vicomte. Imagem: Divulgação Château Vaux Le Vicomte

Assim como a História deveria ser lida através dos relatos escritos por diversos punhos e não somente através de um, outro fato interessante sobre a história de pessoas e de locais é a grande teia de conexões que você começa a enxergar à medida que vasculha as informações sobre determinado personagem ou lugar, por exemplo. Se você está acompanhando nossas postagens sobre Paris, certamente leu o nosso review sobre o Hostel Le D’Artagnan, onde deixei um ganchinho para a postagem sobre o Château Vaux Le Vicomte. Mas o que o hostel tem haver com o suntuoso Château, além de ambos estarem localizados na França? Quem deu uma olhadinha no texto certamente leu também que o hostel foi batizado com o nome do famoso D’Artagnan, o quarto mosqueteiro que integrava a Guarda dos Mosqueteiros do Rei Luís XIV e uma espécie de braço direito do mesmo rei. D’Artagnan teve um papel extremamente importante na história do Château Vaux Le Vicomte, pois foi exatamente ele, a mando do Rei Luís XIV, o responsável pela prisão de Nicolas Fouquet – o dono do castelo que inspirou o suntuoso Palácio de Versalhes.

Château de Vaux Le Vicomte. Imagem: Divulgação

Château Vaux Le Vicomte. Imagem: Divulgação Château Vaux Le Vicomte

Château Vaux le Vicomte. Imagem: Divulgação

Château Vaux le Vicomte. Imagem: Divulgação Château Vaux Le Vicomte

A História não somente é composta por várias versões sobre o mesmo fato, como também é alimentada por diversas histórias de amor, inveja, vingança e traições. A história do Château Vaux Le Vicomte e do seu proprietário e idealizador – Nicolas Fouquet – é marcada, sobretudo, por grandes momentos de inveja e traição e por seus desdobramentos. A história do castelo tem seu início em 1641, um ano após a morte da esposa de Fouquet, que lhe deixa uma enorme foturna, empregada em parte na compra da propriedade onde o castelo, que causou a fúria e a inveja do Rei Luís XIV, foi construído.

Château de Vaux Le Vicomte (vista aérea). Imagem: Y. Arthus-Bertrand

Château Vaux Le Vicomte (vista aérea). Imagem: Y. Arthus-Bertrand

Coroa em homenagem ao Reis Luís XIV. Imagem: F.Jaumier1

Coroa em homenagem ao Reis Luís XIV. Imagem: F.Jaumier1

Nicolas Fouquet, em 1650, torna-se Procurador Geral no Parlamento de Paris e, apesar da pressão por parte dos demais parlamentares para que este se oponha ao Rei Luís XIV, ele se mantém fiel ao soberano. Paralelamente à sua carreira no Parlamento de Paris, Fouquet reúne três talentos para realizar seu ambicioso projeto: a construção do Château Vaux Le Vicomte, na propriedade adquirida após a morte de sua primeira esposa. O arquiteto Le Vau, o pintor e decorador Le Brun e o paisagista Le Nôtre então transformam a antiga propriedade em uma das pérolas da França, localizada próxima à Paris: um grandioso castelo rodeado de imensos jardins em estilo francês e que abrigava, em uma de suas fontes principais, a imagem de uma coroa em homenagem ao rei.

Journée Grand Siècle. Imagem: Cauvain

Journée Grand Siècle. Imagem: Cauvain

Journée Grand Siècle. Imagem: Cauvain

Journée Grand Siècle. Imagem: Cauvain

Finalmente em 1656, o Château Vaux Le Vicomte é finalmente inaugurado, causando a fúria de Luís XIV. Como um parlamentar poderia possuir uma propriedade mais suntuosa do que a do próprio rei?! Movido pela inveja, Luís XIV planeja decretar a prisão de Fouquet, alegando que este enriquecera de forma ilícita usando o seu cargo de Superintendente das Finanças (cargo que assume anos depois de sua entrada no parlamento). Convidado para uma grande festa no castelo, o rei pretende prender Fouquet ainda naquela noite, mas é impedido por sua mãe. No entanto, 15 dias mais tarde, ele é enviado para a prisão pelas mãos de D’Artagnan, quarto mosqueteiro e braço direito de Luís XIV. Depois de anos dedicados à construção do castelo, Fouquet nem sequer consegue aproveitar o conforto do palácio que, anos mais tarde, inspirou o Palácio de Versalhes e morre exilado em 1680.

  • Visitando o Château Vaux Le Vicomte:

– Já era Natal no Château Vaux Le Vicomte!

Já é Natal no Château de Vaux Le Vicomte, Paris, França. Imagem: Janaína Calaça

Já é Natal no Château Vaux Le Vicomte, França. Imagem: Janaína Calaça

Já é Natal no Château de Vaux Le Vicomte, Paris, França. Imagem: Janaína Calaça

Já é Natal no Château Vaux Le Vicomte, França. Imagem: Janaína Calaça

Chegamos no Château Vaux Le Vicomte exatamente um mês e dez dias antes do Natal, o que refletiu na grande quantidade de enfeites natalinos espalhados pelo grandioso castelo. À nossa espera, Jean-Charles de Vogüé, descendente de uma longa linhagem de nobres franceses pelo qual o castelo passou de geração em geração, acompanhava os preparativos para a grande festa que acontecerá em dezembro (se os Maias estiverem errados e o mundo não acabar!). Logo que adentramos o Château, uma equipe passava de um lado para o outro com os lindos enfeites natalinos, reunidos ao longo dos anos: milhares deles. Uma atmosfera onírica já se apoderava do castelo, que, em si, já nos remete a paisagens de sonhos.

Já é Natal no Château de Vaux Le Vicomte, Paris, França. Imagem: Janaína Calaça

Já é Natal no Château Vaux Le Vicomte, França. Imagem: Janaína Calaça

Já é Natal no Château de Vaux Le Vicomte, Paris, França. Imagem: Janaína Calaça

Já é Natal no Château Vaux Le Vicomte, França. Imagem: Janaína Calaça

– Palco de vidas, cenário de filmes

Eu, até então, nunca havia entrado em um castelo antes e sou daquelas que se emociona com as histórias que os lugares emanam. Enquanto caminhava pelos cômodos e observava a mobília que atravessou o tempo, os quadros e as pinturas no teto, pensava nas vidas que passaram por ali: famílias inteiras, crianças que cresceram por lá, correndo nos imensos jardins, sonhos que ganharam forma ou que se perderam também. Quantas histórias ficaram marcadas naquelas paredes? Histórias de personagens que realmente existiram e histórias de personsagens fictícios se confundem naqueles corredores suntuosos. Além de ter sido palco da vida de muitos nobres, o Château Vaux Le Vicomte também foi palco e cenário de vários filmes, como o Homem da Máscara de Ferro, Jean de La Fontaine, Valmont, Vatel, entre outros.

Château de Vaux Le Vicomte, Paris, França. Imagem: Janaína Calaça

Château Vaux Le Vicomte, França. Imagem: Janaína Calaça

Château Vaux Le Vicomte, França. Imagem: Janaína Calaça

– Tipos de visitas ao Château Vaux Le Vicomte

Dentre as múltiplas atividades direcionadas ao público, uma delas é a visita ao interior do castelo (que fizemos). Durante a visita, é possível ver algumas peças do mobiliário preservadas, visitar alguns quartos, a sala de jantar do piso principal, as cozinhas e a adega. Na sala de jantar do piso principal, uma projeção reconstrói o cotidiano dos nobres no tempo de Nicolas Fouquet, como as grandes festas, regadas a muitas bebidas, muita comida e dança.

Château de Vaux Le Vicomte. Paris, França. Imagem: Janaína Calaça

Château Vaux Le Vicomte, França. Imagem: Janaína Calaça

Château de Vaux Le Vicomte. Paris, França. Imagem: Janaína Calaça

Château Vaux Le Vicomte, França. Imagem: Janaína Calaça

Há dois tipos de visitas ao Château Vaux Le Vicomte oferecidas ao público: a visita simples e a visita completa. Na visita simples, você terá acesso às acomodações térreas, à exposição Nicolas Fouquet, ao porão, às cozinhas, a um modelo interativo do Jardim de Le Nôtre, além de uma visita ao jardim e ao museu de carruagens (com exemplares do século XVIII e XIX). Atualmente, as tarifas para esta visita são de 14 € (para inteira); 11 € (para reduzida – voltada para crianças entre 6 a 16 anos, maiores de 60 anos e deficientes fisicos) e 44 € (para a família – que corresponde a dois adultos e duas crianças). Na visita completa, você terá acesso às acomodações do primeiro andar, às acomodações térreas, à exposição Nicolas Fouquet, ao porão, às cozinhas, a um modelo interativo do Jardim de Le Nôtre, além de uma visita ao jardim e ao museu de carruagens. Atualmente, as tarifas para esta visita são de 16 € (para inteira); 13 € (para reduzida – voltada para crianças entre 6 a 16 anos, maiores de 60 anos e deficientes fisicos) e 52 € (para a família – que corresponde a dois adultos e duas crianças). Caso você não queira visitar o castelo, mas fazer o passeio pelo Jardim (disponível apenas nas manhãs), o roteiro envolve o modelo interativo do Jardim de Le Nôtre, a visita ao jardim francês e ao museu de carruagem e custa 8 €.

Château Vaux le Vicomte. Imagem: Janaína Calaça

Château Vaux le Vicomte. Imagem: Janaína Calaça

Château Vaux le Vicomte. Imagem: Janaína Calaça

Château Vaux le Vicomte. Imagem: Janaína Calaça

Para quem quer conhecer o castelo e ter acesso a informações importantes com independência, é possível alugar um áudio-guia por 2 € disponível em 7 línguas diferentes. Já a visita guiada custa 180 € para um grupo de até 30 pessoas no máximo. Aos que desejam um pouco mais de conforto para percorrer todo o jardim (acreditem, o jardim não é nada pequeno), é possível alugar um carrinho de golf por 15 € (que comporta 4 pessoas) para um passeio de 45 minutos (exige apenas carteira de motorista e um depósito de 200 € para o caso de ocorrer danos ao veículo).

Château Vaux le Vicomte. Imagem: Janaína Calaça

Château Vaux le Vicomte. Imagem: Janaína Calaça

Château Vaux le Vicomte. Imagem: Janaína Calaça

Château Vaux le Vicomte. Imagem: Janaína Calaça

  • Programação especial para quem viaja com crianças:

Para quem viaja com crianças, o Château Vaux Le Vicomte conta com uma programação especial para os pequenos. Além de atividades como caça aos Ovos de Páscoa, brincadeiras envolvendo charadas, caças ao tesouro, o castelo oferece ainda os passeios com traje, em que as crianças visitam o castelo vestidas com roupas de época, encarnando príncipes, princesas e até os mosqueteiros (a locação dos trajes custa 4 € e pode ser feita apenas nos finais de semana, em feriados e férias escolares).

Château Vaux le Vicomte. Imagem: Janaína Calaça

Château de Vaux Le Vicomte, Paris, França. Imagem: Janaína Calaça

Château Vaux Le Vicomte, França. Imagem: Janaína Calaça

  • Confira a programação durante o ano do Château Vaux le Vicomte:

Para se programar, anote em sua agenda:

De 17 março a 11 novembro, o Château abre das 10:00-18:00. Durante este período, a propriedade permanece aberta e só é fechada a partir de 12 novembro a 21 dezembro (exceto nos finais de semana de dezembro).

Château de Vaux Le Vicomte, Paris, França. Imagem: Janaína Calaça

Château Vaux Le Vicomte, França. Imagem: Janaína Calaça

Château de Vaux Le Vicomte, Paris, França. Imagem: Janaína Calaça

Château Vaux Le Vicomte, França. Imagem: Janaína Calaça

  • Noites à luz de velas:

Todos os sábados, a partir d do dia 5 maio até o dia 6 outubro, acontece (de 20 horas à meia-noite) a noite à luz de velas, um lindo espetáculo em que todo o castelo é iluminado por velas. Aos sábados, fogos de artifício disparados por volta das 22:30 completam o espetáculo!

Château Vaux Le Vicomte à luz de velas. Imagem: Milochau

Château Vaux Le Vicomte à luz de velas. Imagem: Milochau

Château Vaux Le Vicomte no Natal. Imagem: Milochau milochau

Château Vaux Le Vicomte no Natal. Imagem: Milochau

  • “Vaux le Vicomte celebra o Natal!”:

Se você é um apaixonado por Natal, como eu, certamente terá vontade de visitar o Château Vaux Le Vicomte todo decorado para os festejos natalinos (decorações e luzes no castelo e nos jardins fazem a alegria dos apaixonados por esta festa!). Abertura excepcional em 01 de dezembro, 2, 8, 9, 15 e 16. Em seguida, o castelo abre todos os dias a partir de 22 dezembro até 6 de janeiro a partir das 11:00 até as 18:00 horas e fica fechado no dia 25 de dezembro e no dia 01 de janeiro.

Château Vaux le Vicomte. Imagem: Janaína Calaça

Château Vaux le Vicomte. Imagem: Janaína Calaça

Château Vaux le Vicomte. Imagem: PMaurein

Château Vaux le Vicomte. Imagem: PMaurein

Se você se apaixonou pelo castelo só de ver as fotos, então, em uma visita a Paris, não dê apenas uma esticadinha ao Palácio de Versalhes, mas visite também a edificação que o inspirou – o Castelo Vaux Le Vicomte. O passeio é ideal para todas as idades e realmente vale a pena! 😉

Château Vaux Le Vicomte. Imagem: Janaína Calaça

Château Vaux Le Vicomte. Imagem: Janaína Calaça

Château Vaux Le Vicomte. Imagem: Janaína Calaça

Château Vaux Le Vicomte. Imagem: Janaína Calaça

Observações importantes: Por ser uma viagem internacional, é aconselhável fazer um seguro de viagem. Viajou para longe de casa, não deixe de fazer um seguro!

  • Outras informações:

– Endereço: Château Vaux le Vicomte, 77950, Maincy, França.

– Horário de funcionamento: Aberto diariamente de 17 março a 11 novembro, das 10 às 18:00 horas.  Aberto até as 23 horas durante as noites à luz de velas.

– Site oficial: http://www.vaux-le-vicomte.com/en/index.php

Observações: O Château Vaux Le Vicomte também recebe eventos corporativos e sociais.

Château Vaux Le Vicomte. Imagem: Janaína Calaça

Château Vaux Le Vicomte. Imagem: Janaína Calaça

Château Vaux Le Vicomte. Imagem: Janaína Calaça

Château Vaux Le Vicomte. Imagem: Janaína Calaça

Agradecimentos:

À Atout France pelo convite e por acreditar em nosso trabalho e a Jean-Charles de Vogüé por nos receber, guiar pelo castelo e por ceder algumas lindas fotos aéreas e panorâmicas para melhor ilustrar este post;

Aos amigos Pamela Fernandes e Thiago Khoury, pela companhia, pelos dias de riso, pelas boas histórias, por viverem comigo dias singulares e que guardarei na memória;

Ao Erik, meu amor, com quem voltarei à França um dia e que certamente fará fotos muito melhores do que as minhas. :)

Visite:

Site oficial da Atout France no Brasil: http://br.franceguide.com/

Fanpage da Atout France: https://www.facebook.com/TurismonaFranca ou https://www.facebook.com/RDV.en.France?ref=stream

Château Vaux Le Vicomte. Imagem: Janaína Calaça

Château Vaux Le Vicomte. Imagem: Janaína Calaça

Acompanhe o Jeguiando nas redes sociais!

Conheça nossa Fanpage!

http://www.facebook.com/Jeguiando

 

 

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

6 Comentários

  1. CarlaZ disse:

    Fiquei apaixonada! Já guardei na memória pra uma viagem a Paris encaixar esse castelo.
    Lindo!

    • Carla, este castelo é simplesmente fantástico e fantástica é também a história resguardada entre seus muros. Aos que conhecem o Palácio de Versalhes, é uma oportunidade de conhecer um outro lado da história, uma outra perspectiva talvez não tão divulgada como a da família real e de Luís XIV. Vale muito a visita!

      Um grande abraço,

      Jana.

  2. Ei Jana,

    Apaixonei pelas fotos! Que lugar maravilhoso! 🙂
    Já inclui no meu roteiro!

    Beijos,
    Lillian.

  3. Raul Bertelli disse:

    Que lugar lindo… Parece que com o passar dos anos desaprendemos a arte de construir… isso era construção com arte.

    Parabéns pelo blog.

  4. Perfeito…maravilhoso…inspirador!
    Amo esse Castelo!


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: