Localizado a 8 km de Tiradentes e com suas ruas de pedra e de terra, seus ateliês e oficinas de arte e suas casas antigas, muitas delas construídas com tijolos de adobe, Bichinho, em Minas Gerais, é grandioso em sua pequenez. Sua grandiosidade está na riqueza de sua arte e artesanato, produzidos, em grande maioria, pelos locais, que viram na habilidade das mãos e na criatividade um caminho para a subsistência. Poucos a conhecem pelo seu nome de batismo – Vitoriano Veloso. Distrito de Prados, desde 1938, o pequeno povoado ganhou um apelido manhoso – Bichinho – e é assim que todos o conhecem.

  • Bichinho, Minas Gerais – Um pouco de sua história
Bem vindo a Bichinho, MG. Imagem: Erik Pzado

Bem vindo a Bichinho, MG. Imagem: Erik Pzado

Bichinho, Minas Gerais. Imagem: Erik Pzado

Bichinho, Minas Gerais. Imagem: Erik Pzado

Durante a febre do ouro, no século XVIII, em que muitos migraram para o território que corresponde a Minas Gerais em busca de riqueza, muitos povoados se formaram. Bichinho foi um deles. Seu nome de batismo foi dado em homenagem ao inconfidente Vitoriano Gonçalves Veloso, escravo alforriado e alfaiate nascido na região. Depois de alguns anos, o povoado tornou-se distrito de Prados e assim permanece até os dias de hoje. O local começou a ganhar certa visibilidade a partir da chegada dos irmãos Antônio Carlos Bech, o Toti, e Sonia Bech Vitaliano, que fundaram a Oficina de Agosto – a mais antiga de Bichinho – e investiram esforços na recuperação do artesanato brasileiro,  ensinando o ofício a muitos habitantes da região.

Bichinho, Minas Gerais. Imagem: Erik Pzado

Bichinho, Minas Gerais. Imagem: Janaína Calaça

  • O que visitar em Bichinho, MG

- Igreja de Nossa Senhora da Penha

Igreja de Nossa Senhora da Penha, Bichinho, Minas Gerais. Imagem: Erik Pzado

Igreja de Nossa Senhora da Penha, Bichinho, Minas Gerais. Imagem: Erik Pzado

Apesar de muito pequena, Bichinho é passeio para um dia inteiro (e talvez até mais de um dia). São muitos ateliês e oficinas de arte, lojas dedicadas à movéis de demolição, alambiques, lojinhas de doces, casas antigas a serem fotografadas e o visitante também não pode deixar de conhecer a Igreja de Nossa Senhora da Penha, que data de 1771. A igreja possui em seu interior várias pinturas em estilo rococó, apesar da simplicidade de seu exterior.

- As casas antigas de Bichinho, MG

Bichinho, Minas Gerais. Imagem: ERik Pzado

Bichinho, Minas Gerais. Imagem: Erik Pzado

Bichinho, Minas Gerais. Imagem: Erik Pzado

Bichinho, Minas Gerais. Imagem: Erik Pzado

Em suas andanças pelo povoado, o que mais o visitante verá são suas casas antigas, muitas delas construídas com tijolos de adobe – tijolos obtidos por processo artesanal, de terra crua, água e palha – que abrigam não só os habitantes da região como foram adaptadas também para funcionar como ateliês de arte, oficinas, lojas, restaurantes e hospedagem.

Bichinho, Minas Gerais. Imagem: Erik Pzado

Bichinho, Minas Gerais. Imagem: Erik Pzado

Bichinho, Minas Gerais. Imagem: Erik Pzado

Bichinho, Minas Gerais. Imagem: Erik Pzado

- Alambiques e cachaçarias

Para os apreciadores de cachaçaBichinho abriga o alambique que produz a Cachaça Velho Ferreira, produzida e engarrafada de forma artesanal por seu fundador Cláudio Ferreira e também comercializa a cachaça Tabaroa.

Cachaças. Bichinho, MG. Imagem: Erik Pzado

Cachaças. Bichinho, MG. Imagem: Erik Pzado

Para quem gosta de cachaça... Bichinho, MG. Imagem: Erik Pzado

Para quem gosta de cachaça... Bichinho, MG. Imagem: Erik Pzado

- Ateliês, oficinas e lojas de arte e artesanato

São muitos os ateliês, oficinas e lojas de arte e artesanato em Bichinho, mas não deixe de visitar os seguintes: Oficina de Agosto (de Toti, que levou a arte e o artesanato para a região e mudou a realidade de grande parte dos habitantes do povoado – só não é possível fotografar a oficina por dentro); Casa das Casinhas (trabalho excepcional do casal Juliano e Adriana de entalhe e pintura em madeira); Artes, ateliê do Amilton (trabalho mais tradicional em entalhe de madeira, com influência Barroca); Ateliê do Fábio Francino (arte em papel machê); Casinha de Adobe, de Mizinho e Lena (artesanato variado, ferro e madeira, que envolve madeira de demolição). Estes, sem dúvidas, foram os nossos preferidos, mas vamos reservar um post inteiro sobre eles.

Arte em Papel Machê do Fábio Francino. Bichinho, MG. Imagem: Erik Pzado

Arte em Papel Machê do Fábio Francino. Bichinho, MG. Imagem: Erik Pzado

Silas Vilela, arte em madeira. Bichinho, MG. Imagem: Erik Pzado

Amilton, arte em madeira. Bichinho, MG. Imagem: Erik Pzado

  • Onde comer em Bichinho, MG

Dentre os restaurantes que você encontrará em Bichinho, o Tempero da Ângela é uma opção boa e barata para quem gosta de comida mineira e não quer gastar muito, mas sem abrir mão da qualidade dos pratos. O local funciona no esquema “coma à vontade”, incluindo café e sobremesas por apenas R$ 16,00. Outras opções é o restaurante Trem Bão e o Restaurante Pau de Angú, que fica na estrada entre Bichinho e Tiradentes e já foi indicado pelo Guia Quatro Rodas, para quem queira gastar um pouco mais.

Tempero da Ângela, dica de onde comer barato em Bichinho, MG. Imagem: Janaína Calaça

Tempero da Ângela, dica de onde comer barato em Bichinho, MG. Imagem: Janaína Calaça

  • Causos de Bichinho, MG

 Se você visitar Bichinho e for surpreendido pela presença constante dessa cachorrinha (foto abaixo) não estranhe! Ela é praticamente uma anfitriã do povoado. A cachorrinha acompanha/ escolta os visitantes pela cidade, mas tem birra com os habitantes (vai entender!). Enquanto fomos tratados com doçura pela bichana, ela corria atrás dos locais e latia para eles! Uma figura! Essa cachorrinha nos acompanhou em grande parte das visitas aos ateliês. Entrávamos nas casas e ela nos acompanhava. O curioso é que ela nunca sai dos limites do povoado. Ela acompanha os visitantes até a saída da cidade, mas nunca cruza a fronteira. Estávamos de carro, ela nos seguiu, mas, quando saímos de Bichinho, ela voltou. Dizem que é uma alma antiga, que ama aquela terra e que protege que a visita. :)

Cachorrinha acompanha os visitantes, mas corre atrás dos habitantes. Causos de Bichinho, MG. Imagem: Erik Pzado

Cachorrinho acompanha os visitantes, mas corre atrás dos habitantes. Causos de Bichinho, MG. Imagem: Erik Pzado

Cachorrinha acompanha os visitantes, mas corre atrás dos habitantes. Causos de Bichinho, MG. Imagem: Erik Pzado

Cachorrinho acompanha os visitantes, mas corre atrás dos habitantes. Causos de Bichinho, MG. Imagem: Erik Pzado

  • Outras informações sobre Bichinho, MG:

- Localização: “Está localizado entre as cidades de Tiradentes e Prados (ao qual pertence). Para quem sai de Tiradentes, são 8 km até o vilarejo, passando por uma estrada de calçamento com um pequeno trecho de estrada de terra. Para quem sai de Prados, são cerca de 12 km em estrada de terra”. (Fonte da Informação: Bichinho.net);

- De preferência, leve dinheiro. Nem todos os estabelecimentos aceitam cartões de débito e crédito;

- Sites que indicamos para consulta: Bichinho.net e http://www.tiradentesgerais.com.br/bichinho.htm

"O mundo é pra ser voado". Dizeres na parede da casa. Imagem: Erik Pzado

"O mundo é pra ser voado". Dizeres na parede da casa. Imagem: Erik Pzado

"Num some não, sô! Vorte sempre!". Bichinho, MG. Imagem: Erik Pzado

"Num some não, sô! Vorte sempre!". Bichinho, MG. Imagem: Erik Pzado

Agradecimentos especiais:

À Pousada do Ó, por nos receber nesta viagem a Minas Gerais.

Mu. Bichinho, Minas Gerais. Imagem: Erik Pzado

Mu. Bichinho, Minas Gerais. Imagem: Erik Pzado

Siga a trupe do Jeguiando no Twitter!

Conheça nossa Fanpage!

 

*Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.
**Comentários ofensivos serão deletados.

17 Comentários

  1. Sou louca para conhecer Bichinho e Tiradentes! Nem é tão longe do Rio, mas acaba sempre ficando para depois…
    Adorei o post, vou guardar para quando for! :)
    Bjs
    @viagempimpolhos

  2. Patricia Ferreira disse:

    Eu amei esse lugar…simplicidade exuberante! Quero mais Bichinho.

  3. Marizilda Carvalho disse:

    Estive em Bichinho, neste feriado de 15 de novembro. Me apaixonei pelo lugar. As lojas de artesanatos, o clima bucólico do lugar. Comprei por lá uns bichinhos de latão. Quando chequei em casa em São Paulo Capital, minha filha se apaixonou pelas forminhas, aranhas, etc. Não quardei o telefone da loja, onde comprei. Por favor se puderem me enviar uma loja que tenha este artesanato, ficarei muito

    grata.

    Lembro que o dono da loja, chama-se Vinicius

  4. Maria da Conceição Maranhão disse:

    Vou a Bichinho no final de março, antes da Semana Santa, e gostaria de saber se todas as oficinas estarão abertas durante todo o dia em 24 e 25 de março de 2013, domingo e segunda-feira.
    Antecipadamente agradeço uma breve resposta.

  5. Maraci Lorenz disse:

    Estivemos em Bichinhos neste feriado de Corpus Christi adoramos a cidade as lojas a tranquilidade. Gostaria de saber se alguém poderia me explicar as cruzes colocadas nas portas das casas no mes de maio.
    Obrigada.

    • Erik PZado disse:

      Oi Mara, quanto a essas cruzes na frente das casas nem chegamos a ver, mas ficamos bem assustados com as cruzes em frente as igrejas! Brrrrrr! Dei uma procurada no google mas não vi nada muito tangível. Prometo que vamos tirar a limpo isso e publicar aqui assim que pisemos novamente por aquelas bandas! :D

      • Maraci Lorenz disse:

        Só o que me lembro é que no início do mes de maio a cruz é colocada e na porta da frente da casa e uma santa( não me lembro qual) vem e beijar a cruz dando proteção durante o ano. Na verdade eu queria era saber qual é a santa. Mas garanto que a cruz é do bem……rs
        Obrigada pela atenção.

  6. ant garcia-de portugal disse:

    estou em portugal-em ourique-sou portuga genuino–e acabei de receber um telefonema dos meus queridos amiguinhos de divinopolis– MOISA E CLEUDES–que estao neste momento em BICHINHO-e adoraram.e me convidaram a ir passear em BICHINHO ,com eles–um dia sera–amo brasil e voces-amiguinhos-moisa e dino

  7. Bernadete Dartora disse:

    Bom dia, estive visitando a região e fui em uma loja onde o proprietario também é escultor, um dos mais antigos de Bichinho, e nesta loja ele tinha frutas feitas de madeira eu imagino que tenham sido feitas no torno, elas são sem cor, só na madeira (maçã, pera).O que eu gostaria era entrar em contato com o proprietario para ele me mandar via correio estas frutas,a loja fica no final da rua do lado esquerdo de que vem de tiradentes.Por favor me manda o contato da loja, obrigada.

  8. ZEKA TRINDADE disse:

    Bom dia!,sempre que vou a Minas, um lugar obrigatório que visito é Tiradentes e principalmente BICHINHO. Sabe destes lugares onde sempre tem alguma coisa pra ver e conhecer, pois é.Gente boa, boa comida e muito linda.Um lugar único.Um beijo pra todos amigos. Até breve… Como se diz aqui no ceará “PENSE NUM LUGAR LINDO”

  9. Luis Claudio disse:

    Bichinho é show de bola. A Cachaça Velho Ferreira te dá a possibilidade de degustação diretamente dos barris. Fora do comum. Espetacular.

  10. Ana H. disse:

    Por favor ,alguem tem endereco ,telefone ,email e o nome do proprietario do artesanato
    Caminho se Luz? Eu perdi e estou precisando .Agradeco muito!

    Ana H.


Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail Anuncie_aqui_no_Jeguiando

Pesquisar

  Lojinha_do_Jeguiando     Guia_Destinos_de_Inverno Produtos_Submarino

Destaques do Jeguiando

    Interior_de_Sao_Paulo Canadá_topo2

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: