Filmes que te fazem querer viajar – Fados, de Carlos Saura


Anos atrás, em uma das minhas idas a Salvador para visitar minha família, estava em cartaz o filme Fados, com direção de Carlos Saura, lançado em 2007. Assisti ao filme com meu irmão, que partilha a mesma simpatia e paixão por este estilo musical português tão melancólico e que canta a saudade e o orgulho da terra onde se nasce, os amores e as desilusões amorosas. O fado tornou-se Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade pela Unesco e é motivo de orgulho do povo lusitano. Durante o tempo em que cursei a faculdade de Letras na Bahia e estudava literatura portuguesa, muitas das minhas tardes de trabalho foram tomadas pelas lindas e sofridas canções de Amália Rodrigues, uma das mais conhecidas fadistas da história de Portugal, e pela voz de Dulce Pontes, por quem tenho simpatia também.

"Fados", de direção de Carlos Saura, traz cantores de várias nacionalidades entoando canções tradicionais do ritmo português.

Fados foi lançado como um filme, mas é confuso classificá-lo como tal, pois mais parece uma grande produção musical, sem ser um musical. Entende?! O filme (?) reúne vários nomes da música de vários países, inclusive do Brasil, que entoam os fados mais tradicionais de Portugal – muitos deles da Amália Rodrigues – e outras derivações como o fado menor, as modinhas, o fado de Cabo Verde, o fado flamenco, o Alfacinha, até a música brasileira. Dentre os cantores que fizeram parte do elenco estão: Chico Buarque de Hollanda, Camané, Toni Garrido, Caetano Veloso, Lila Downs (numa participação divertida e perfomática), Carlos do Carmo, Cesária Évora (por quem tenho grande admiração), Lura e Ana Sofia Varela.

Caetano Veloso em "Fados", filme de Carlos Saura.

Caetano Veloso em "Fados", filme de Carlos Saura.

Apesar de ter recebido várias críticas com relação ao pouco investimento na parte visual do projeto, ainda acredito que o filme (?) merece ser assistido por ter centrado a atenção no grande personagem da produção: o Fado! Para quem gosta do estilo musical português, os cenários minimalistas nada interferem na emoção de ouvir as canções entoadas, em grande parte, por vozes poderosas como a de Lila Downs, por exemplo. Em vários momentos também, bailarinos assumem o segundo plano das cenas, dando dramaticidade às cenas. Sinceramente, gostei de Fados do jeito que ele foi concebido! 😉 Pirotecnia demais, certamente, tiraria a atenção para a força e presença destes cantos de saudade, amor e desilusão.

Lila Downs em "Fados" de Carlos Saura.

Lila Downs em "Fados" de Carlos Saura.

Deixo então duas passagens de Fados para vocês: um entoado na voz de Mariza e outro na de Lila Downs.

Siga a trupe do Jeguiando no Twitter!

Conheça nossa Fanpage!

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: