Caros jeguiantes, entre os dias 13 e 22 de setembro, Erik, Jegueton e eu rumamos para mais uma viagem/aventura agora em terras canadenses! Fomos convidados pela Comissão de Turismo Canadense (CTC) para participar do evento Go Media 2011, que reuniu representantes de mídias, sejam elas tradicionais ou sociais, de várias partes do mundo, como Brasil, Índia, Japão, China, Austrália, Inglaterra, etc. Representando o Brasil nas mídias sociais, estavam presentes os blogs Jeguiando (nós!) e o A Janela Laranja, do Márcio Nel Cimatti. O evento, dividido em duas partes (pré tour em Montréal e Go Media 2011), não só visava apresentar o Canadá como um destino turístico atraente nas quatro estações do ano, como também nos permitiu vivenciar um pouco das opções em turismo tanto de Montréal (Québec) quanto de Edmonton (Alberta). Para dividir essas experiências com vocês, vamos contar, ao longo dos dias, o que fizemos, que locais conhecemos, o que comemos e nossas impressões sobre esse país tão plural e interessante.

  • Old Montréal (Vieux Montréal) – Uma caminhada pelas ruas históricas de Montréal, Canadá

Old Port pode funcionar como um ponto de partida para o seu tour por Old Montréal. Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Place Royale, Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Place Royale, Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Durante nossa viagem a Montréal, no Quebéc, Erik, Jegueton e eu, acompanhados de nosso companheiro de viagem Márcio Nel Cimatti, do blog A Janela Laranja, resolvemos aproveitar o tempo que tínhamos livre para fazer nossas andanças e entender um pouco a dinâmica da cidade canadense. No melhor estilo “faça o que um local faz”, fomos conhecer Old Montréal totalmente a pé. Aproveitamos o início de tarde após nossa visita ao Pointe-à-Callière (Museu de Arqueologia e História de Montréal), localizado na Place Royale, e lá fomos nós “bater perna”! É importante ressaltar que os habitantes de Montréal dão preferência sempre a realizar suas atividades cotidianas a pé, de bicicleta ou de metrô, deixando o carro como a última das últimas opções de locomoção.

Place Royale, Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Place Royale, Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Place Royale, Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Habitantes de Montréal preferem realizar suas atividades cotidianas utilizando bicicletas, metrô ou fazendo caminhadas. O carro é sempre última opção. Imagem: Erik Pzado

Habitantes de Montréal preferem realizar suas atividades cotidianas utilizando bicicletas, metrô ou fazendo caminhadas. O carro é sempre última opção. Imagem: Erik Pzado

Place Royale está localizada bem em frente ao Old Port e é um dos locais históricos mais importantes da cidade e pode funcionar como um ponto de partida para conhecer Old Montréal, que abrange os seguintes locais turísticos: Champ-de-Mars, Place d’Youville, Rue Notre-Dame, Rue Saint-Paul, Rue de l’Hôpital, Bonsecours, Des Récollets, Old Port, Rue Saint-Jacques, Place Jacques-Cartier, Place d’Armes, Old Seminary e Notre-Dame, Saint-Paul and de la Commune, Pointe-à-Callière e Place Royale e, por fim, o Boulevard Saint-Laurent. Um dos pontos facilitadores de uma boa caminhada pela região é o fato de que grande parte da área a ser conhecida possui ruas planas e bem cuidadas, o que facilita a locomoção de pedestres e inclusive cadeirantes, que têm diante de si uma cidade com um perfil inclusivo, o que é algo a ser fortemente destacado.

Caminhada por Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Caminhada por Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Caminhada por Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Caminhada por Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Caminhada por Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Caminhada por Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Old Montréal é conhecida, principalmente, por suas ruas de pedra e por seus prédios centenários, que atraem principalmente viajantes interessados em observação de conjuntos arquitetônicos e história. A região também comporta uma série de restaurantes, bistrôs, bares, locais de exposição de arte, lojas diversas e é onde também acontece a divertidíssima caminhada culinária (a que dedicaremos um post mais tarde) – uma opção de passeio com guia para quem é amante de gastronomia e quer conhecer um pouco dos principais pratos e locais interessantes para visitar na região. A caminhada envolve degustação de produtos à base de Maple, conhecer o Poutine – tradicional prato canadense – e paradas em locais como o Europea Espace Boutique, do conhecido chef Jérôme Ferrer e seus famosos macarons.

Montréal Poutine, local é especializado em um dos pratos mais tradicionais da cidade. Imagem: Erik Pzado

Montréal Poutine, local é especializado em um dos pratos mais tradicionais da cidade. Imagem: Erik Pzado

Europea Espace Boutique, do chef Jérôme Ferrer, referência em macarons. Imagem: Erik Pzado

Europea Espace Boutique, do chef Jérôme Ferrer, referência em macarons. Imagem: Erik Pzado

Em Old Montréal, o visitante também encontrará a Basílica de Notre Dame, um dos grandes monumentos religiosos da cidade e que marca a presença da França na história de Montréal. A primeira versão da basílica foi erigida entre os anos de 1672 e 1683 e sua expansão se deu entre 1824 e 1829, configurando a imagem que vemos hoje. A Basílica de Notre Dame é lindíssima por dentro e a ela também dedicaremos um post inteiro mais tarde aqui no Jeguiando.

Rue Notre-Dame, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Rue Notre-Dame, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Igreja de Notre-Dame. Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Basílica de Notre-Dame. Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Igreja de Notre-Dame, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Basílica de Notre-Dame, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Uma das agradáveis surpresas que tivemos durante nossa caminhada por Old Montréal foi encontrar, em uma de suas calçadas, uma das famosas esculturas de meu artista contemporâneo preferido: Fernando Botero! “The Volumptuous man on horse” – escultura de 1974 – estava lá, rechonchuda e brilhante, enfeitando a calçada e os nossos olhos. Só tive, até hoje, a oportunidade de ver de perto um quadro de Botero durante uma exposição em São Paulo e encontrar uma escultura do artista durante uma andança despretensiosa foi um grande momento e uma surpresa para mim! Que bom que entramos naquela rua! 🙂

"Volumptuous man on horse" de Fernando Botero. Escultura de 1974 pode ser vista em Old Montréal. Imagem: Erik Pzado

"Volumptuous man on horse" de Fernando Botero. Escultura de 1974 pode ser vista em Old Montréal. Imagem: Erik Pzado

Somos Boterianos! Jana Calaça, Erik Pzado e obra de Fernando Botero! Imagem: Erik Pzado

Somos Boterianos! Jana Calaça, Erik Pzado e obra de Fernando Botero! Imagem: Erik Pzado

Outro ponto interessante de Old Montréal é a Place Jacques-Cartier, um dos grandes pontos de encontro dos habitantes da cidade quebequense. Lá, crianças acompanhadas por seus pais, jovens, idosos passeiam calmamente, fazem paradas para um lanchinho ou simplesmente aproveitam uma tarde de sol. Da praça, é possível também avistar o Marché Bonsecours (Mercado Bonsecours), importante local dedicado à exposição de trabalhos de artistas canadenses.

Place Jacques-Cartier. Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Place Jacques-Cartier. Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Place Jacques-Cartier. Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Place Jacques-Cartier. Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Place Jacques-Cartier. Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Place Jacques-Cartier. Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

E, falando em arte… Se o viajante estiver de passagem pela Place Jacques-Cartier, sugiro que entre na Rue des Artistes. A rua, como diz o nome, é dedicada também à exposição de quadros, esculturas e artefatos em geral (envolvendo roupas e objetos de decoração) produzidos por artistas locais.

Rue des Artistes. Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Rue des Artistes. Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Artistas locais expõem seus trabalhos na famosa Rue des Artistes em Montréal. Imagem: Erik Pzado

Artistas locais expõem seus trabalhos na famosa Rue des Artistes em Montréal. Imagem: Erik Pzado

Rue des Artistes. Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Rue des Artistes. Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Para os viajantes interessados em compras, Old Montréal reúne bastante opções, principalmente quando se trata de sapatos (os habitantes da cidade quebequense são simplesmente apaixonados pelo item!), roupas e objetos de arte e decoração. Há também várias lojinhas de souvenirs (principalmente nas imediações da Rue Notre-Dame e lojinhas temáticas, como a Noël Eternel, onde é natal o ano inteiro. A mais antiga loja de venda e locação de fantasias também se encontra nesta região da cidade e conta, inclusive, com roupas de época verdadeiras.

Natal o ano inteiro! Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Natal o ano inteiro! Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Natal o ano inteiro! Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Natal o ano inteiro! Old Montréal, Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Fairy Land, a mais antiga loja de fantasias de Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Fairy Land, a mais antiga loja de fantasias de Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Gostou de acompanhar nossa caminhada por Old Montréal? Ah, então não perca nossas próximas postagens sobre a caminhada culinária (onde detalharemos cada local que visitamos, os pratos que provamos, etc.) e sobre nossa visita à linda Basílica de Notre Dame! Até a próxima! 😀

Observações importantes: Por ser uma viagem internacional, é aconselhável fazer um seguro de viagem. Viajou para longe de casa, não deixe de fazer um seguro!

Erik Pzado e Jana Calaça em Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

Erik Pzado e Jana Calaça em Montréal, Canadá. Imagem: Erik Pzado

  • Agradecimentos:

– À Comissão de Turismo Canadense (CTC) pelo convite para participar do Go Media 2011 em Edmonton, Alberta, e por nos proporcionar a linda e inesquecível viagem a Montréal;

– A Udo Simons, por acreditar em nosso trabalho e por todo o suporte que nos prestou antes e durante o evento;

– Aos amigos Márcio Nel Cimatti, Douglas “Doug” English, Kishore e Smita Iyengar, B.H. Kasinath, Zhang Jing, Linlin Sun, Roberta Miranda e Cristina Massari pela companhia e pelo riso partilhado.

  • Quer saber mais sobre o Canadá e sobre o Go Media 2011?

– Siga a hashtag do evento no Twitter: #GoMedia2011;

– Acesse:

Siga a trupe do Jeguiando no Twitter!

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

2 Comentários

  1. […] ponto de partida dessa caminhada gastronômica pela cidade não poderia deixar começar por Old Montréal e de ser um local especializado em produtos à base de Maple Syrup (Xarope de Acer em português), […]

  2. Lidia Norte disse:

    Gente, que delícia os posts de vocês sobre Montréal! Tive que ler todos, pois Montréal é a minha cidade preferida! =D Espero me mudar pra lá em breve!
    Abraços!


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: