Como se planejar financeiramente para uma viagem?


Indiscutivelmente, viajar nos dias de hoje ficou mais barato do que há pelo menos uns 10 anos. Com o surgimento de novas companhias aéreas e com a concorrência acirrada entre elas, visando fidelizar clientes e se manter estável no mercado, o que mais vemos hoje é promoção de passagens aéreas para destinos diversos, sejam eles nacionais ou internacionais, rolando. Com a inserção dessas empresas nas mídias sociais, como o Twitter, fica não só mais visível esta batalha por clientes como também a corrida dos viajantes em busca de boas oportunidades. Com passagens que chegam a custar R$ 10,00, o que era o grande empecilho para uma viagem acontecer, hoje acaba sendo o menor dos problemas. Mas, depois que o frisson da compra dos trechos acontece, que o seu porquinho jaz arrebentado em cima da mesa, é hora de pensar nos outros pormenores, que vêm associados à esta aquisição.

E rumbora contar moeda para viajar!

Uma viagem não envolve apenas a compra de passagens aéreas, mas uma série de outros pontos como hospedagem, transporte, alimentação, gastos com passeios e ainda é preciso reservar um dinheiro para gastos eventuais não programados. Você pode até não acreditar neles, como nas bruxas, mas que eles existem, existem! Então, é hora de por o caderninho ou a planilha do Excel para funcionar para que você possa dimensionar suas despesas.


  • Como se planejar financeiramente para uma viagem?
    1. No contexto apresentado acima, estamos falando de um planejamento necessário pós-frisson de compra de passagem aérea. Para aqueles mais comedidos, o ideal é fazer a boa e velha pesquisa entre as companhias aéreas e ver qual delas está com preços mais em conta. Para economizar, vale se cadastrar em programas de milhas e afins, para depois conseguir comprar os trechos usando o que foi acumulado;

$$$

    1. Com relação à hospedagem, hoje há vários sites que podem ser consultados e que já trazem uma lista de hotéis, pousadas e afins para servir de base para sua reserva ou até mesmo para você fechar negócio. Assim como nas passagens aéreas é preciso pesquisar um pouco pelos preços e analisar também a relação custo-benefício. Muitas vezes você pode pegar um hotel com um preço em conta, mas que está isolado de tudo, de restaurantes a atrações turísticas, o que acaba encarecendo a viagem e não valendo tanto à pena;

$$$

    1. Para não ter sustos com transporte, é preciso por no papel ou na planilha, inclusive, gastos referentes a deslocamentos entre casa-aeroporto/ aeroporto-casa. Se você vai de carona, beleza, se não vai, tem que ver como fará estes trajetos. De ônibus, táxi, com seu carro? Mas e o carro? Ficará onde depois? Em um estacionamento próximo ao aeroporto? Quanto isso custará? No post “Como ir ao aerporto em São Paulo?“, dou uma dicas bacanudas para dimensionar melhor estes custos, que muitas vezes nem é contabilizado, mas que depois pesa no bolso. Quanto a se deslocar no destino, é importante saber se o transporte público é eficiente ou se não é mais interessante alugar um carro, dependendo do tipo de viagem que você irá fazer. Se for em algum pacote, a questão do transporte, geralmente, já está inclusa no preço;

$$$

    1. Quando se trata de alimentação, o processo é o mesmo. É sempre bom pesquisar algumas opções de restaurantes, sondar mais ou menos qual é o preço médio gasto. Assim como um viajante busca informações sobre pontos turísticos, é importante saber o que você quer experimentar para ir à busca de opções que caibam no seu bolso;

$$$

    1. Passeios. Outro ponto que geralmente nos pega de surpresa são os passeios. Há cidades em que o acesso às atrações turísticas é gratuito, mas… e quando não é? O que fazer? Se o dinheiro anda curto e seu porquinho estava magro, o negócio é priorizar. O que você quer fazer em primeiro lugar? O que é indispensável? Quando as vacas estão magras e você não quer contrair dívidas, priorize;

$$$

  1. Os gastos eventuais não programados podem não estar na sua conta, mas que eles existem, ah… Eles existem! Um sapato que quebra, um medicamento necessário, um transporte a mais que você não contava, uma gorjeta, uma entrada em uma igreja, que você, por ser a casa do senhor, não achava que teria que pagar, uma lembrancinha para os sobrinhos ou para sua casa mesmo… Meus caros, depois que vocês olham para a carteira e só veem um redemoinho de vento e folhas secas em suspensão (#drama), é que vocês passam a acreditar que gastos não programados existem e que eles sempre te pegam, principalmente quando você não os espera! Por isso, para não ser pego de calças abaixadas, reserve um dinheirinho para estas possíveis demandas!

De certo, o que nos resta, depois do ímpeto da compra de uma passagem para um destino sonhado, é aproveitar a realização deste sonho! Sem medo e sem cabelos arrancados, dá para jogar com os itens que envolvem uma viagem. Seja economizando na hospedagem para ir a um bom restaurante, seja comendo numa bodega para curtir um passeio mais caro. O negócio é contar com a nossa capacidade de criar opções com o que temos à nossa disposição! Boa Viagem! 😀

Siga-nos no Twitter!

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

3 Comentários

  1. Ótimo post. Eu sempre penso nisso quando aparecem essas promoções relâmpago de passagens. Não são só as passagens que devem ter a nossa atenção, mas o gasto como um todo.

  2. Larissa Domingues disse:

    Sensacionante, Jana!

  3. […] alguns anos, escrevi um texto sobre planejamento financeiro em viagens aqui no Jeguiando, no qual eu falava sobre alguns pontos que um viajante deve levar em […]


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: