Dicas de segurança para turistas


Não é raro ouvir comentários de pessoas que voltam de suas viagens com queixas de que sofreram assaltos ou pequenos furtos nos destinos para onde foram a trabalho ou a passeio. Assaltos, furtos, pequenas extorções, seja qual for a dimensão do acontecimento, algum grau de desconforto e frustração acabará atravessando um momento que, teoricamente, deveria ser prazeroso, afinal viajar, seja para trabalhar ou para turistar, envolve sempre uma quebra de rotina, um desvio da repetição cotidiana.

O que torna um turista alvo desses acontecimentos é a sensação de que, durante uma viagem, nada de negativo irá acontecer. Quando viajamos, literalmente baixamos a guarda, ficamos mais receptivos e há uma tendência natural de deixar brechas, o que traduz o relaxamento natural que vem na bagagem. Longe de abraçar a paranoia do “tenho que ficar atento! Ai meu deus vou ser assaltado!”, o ideal é que o viajante consiga conciliar o momento de licença poética (que é estar em outra cidade, em outro contexto) com a necessidade de autopreservação. A dinâmica de um destino não muda quando o visitamos. As cidades e seus habitantes continuam seguindo suas rotinas e precisamos interiorizar este conceito e reunir informações sobre o local para garantir nossa segurança.

Rumbora viajar! Mas, com segurança!

Rumbora viajar! Mas, com segurança!

Dicas de segurança para turistas

  1. Busque sempre informações sobre o destino com outras pessoas que já visitaram o local. Procure se inteirar sobre as áreas mais seguras da cidade e as que demandam mais atenção;
  2. Se o hotel em que estiver hospedado contar com serviço de cofre no quarto, utilize-o para guardar valores, documentos e joias. Para sair às ruas, leve apenas um documento de identificação (RG, passaporte etc.) e evite portar valores altos em dinheiro;
  3. Em viagens internacionais, uma opção para não ter que levar todo o dinheiro em espécie  na mala é adquirir um cartão de débito recarregável, como o Visa Travel Money. O viajante pode “carregar” o cartão com o valor que reservou para a viagem e sacar o dinheiro  no país visitado em bancos conveniados;
  4. Evite trocar dinheiro nas ruas. Procure sempre casas de câmbio confiáveis;
  5. Em caso de transporte, como táxis e vans, só utilize os serviços oficiais. Evite pegar táxis e vans clandestinas. O mesmo se aplica a guias. Se necessitar dos serviços de um guia turístico, procure os conveniados à prefeitura;
  6. Não deixe objetos sobre a mesa em bares e restaurantes. A maioria dos casos de furtos de carteiras e celulares acontece neste contexto;
  7. Se viajar em grupo, permaneça com seu grupo. Se viajar sozinho, evite andar por locais desertos.

Siga-nos no Twitter!

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: