Buenos Aires – Clichês de viagem


Demoramos, mas finalmente conseguimos fazer o que havíamos prometido no começo do ano! Apresento-lhes o PodJegue, o podcast do Jeguiando.

Para essa primeira edição, traremos os clichês de viagem, mais exatamente os clichês argentinos. Foi muito divertido gravar o podcast e esperamos que vocês gostem de nos ouvir! Estão esperando o que, meu povo? Basta clicar no play do player logo abaixo. Quem preferir pode assinar o Podjegue no seu agregador de podcasts como o iTunes ou gPodder e depois ouvir no seu MP3 player favorito. O endereço é http://feeds.feedburner.com/podjegue.

Para quem não estiver muito a fim de escutar nossas belíssimas vozes, logo depois do player segue o texto com o conteúdo do podcast, mas posso assegurar que no áudio a coisa tá muito mais legal, pois, além dos clichês apresentados, trazemos algumas historinhas interessantes, tiradas inteligentes, algumas polêmicas futebolísticas e música! Aproveitem!

Ah! Pretendemos fazer o PodJegue em edições mensais! 🙂

[podcast]http://jeguiando.com/wp-content/uploads/podcasts/podjegue1.mp3[/podcast]

Aqui iniciamos então uma série de posts dedicados aos clichês de viagem, ou seja, aquelas coisas que teoricamente esperamos encontrar nos lugares. Será que em Salvador tem gente jogando capoeira no meio da rua? Será que os gaúchos só comem churrasco? Será que no México há vários bigodudos, usando “sombreros”, dormindo encostados em cactos, bêbados de tequila? A equipe do Jeguiando, através de uma observação quase “antropológica”, traz para você, através da experiência vivida nas viagens, o que se confirma e o que é mito. Vamos então hoje falar um pouquinho dos clichês argentinos, observados em nossa estadia em Buenos Aires.

Entre os clichês esperados e que foram confirmados ou não, vamos listar alguns.

100_1404
Tangão no meio da rua. Clichê? Nono! Imagem: Fábio Brito.

Clichê nº 1: Na Argentina, tem gente dançando tango nas ruas em horário comercial! E é aquele vai-não-vai, aquelas pisadas fortes e aqueles cabelos embebidos de gel ou brilhantina (momento mil novescentos e guaraná com rolha).

É verdade!!! O tango faz parte do imaginário argentino e foi na Argentina que ele nasceu, logo o mais comum é encontrar dançarinos de tango pelas ruas de Buenos Aires, tentando faturar uns pesos para garantir seu sustento. Além dos dançarinos de tango, é comum entrar em várias lojas e ser embalado desde um tangão mais tradicional como o de Carlos Gardel ao tango revisitado e reconfigurado como o das seguintes bandas: Otros Aires, Gotan Project, Tanghetto e Bajofondo, que desde já indico.

alfajores_havanna
Diabéticos, cuidado! Os alfajores pulam em suas bocas! Imagem: Janaína Calaça.

Clichê nº 2: Em todo e qualquer lugar pulam alfajores na sua frente!

É verdade!!! Tirando o pulo, realmente encontramos alfajor em qualquer muquifo de Buenos Aires. O doce lá é vendido nos lugares mais pé-de-chinelo até nos grandes cafés. Há uma variedade imensa para todos os gostos. Eu prefiro os alfajores crocantes, de 3 andares. Hummmmmm!!! Mas deixo uma dica para você, viajante. Se for comprar caixas de alfajor para presentear ou para consumo, sugiro comprá-las em supermercados. Sai muitooooooo mais em conta do que nas lojinhas espalhadas pelas ruas.

Clichê nº 3: Os argentinos são ranzinzas.

Mito!!! O contato que tivemos nas duas vezes que viajamos para a Argentina diluiu este clichê definitivamente. Como passamos, na segunda vez, vinte dias por lá, tivemos a oportunidade de entrar em contato com várias pessoas, que foram sempre simpáticas e receptivas. Quando pedíamos informações, sempre estavam dispostos a ajudar. E não foram raras as vezes que sentamos para bater altos papos, embalados por muita simpatia. Deixem as birras para o futebol! Os argentinos são legais!

100_5370
Bife de Chorizo. Ai, minhas artérias! Imagem: Fábio Brito.

Clichê nº 4: O bife de chorizo é realmente bom quanto dizem?

É verdade!!! Os cortes argentinos são bem diferentes dos nossos cortes e o bife de chorizo (não meu povo, não é um bife feito de linguiça) é um corte de mais ou menos 500g, macio e, quando bem preparado, é uma experiência que vale a pena, quando você é declaradamente carnívoro. Eu não sou tão carnívora assim, mas me rendi ao bife de chorizo!

100_5509
Empanados. Imagem: Janaína Calaça.

Clichê nº 5: Os argentinos adoram croissants (medialunas) e empanados!!!

É verdade!!! Desde o café da manhã no hotel ao café em qualquer lugar de Buenos Aires, sempre, SEMPRE, você verá as tais medialunas e os tais empanados no cardápio. Confesso que depois de 20 dias, eu já não aguentava mais ver estes dois itens em minha frente e comecei a ter sonhos eróticos com pães franceses. Mas, tudo bem! Eu adoro os empanados, mas acho que eles poderiam dar uma variada no cardápio!

maradona_style
Corte de cabelo estilo Maradona. Coisa linda! Fonte da Imagem: Gazeta Web.

– Clichê nº 6: Todos os argentinos usam o corte de cabelo do Maradona ou exibem exagerados mullets.

Meio mito, meio verdade. Vi várioooooooooos argentinos com mullets. Vi váriooooooooooooooos argentinos exibindo o Maradona’s style, mas também vi várioooooooooooos argentinos com cortes mais sóbrios, logo é meio a meio!

100_1655
Será Fábio um argentino hecho en Bahia? Corte de cabelo Maradona’s style ele tem… Imagem: Janaína Calaça.

– Clichê nº 7: Os argentinos são nacionalistas e adoram manifestações.

É verdade!!! Em qualquer lugar que você ande, há uma bandeirinha azul e branca hasteada e os argentinos gostam sim de manifestações. Desde pichações indignadas à ocupação constante de manifestantes diante da Casa Rosada, há sempre algo a ser questionando. Eu, particularmente, admiro (sem ironia) o poder de mudança que este povo tem. Ao contrário de nós, brasileiros, que vemos escândalos se sucederem diante de nossos olhos, sem que nada seja feito, os argentinos correm atrás de seus direitos e funcionam bem quando a coletividade precisa ser acionada. E dá-lhe manifestações e passeatas!

Bom, espero que esta primeira edição da série Clichês de Viagem tenham agradado a vocês, leitores e jeguiantes. A idéia deste espaço é dividir, de forma bem leve e descontraída, a experiência que tivemos observando os lugares por onde passamos.

Até a próxima edição!

Equipe Jeguiando.

Siga a trupe do Jeguiando no Twitter!

Conheça nossa Fanpage!

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

9 Comentários

  1. Natalina disse:

    Num é qui ocês tombém sabem fazer pograma rsrsrs. Né verdadi?

    Adorei o primeiro PodJegue. Achei criativo, dinâmico, cultural e humorístico hehehe. Essa dupla é só sucesso!

    Até o próximo! Que venha o México.
    Bjs.

  2. Interessante notar que também temos um movimento de “bossa nova eletrônica” por aqui 🙂

    Parabéns pelo podcast 😀

  3. […] Clichês de viagem (Parte I) – Buenos Aires :: Jeguiando jeguiando.com/2009/08/23/cliches-de-viagem-parte-i-buenos-aires – view page – cached Amarrando jegues com estilo!, Demoramos, mas finalmente conseguimos fazer o que havíamos prometido no começo do ano. Apresento-lhes o PodJegue, o podcast do Jeguiando. Para essa — From the page […]

  4. Rui Bani Jr. disse:

    Muito massa o tango!!! Curti essas vozes forçadas de vocês… PóodiJegue!!! Ahuahuahauhauah

  5. Rui Bani Jr. disse:

    O que faltou no podcast:
    o botãozinho do lado: Donate! Click here!
    Informar o telefone para shows e eventos.
    Mencionar o numero da conta corrente para doacoes voluntarias.

    Ah! Só um recado para o jeguiando: Existem jegues sendo vendidos por mixaria, coisa de R$ 5,00, ou até mesmo sendo entregues nas mãos de
    fabricantes de ração para cães. Conforme o denunciante, Nego Gil, saem da região de Irecê/João Dourado – BA, aproximadamente 2 caminhões de jegue por dia. Lancem uma campanha para arrecadar fundos e não permitir mais essa brutalidade com os queridos jegues.

  6. […] Post sobre Clichês de Viagem, publicado no Jeguiando e o post plagiado pelo […]

  7. […] destinos, festas populares, literatura, cinema, companhias aéreas, etc. Já gravamos um podcast, o Podjegue; já fizemos piada com o amor dos argentinos pelas arabacas (carros velhos) e o humor acabou se […]


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: