Bar Jacobina, Curitiba. Imagem: Fábio Brito.

Sem sombra de dúvidas, nossa viagem à Curitiba já teria valido a pena simplesmente pelo fato de ter conhecido o bar Jacobina. Um lugar bastante simpático, sobre o qual eu posso afirmar que tem o verdadeiro estilo fusion. A começar pelo nome que, segundo Bia (a proprietária), daria um toque bem brasileiro ao lugar. Posteriormente descobriram a cidade baiana com o mesmo nome, e então as coisas ficaram mais interessantes quando objetos provenientes de lá, inclusive uma placa de carro antiga (amarela), começaram a fazer parte da decoração.

Bar Jacobina, Curitiba. Imagem: Fábio Brito.

Abrindo um parentêse aqui: eu (Fábio), me considero filho de Jacobina pois, apesar de ter nascido em Salvador, vivi lá dos 4 aos 18. Quando contei a Bia que era de lá, ela adorou a coincidência e queria uma cópia da minha identidade para agregar na decoração. Teria conseguido se meus pais tivessem ido morar em Jacobina 4 anos antes. 🙂

Voltando a falar da decoração, a mesma é bastante pitoresca com vários objetos antigos que vão desde aparelhos de rádio e tv até moedores de carne e um baleiro giratório em pleno funcionamento. Também tem rede Wifi, que apesar de não ser diretamente relacionada com a decoração, faz parte do ambiente, agradando aos nerds de plantão.

Bar Jacobina, Curitiba. Imagem: Fábio Brito.

O atendimento é simplesmente impecável, sem formalidades. O pessoal é bastante gentil ao ponto do chef parar em sua mesa e explicar como é feito o molho de pimenta agridoce.

O cardápio é a essência da pluralidade. Composto pelas especialidades da casa como a Costelinha de Adão (você deve comer isso antes de morrer, a menos que seja vegetariano) e por vários pratos de culinárias de lugares como México, Alemanha, Itália, Russia, o nordestino caldo de mocotó e o autêntico prato típico paranaense: o Barreado. Também oferece coisas exóticas como carne de onça (esqueci de perguntar se é só uma brincadeira ou se é onça de verdade), que infelizmente não provamos pois a mesma é servida apenas nas terças.

Bar Jacobina, Curitiba. Imagem: Fábio Brito.

Uma dica para quem quiser conhecer o Jacobina: procure chegar cedo ao local, pois o mesmo costuma lotar e com razão. O lugar é muito bom e está longe de ser apenas mais um lugarzinho da moda, afinal já existe há mais de 3 anos.

Bar Jacobina, Curitiba. Imagem: Fábio Brito.

Acredito que não seja difícil de chegar utilizando o transporte público (que costuma ser bom em Curitiba). Dessa vez optamos por utilizar um táxi como meio de transporte, pois tinhámos acabado de chegar em Curitiba e queríamos aproveitar todo o curto tempo disponível. A propósito: táxi lá é bastante acessível.

Para saber mais visite o site www.jacobinabar.com.br.

Siga a trupe do Jeguiando no Twitter!

Conheça nossa Fanpage!

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

2 Comentários

  1. Leidinara disse:

    Oiii
    muito bacana seu blog. Realmente o Jacobina é um bar muito gostoso. Quase ao lado dele tem o Baronesa, nao sei se vc chegou a ver. Estiloso também.
    Quando puder passa no meu blog.
    http://www.feriasnow.blogspot.com

    bjsss

  2. […] LINK 10. @turomaquia | shadow bar. ótimo para happy hour | LINK 11. @jeguiando | bar jacobina | LINK 12. @jeguiando | bar e restaurante zapata | LINK 13. @precisoviajar | clube do malte. segredos de […]


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: