Como se preparar para um cruzeiro – Dicas básicas

Desde menina, minha vida sempre foi atravessada pela presença do mar. Nasci e cresci em uma cidade litorânea ­— Salvador —, passei minhas muitas férias de verão à beira do mar, era e ainda sou fascinada por animais marinhos e, além de tudo, meu nome é uma homenagem a um dos nomes de Iemanjá, a orixá rainha das águas salgadas: Janaína.

Além do mar, uma das minhas grandes paixões na vida, viajar se tornou parte daquilo que também me define como pessoa. Gosto da sensação de estar em outro lugar, de saborear comidas que nunca experimentei, sentir outros cheiros, conhecer novas culturas e histórias, sentir meus pés tocando outro chão. E, se a vida é movimento, viajar carrega a vida nos braços. Viajar é viver.

Viajando com a Costa Cruzeiros

Por muito tempo, viajei apenas de carro, ônibus e avião, mas a curiosidade de viajar de navio sempre me rodeava. Se já era deliciosa a sensação de ter diante dos olhos aquela imensidão, imagine poder navegar em suas águas, dormir e acordar tendo o oceano bem debaixo dos pés e ainda conhecer um pouco de algumas cidades a cada parada?

A primeira vez que viajei de navio foi em 2014. Embarquei em um cruzeiro sem muitas informações, sem entender muito bem como tudo funcionava, mas, com o passar dos dias, fui entendendo a dinâmica de me hospedar e viajar sobre as águas.

O que saber antes de embarcar em um cruzeiro – Dicas básicas

1. Antes de embarcar em um cruzeiro — assim como planejar a viagem para qualquer lugar —, é importante se conhecer bem para escolher o cruzeiro que mais tenha a ver com seu perfil. Eu, por exemplo, já fui mais festeira, mas hoje prefiro mais calmaria, tranquilidade, comer bem, ter tempo para ler um livro, conversar do que necessariamente passar uma viagem inteira pulando de uma festa à outra. Então, antes de qualquer coisa, escolha um cruzeiro que tenha a ver com você. Não faça essa escolha baseando-se apenas em valores. Busque promoções de cruzeiros, claro, mas sem perder de vista seus gostos. Há cruzeiros temáticos, econômicos, All inclusive, de exploração etc. O importante é pesquisar antes para fazer uma escolha mais de acordo com seu perfil e com o capital disponível para fazer essa viagem.

Viagens românticas combinam com cruzeiros.

2. Atente-se para a temporada dos cruzeiros em cada parte do mundo e no seu país. Depois de escolher em que tipo de cruzeiro você deseja embarcar, atente-se para a temporada em que ele acontecerá, assim, você conseguirá se programar com antecedência e não perderá aquela viagem que gostaria de fazer.

3. Sabia que, além dos cruzeiros marítimos, há cruzeiros fluviais? Nunca experimentei os fluviais, mas, como sou mais ligada ao mar, é esse tipo de cruzeiro que mais me atrai.

Viajar com os amigos também combina com um cruzeiro.

4. Documentos: assim como toda viagem, os documentos dependerão do cruzeiro contratado. Se for nacional, basta levar o RG atualizado (ou seja, com validade de menos de dez anos) ou CNH. Se for internacional, passaporte e vistos em dia (caso sejam necessários para desembarcar nos destinos em que o navio fará suas paradas). Além disso, tenha o voucher em mão quando for embarcar.

5. Contrate um seguro viagem antes de embarcar. Ninguém está livre de adoecer ou se machucar em qualquer viagem e em um cruzeiro isso não seria diferente. Há várias opções de seguros no mercado para todos os bolsos.

Opções gastronômicas também fazem parte de um cruzeiro.

6. Ao embarcar em um cruzeiro, o ideal é levar um cartão de crédito internacional e a moeda que circula no navio (tudo depende da companhia com a qual você vai viajar). Geralmente, o dólar americano é aceito na maior parte dos cruzeiros, mas o ideal é informar-se antes.

7. Atente-se para o dress code no navio. Além de saídas de banho, maiôs, biquínis, sungas e calções de banho, que são presença obrigatória nas malas dos viajantes dos mares, não se esqueça de consultar quais os trajes são ideais para cada ambiente e evento. Há eventos, por exemplo, que pedem traje a passeio, traje de gala, então, informe-se antes para não ficar desconfortável depois.

Diversão a bordo.

8. Leve na mala seus medicamentos de uso contínuo e outros medicamentos que comumente leva em sua necesserie. Por sorte, eu levei Dramin comigo, mesmo acreditando que não iria enjoar. Enjoei bastante no primeiro dia, mas, a partir do segundo, já estava adaptada ao doce balanço do mar. Não se esqueça também de levar produtos de higiene pessoal: xampu, sabonete, desodorante, perfume e outras coisinhas que você utilize.

9. Apesar de haver free shop nos navios, geralmente os preços praticados lá são mais salgadinhos, então, pense bem antes de sair gastando desenfreadamente.

10. Internet no navio é um serviço caro, então, aproveite a viagem para fazer um detox das redes sociais e vá se divertir. Registre seus momentos mais gostosos em alto mar e nas paradas que o navio fizer. A vida acontece principalmente off line.

E, então, já se animou para embarcar nessa aventura? Seja em cruzeiros no Brasil ou em cruzeiros internacionais, o fato que viajar de navio rende não só uma experiência única como lembranças para uma vida inteira. Eu guardo com alegria todas as que fiz em alto mar. E você? Está pronto para viver as suas?

Compartilhe...
    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: