Cidade mais populosa do Brasil e do continente americano, São Paulo, por muitos anos, foi considerada a terra das oportunidades, seja para imigrantes estrangeiros como para imigrantes vindos de várias regiões do país. Figurando como o grande centro econômico de nossa nação, a capital paulista era sinônimo de emprego e de vida nova. Assim, São Paulo foi construindo sua identidade como uma metrópole multifacetada, baseada na mistura de culturas diversas, que aqui foram se instalando como uma extensão de suas pátrias.

Devido à grande concentração de famílias de imigrantes, que aqui foram estabelecendo suas colônias, São Paulo “bebeu” da cultura de diversos povos para formar o seu povo, e isso é traduzido nos costumes locais e na dinâmica, inclusive, de seus bairros. Vide a Liberdade, conhecida por reunir algumas colônias orientais, como de japoneses, chineses e coreanos, e bairros como a Mooca e o Bexiga, conhecidos pela grande concentração de famílias de descendentes de imigrantes italianos.

Essa grande reunião de povos e culturas diversas não poderia deixar de se refletir na gastronomia local. Em São Paulo, o viajante encontra de tudo em termos de gastronomia, o que tem reforçado a vocação turística da cidade. Muitas pessoas têm adicionado a capital paulista aos planos de viagem, não só para conhecer o destino em si, mas para vivenciar a grande oferta de atividades que a cidade oferece, inclusive mergulhar em sua multiplicidade gastronômica. Não falta quem queira “devorar” São Paulo.

Se você está planejando viajar para a capital paulista para turistar, conhecer seus teatros, museus, assistir a um show, participar de um grande evento ou vivenciar as múltiplas experiências gastronômicas que o destino oferece, confira os melhores voos para São Paulo na Rumbo.

Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Apesar de ser um pouco “monomaníaca” em relação a restaurantes eu elejo alguns como os meus preferidos e sempre frequento os mesmos , estou sempre aberta a conhecer novos lugares e, quem sabe, a adicioná-los à minha lista de cantinhos do coração. Recentemente, Erik e eu fomos convidados a conhecer o Pasta Nostra, um restaurante pra lá de agradável, que funciona em um belo casarão no bairro da Vila Mariana, um dos xodós da capital paulista. E se tem algo com a cara de São Paulo é a ideia de encontrar um bom lugar para comer uma massa e aproveitar bons momentos.

Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

  • Um pouco da história do Pasta Nostra

O Pasta Nostra foi fundado pelos irmãos Oswaldo e Claudio Guglielmetto, filhos de Gilda Guglielmetto, uma italiana de Piacenza, da região de Emília Romagna. Os dois irmãos cresceram envoltos pelos aromas dos pratos preparados na cozinha de Gilda e, mais tarde, transformaram as receitas de sucesso da mãe, herança de sua família e também de sua cultura, no mote para a criação de um charmoso e agradável restaurante italiano, localizado em um dos bairros mais simpáticos da cidade.

Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

  • Conhecendo os ambientes do Pasta Nostra

Logo quando você entra no Pasta Nostra, já dá de cara com um cantinho para lá de charmoso, rodeado de plantas e flores. Como fazia uma noite quente em São Paulo, quando visitamos o restaurante, decidimos escolher esse cantinho para jantar, não só porque era mais fresco por ser aberto (apesar de ter uma cobertura), mas principalmente pelo clima bucólico e romântico do local.

Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Para quem, no entanto, prefere o conforto do ar-condicionado, a casa, que é dividida em seis ambientes, oferece espaços devidamente climatizados e conta com uma decoração simples, mas convidativa, que é definida pelos donos como “rústico elegante”. Tudo no restaurante sugere acolhimento: algumas paredes revestidas de tijolinhos, piso e venezianas de madeira, toalhas brancas forrando as mesas, velas acesas e pequenos arranjos de flores. Um charme.

Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

 

O casarão centenário, no qual funciona o restaurante e que comporta até 120 pessoas, é tão charmoso que fez do Pasta Nostra não só um local para agradáveis almoços e jantares, mas um espaço de eventos, tanto corporativos (reuniões e confraternizações), como sociais (casamentos, aniversários, bodas e batizados). Quando fomos visitar a casa, disseram-nos que eles estavam se preparando para ser o cenário de mais uma recepção de casamento. O Pasta Nostra atende desde grupos pequenos a eventos do porte de casamentos, como foi citado anteriormente.

  • Gastronomia

E agora vamos ao que interessa! À comida!

Erik e eu fizemos uma refeição com entrada, prato principal e sobremesa, mas você, caro leitor, pode fazer o arranjo que mais lhe apetecer. 🙂

Antepastos. Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Antepastos. Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Antepastos. Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Antepastos. Ristorante Pasta Nostra. São Paulo. Imagem: Erik Araújo

Entradas

No menu do Pasta Nostra, há opções de entradas quentes e frias, mas optamos apenas pelas quentes. Pedimos, então, a Melanzane al forno con Pomodori e Parmigiano (berinjela assada com tomates, azeite e salsa, gratinada com queijo parmesão) e Pappa Pomodori (tomates refogados em azeite de ervas e condimentos com cubos de pão italiano tostados). A casa ainda nos mandou uma cestinha de pães, com alguns antepastos, como sardela e um patê de berinjela.

As entradas que pedimos são muito bem servidas. Eu arriscaria dizer que uma entradinha quente como a Melanzane al forno ou a Pappa Pomodori podem ser divididas perfeitamente entre duas pessoas. Se você for pedir o prato principal, então indico MESMO dividir uma entrada quente.

O molho de tomate das entradas estava maravilhoso. A berinjela estava macia, os pães crocantes e o queijo gratinado estava no ponto. <3

Para conhecer todas as entradinhas do Pasta Nostra, acesse: http://www.ristorantepastanostra.com.br/entradas.html

Prato principal

Penne alla Carbonara. Ristorante Pasta Nostra. Imagem: Erik Araújo

Penne alla Carbonara. Ristorante Pasta Nostra. Imagem: Erik Araújo

IMG_5090

Ristorante Pasta Nostra. Imagem: Erik Araújo

Como todo bom restaurante italiano, a especialidade do Pasta Nostra são as massas, o que não quer dizer que não haja outras opções para quem deseje fugir do tradicional. Há risotos e pratos com carnes, aves, peixes e frutos do mar.

Erik decidiu apostar no tradicional Penne alla Carbonara (Penne com pedaços de bacon em molho cremoso de ovos e parmesão), e eu escolhi um prato de camarões ao molho de coco verde com pirão (não consigo fugir da minha baianidade). As massas e os risotos da casa são bem servidos e os pratos que provamos eram saborosos e equilibrados. No entanto, da próxima vez em que for à casa, pedirei uma massa, porque fiquei namorando o prato do Erik. 😀

Para conhecer todas as massas, risotos e assados do Pasta Nostra, acesse: http://www.ristorantepastanostra.com.br/pasta.html; http://www.ristorantepastanostra.com.br/risotos.html; http://www.ristorantepastanostra.com.br/carnes.html.

Sobremesas e vinhos

Tiramisu. Imagem: Erik Araújo

Tiramisu. Imagem: Erik Araújo

Petit gateau com lâminas de amêndoas. Imagem: Erik Araújo

Petit gateau com lâminas de amêndoas. Imagem: Erik Araújo

O Pasta Nostra oferece ainda uma seleção interessante de sobremesas e vinhos (tanto em taça como em garrafa). Não bebemos essa noite, mas não abrimos mão das sobremesas. Erik pediu um tiramisu; eu pedi um petit gateau (pedi inicialmente um tartufo, mas havia acabado).

Para conhecer todas as sobremesas e os vinhos do Pasta Nostra, acesse: http://www.ristorantepastanostra.com.br/doces.html e http://www.ristorantepastanostra.com.br/vinhos.html

  • O que achamos do Pasta Nostra

Como disse no início do texto, apesar de ser uma pessoa meio “monomaníaca” em relação a restaurantes e sempre repetir os mesmos, estou sempre aberta a adicionar lugarzinhos à minha lista do coração. Eu não só adicionaria o restaurante a essa listinha afetiva, como já o adicionei.

Além do casarão por si só já valer uma visita, o ambiente é convidativo, o atendimento é atencioso e a comida é realmente MUITO boa. Em termos de preço, não os considero abusivos. Está na média do que você pagará em uma cantina em São Paulo. Há pratos em torno de R$ 35,00 a R$ 40,00, por exemplo, muito bem servidos e, sobretudo, feitos com cuidado.

Um lugar bem bacana para reunir os amigos ou comemorar a dois. 😉

Nham, nham! :D

Nham, nham! 😀

  • Serviço

– Endereço: Rua Joaquim Távora, 1355 – Vila Mariana – São Paulo – SP.

– Tel.: 11 5084-0289 | 2373-1910.

– Horário de funcionamento:

De segunda a quinta-feira, das 12h às 23h.
Às sextas-feiras e aos sábados, das 12h às 23h30.
Aos domingos das 12h às 17h.
Em feriados, consulte nossos horários.

– Plus: Serviço de manobristas, com estacionamento e seguro.

– Site oficial: www.ristorantepastanostra.com.br/

 

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

Um comentário

  1. Marília Pinheiro disse:

    Adoro o Pasta Nostra, principalmente os antepastos. 🙂

    Ótimo post. Reproduziu bem como é o mabiente.


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: