Viajar não envolve apenas as experiências de entrar em um avião e percorrer grandes distâncias. É possível vivenciar experiências extremamente positivas percorrendo poucas distâncias, visitando, por exemplo, uma cidadezinha próxima ao local onde você mora. Há poucos dias, por exemplo, decidimos por o pé na estrada para dar continuidade a um projeto nosso: o de reunir em uma série todos os posts dedicados a destinos para curtir no inverno. Como vivemos em São Paulo, demos preferência no momento a catalogar alguns dos destinos mais procurados no inverno e que estejam no máximo a quatro horas de carro da capital paulista. Decidimos então escolher Monte Verde, em Minas Gerais, para retomar este projeto e reunir aqui as dicas para chegar à cidade com tranquilidade e segurança, caso você decida ir de carro e não de ônibus.


Jegueton dirigindo a nova Eco Sport Titanium. Imagem: Janaína Calaça

Jegueton dirigindo rumo a Monte Verde. Imagem: Janaína Calaça

  • O resumo da viagem é simples:

– Distância São Paulo/SP até Monte Verde/MG: 165 KM

– Total de pedágios: 4 paradas (2 ida, 2 volta)

– Custo de pedágios: R$1,40 por parada

  • A Estrada

O acesso óbvio para o Sul de Minas, partindo de São Paulo, é sem dúvidas a Rodovia Fernão Dias, hoje sob concessão da Auto Pista Fernão Dias. A estrada não oferece desafios mesmo aos motoristas menos experientes, visto que em sua totalidade conta com faixas exclusivas para cada um dos sentidos até a chegada em Camanducaia.

O trecho trafegado entre São Paulo e Monte Verde conta com 2 pedágios (em cada sentido), um na cidade de Mairiporã (km 66) e outro em Vargem (km 7).  A tarifa vigente pode ser consultada diretamente no site da concessionária, mas durante nossa viagem o custo de cada pedágio foi de R$1,40.

Entre o acesso da rodovia Fernão Dias e a saída no Km 918 (na cidade de Camanducaia) serão percorridos aproximadamente 120km. Entrando na cidade de Camanducaia, acredite na sinalização: ela te conduzirá com perfeição até Monte Verde. Da entrada de Camanducaia até Monte Verde, serão aproximadamente 40 km adicionais, que serão percorridos em uma estrada recentemente asfaltada e de mão dupla, logo, respeite os limites de velocidade! É garantia de segurança para todos e oportunidade para os passageiros aproveitarem a paisagem da subida da serra.

Calibre os pneus e não deixar de checar os freios antes de pegar a serra. Imagem: Janaína Calaça

Calibre os pneus e não deixar de checar os freios antes de pegar a serra. Imagem: Janaína Calaça

  • Explorando Monte Verde

A cidade possui uma avenida principal onde estão concentradas quase todas as atrações do destino. As condições de pavimento são traquilas porém rústicas. Saindo da avenida principal, você encontrará ruas com asfalto bem danificado, buracos e em alguns roteiros estradas de terra. Por isso é importante estar preparado para esse tipo de condição de rodagem.

  • Dicas de segurança

Verifique a calibragem dos pneus, se os freios estão funcionando perfeitamente e se seu estepe está em condições de rodar. Se viajar à noite, não esqueça de checar se os faróis estão funcionando perfeitamente. Há muitas curvas na subida da serra e é preciso estar com os faróis em pleno funcionamento para evitar acidentes.

Verifique se os faróis estão funcionando perfeitamente para viajar à noite. Imagem: Erik Pzado

Verifique se os faróis estão funcionando perfeitamente para viajar à noite. Imagem: Erik Pzado

  • Combustível

Uma dica boba mas que sempre ajuda é sair com o carro já abastecido para evitar surpresas com custos de abastecimento na estrada. Em São Paulo, temos em geral álcool e gasolina a preços mais baixos do que muitos estados e o mesmo acontece em relação a Minas Gerais. Aproveite para abastecer ainda em postos paulistas para tentar economizar pelo menos o valor dos pedágios (sim, nós, pobres, contamos até com aqueles 10 centavos de diferença por litro, que em um tanque ou mais já justificam os pedágios). A cidade de Monte Verde possui um posto de combustíveis logo após a entrada, mas saiba desde já que o preço é bem salgado.

  • Estacionamento

Em baixa temporada é bastante tranquilo parar o carro em uma das transversais da avenida Monte Verde (onde tudo acontece), já na alta temporada, fatalmente será necessário ou parar mais afastado do centrinho da cidade ou então contar com estacionamentos. Durante a visita realizada vimos estacionamentos com períodos entre R$5 a R$15,00.

No mais, é só se planejar e cair na estrada!

Para mais dicas sobre Monte Verde, acesse nosso post indice e saiba mais sobre o destino: http://jeguiando.com/destinos-visitados/nacionais/sudeste/minas-gerais/monte-verde/

Para conhecer outros destinos de inverno próximos a São Paulo ou fora do país, acesse nosso Guia de Destinos de Inverno.

O Jeguiando viajou para Monte Verde com a nova Eco Sport Titanium. Imagem: Janaína Calaça

O Jeguiando viajou para Monte Verde com a nova Eco Sport Titanium. Imagem: Janaína Calaça

(*) Agradecimentos:

O Jeguiando viajou para Monte Verde com a nova Eco Sport Titanium, um oferecimento da Ford Brasil.

Acompanhe o Jeguiando nas redes sociais!

Conheça nossa Fanpage!

http://www.facebook.com/Jeguiando

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: