São Roque, SP – Visita a vinícolas, adegas e empórios


Quando falamos em feriados em meio de semana, geralmente as pessoas optam ou por ficarem em casa, curtindo um dia de preguiça, ou darem uma volta na própria cidade mesmo. Para quem não quer uma coisa nem outra, a opção é fazer uma viagem no estilo bate-volta para aproveitar a folga no meio da semana. Próximo a São Paulo, há várias cidades e cidadezinhas com perfil turístico, como a histórica e colorida São Luiz do Paraitinga ou a simpática vila operária de Paranapiacaba, localizada em Santo André, com suas casinhas centenárias e sua antiga estação de trem. Hoje, traremos a dica de um roteirinho que cabe perfeitamente em um dia para quem esteja em São Paulo: uma visita às vinícolas, adegas e armazéns de São Roque (a dica e a proposta de passeio foi de minha amiga Clara Miyagui).

  • São Roque, SP – Visitas a vinícolas, adegas e armazéns compõem roteiros ideais para um dia ou fins de semana

Vinícola Góes, São Roque, SP. Imagem: Janaína Calaça

Vinícola Góes, São Roque, SP. Imagem: Janaína Calaça

Vinícola Góes, São Roque, SP. Imagem: Janaína Calaça

Localizada a pouco mais de uma hora e meia de carro de São Paulo, São Roque é uma opção interessante para quem curte visitas a vinícolas, adegas e empórios – esta na verdade é a sua especialidade. Dentre as vinícolas situadas na cidade, estão: Vinícola Góes, Vinhos Bella Aurora, Vinhos Canguera, Vinhos Frank, Vinhos Sorocamirim e Vinhos XV de Novembro. Nosso bate-volta aconteceu em uma tarde de segunda-feira e acabamos decidindo aproveitar mais a visita a uma vinícola e optar para fazer o roteiro do vinho completo depois, com calma.

Nathy, Clara e Jana, aproveitando um roteirinho de um dia em São Roque, SP. Imagem: Jeguiando

Nathy, Clara e Jana, aproveitando um roteirinho de um dia em São Roque, SP. Imagem: Jeguiando

Vinícola Góes, São Roque, SP. Imagem: Janaína Calaça

Vinícola Góes, São Roque, SP. Imagem: Janaína Calaça

Seguindo a dica de nossa amiga-guia Clara Miyagui, escolhemos visitar a Vinícola Góes. A família Góes foi uma das pioneiras no cultivo de videiras na cidade de São Roque e a tradição da família na produção de vinhos nacionais já se estende há aproximadamente 100 anos. De certa forma, a própria trajetória da Vinícola Góes está relacionada à história da cidade como um importante destino de vinhos em São Paulo. São Roque, além de reunir diversas vinícolas e adegas, promove, todos os anos, a Festa do Vinho – evento que mobiliza a cidade e atrai apreciadores da bebida.

Vinícola Góes, São Roque, SP. Imagem: Janaína Calaça

Vinícola Góes, São Roque, SP. Imagem: Janaína Calaça

Todo mundo tem uma foto jacu! Imagem: Jeguiando

Todo mundo tem uma foto jacu! Imagem: Jeguiando

Rodeada de jardim e tendo em seu coração um simpático laguinho ornamental habitado por inúmeras carpas (as crianças podem alimentá-las, basta comprar a ração em uma das lojinhas), a propriedade que envolve a vinícola é tranquila e sossegada, ideal para quem quer aproveitar umas horas longe do turbilhão que é viver em uma grande cidade como São Paulo. Nos fins de semana, a vinícola costuma receber um número maior de pessoas e, consequentemente, a tranquilidade não é a mesma que a de uma segunda-feira, por exemplo, mas, mesmo assim, em função do amplo espaço da propriedade, é possível relaxar.

Nathy em um roteiro de um dia para São Roque, SP. Imagem: Janaína Calaça

Nathy em um roteiro de um dia para São Roque, SP. Imagem: Janaína Calaça

Clara quem propôs o bate-volta para São Roque, SP. Imagem: Janaína Calaça

Clara quem propôs o bate-volta para São Roque, SP. Imagem: Janaína Calaça

Além de poder caminhar por toda a propriedade, relaxar e esfriar a cabeça, o visitante dispõe de uma estrutura que conta com lanchonete (para lanchinhos rápidos), lojinhas e a adega (onde são realizadas as degustações dos vinhos produzidos na Vinícola Góes). Nas lojinhas, você pode fazer degustações de licores (recomendo!!!) ou levar para casa sequilhos e conservas para acompanhar as refeições. Degustei alguns licores e trouxe para casa um de café acompanhado de copinhos de chocolate para dar de presente ao Erik e um potinho de sardela (muito boa por sinal).

Vinícola Góes, São Roque, SP. Imagem: Janaína Calaça

Vinícola Góes, São Roque, SP. Imagem: Janaína Calaça

Vinícola Góes, São Roque, SP. Imagem: Janaína Calaça

Vinícola Góes, São Roque, SP. Imagem: Janaína Calaça

  • Degustação de vinhos na Vinícola Góes

Agora, vamos ao que interessa: à degustação de vinhos produzidos na Vinícola Góes. Com opções de tintos (secos e suaves), rosés, brancos, espumantes, de sobremesa (tipo do Porto) e até coolers, eu priorizei os brancos e espumantes (provei uns proseccos interessantes e acabei trazendo um conjunto com tacinhas para casa). A Clara e a Nathy optaram mais pelos tintos e assim fomos conhecendo o que a vinícola hoje oferece em termos de produtos para o mercado. Ainda não se consome muito vinho no Brasil como em outros países, como nossa vizinha, a Argentina, por exemplo, mas já há um investimento no mercado de vinhos nacionais para tentar conquistar mais consumidores.

Degustação de vinhos na Vinícola Góes, São Roque, SP. Imagem: Janaína Calaça

Degustação de vinhos na Vinícola Góes, São Roque, SP. Imagem: Janaína Calaça

Degustação de vinhos na Vinícola Góes, São Roque, SP. Imagem: Janaína Calaça

Degustação de vinhos na Vinícola Góes, São Roque, SP. Imagem: Janaína Calaça

  • Outras atividades em São Roque, SP

Como citei no início do post, o ponto forte de São Roque são, sem dúvidas, suas vinícolas, adegas e empórios. Ao longo da cidade, há vários empórios especializados em queijos, salames especiais e doces. Chegamos a visitar a Quinta do Olivardo, uma casa portuguesa que dedica-se, principalmente, a queijos, salames e cachaças. Ainda na Quinta, funciona um restaurante que conta com um calendário especial de opções para os visitantes como a Noite do Fado (todo o 3º sábado do mês), a Espetada (preparação típica da Ilha Madeira servida todo primeiro sábado do mês) e, por fim, as sextas são dedicadas à Sardinha na Brasa. O passeio por toda a cidade pode ser feito em um dia ou em dois, com paradas e degustações. Apenas lembre-se: se beber, não dirija. Caso queira aproveitar todo o roteiro, opte por se hospedar em uma das pousadas da cidade e aproveite a experiência! 🙂

Quinta do Olivardo. Casa portuguesa também faz parte do roteiro de vinhos de São Roque, em SP. Imagem: Janaína Calaça

Quinta do Olivardo. Casa portuguesa também faz parte do roteiro de vinhos de São Roque, em SP. Imagem: Janaína Calaça

  • Outras informações:

Vinícola Góes:

– Endereço: Estrada do Vinho, km 9, Canguera, São Roque, SP

– Site oficial: Vinícola Góes

Quinta do Olivardo

– Endereço: Estrada do Vinho, km 4, Estância Turística de São Roque, SP

– Site oficial: Quinta do Olivardo

Siga a trupe do Jeguiando no Twitter!

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: