Caros, entre os dias 10 a 14 de agosto, 14 blogueiros brasileiros embarcam para Foz do Iguaçu para participar do evento Blog Tur: 1º Encontro Trilhas Aventuras de Blogs de Turismo, uma iniciativa do blogueiro Maurício Oliveira, do portal Trilhas e Aventuras, com o patrocínio da agência LoumarTurismo e em parceria com o Hotel Bella Itália e a Gol Linhas Aéreas. O BlogTur “é um evento do portal Trilhas e Aventuras, que tem por finalidade reunir blogueiros do setor de turismo para debates de temas específicos como hotelaria, gastronomia, ecoturismo, entretenimento, compras, roteiros temáticos, esportes de aventura, para a divulgação de destinos nacionais e internacionais”, que reflete a importância das mídias sociais e dos blogs, hoje, no processo de estímulo ao turismo. Pensando em um mote para o nosso debate, Maurício sugeriu que eu escrevesse sobre a importância dos blogs de viagem e redes sociais para o aquecimento do turismo, seja ele nacional ou internacional.

Quando o conceito de blog começou a povoar o nosso imaginário coletivo, até então timidamente, esses espaços eram conhecidos como diários virtuais, onde escrever em primeira pessoa e comentar sobre experiências pessoais eram os seus principais pontos norteadores. Com o passar do tempo, os blogs foram mudando não só como ferramenta de publicação, mas também tiveram seus papéis sociais ampliados. Não só as experiências de vida de um indivíduo passaram a ser partilhadas, mas também conhecimentos. Com o boom de informações que circulam pela internet, conseguir distinguir dados confiáveis de fontes não seguras está se tornando tarefa cada vez mais complexa para os usuários como um todo. Além de buscar informações, as pessoas fazem uso de serviços on line, como transações em bancos, compras etc. Paralelamente ao constante uso dos recursos e das facilidades da internet, o lado dos golpes, dos produtos de qualidade duvidosa também aparece. Diante da necessidade dos novos tempos de tornar a vida mais fácil, devido às urgências cotidianas, o impasse se encontra na utilização da internet para facilitar o dia a dia em detrimento dos riscos que envolvem adquirir produtos em determinados sites ou utilizar algum serviço on line.

Apesar de parecer um contrasenso, os blogs, mesmo sendo parte da vida on line, parecem ter evoluído em termos de importância e credibilidade diante da sociedade à medida que a necessidade pela informação segura e a validade da experiência pessoal também cresceram. Os blogs mudaram. Deixaram de ser apenas diários virtuais e foram resignificados. Passaram a ser um meio de publicação alternativo, servindo não só para compartilhar experiências, conhecimentos, informações, mas também trabalhos, produtos. Quem nunca acompanhou, por exemplo, a trajetória de escritores e cartunistas, que saíram dos blogs para as publicações impressas? Com essas reconfigurações, os blogs passaram também a fazer parte do cotidiano de empresas, assim como as redes sociais, como Facebook e Orkut.

Imagem: http://www.blogmidia8.com/2011/01/redes-sociais-e-empresas-interacao-nao.html

Imagem: http://www.blogmidia8.com/2011/01/redes-sociais-e-empresas-interacao-nao.html

Mesmo tendo sofrido diversas mudanças e reconfigurações, os blogs ainda possuem como premissa a possibilidade da interação entre blogueiro e leitor e é desta interação, entre indíviduos comuns, no geral, que surgem as relações de confiança em um espaço tão sujeito a golpes e a informações pouco confiáveis. Um blog não se torna referência em credibilidade instantaneamente. É através das relações estabelecidas entre o leitor e o blogueiro que este conquista a sua credibilidade e isso leva tempo. Um blog se torna confiável à medida que o seu leitor atesta as informações contidas neste espaço e esta credibilidade se propaga. Isso serve para qualquer espaço: seja ele de tecnologia, moda, gastronomia, nutrição, até mesmo turismo.

Afunilando a discussão em torno dos blogs de turismo, hoje, as pessoas, indiscutivelmente, estão usando a internet para adquirir suas passagens, montar pacotes, escolher destinos. Paralelamente a esse movimento, as pessoas também estão buscando informações sobre as companhias, sobre agências e sobre os destinos escolhidos, mas o indivíduo não irá procurar no próprio site institucional de uma empresa as informações que ele precisa, principalmente no que diz respeito aos serviços prestados. Com a crescente validação da experiência pessoal, os blogs se tornaram um dos meios de pesquisa destas informações. Por exemplo, quero saber se é seguro contratar o serviço de uma agência, voar por determinada companhia aérea, saber se o restaurante que tem 5 estrelas em uma revista especializada é tudo isso mesmo. Obviamente, que toda e qualquer avaliação é subjetiva, mesmo a de profissionais. O ideal é que mais de uma fonte seja consultada e muitas pessoas já se deram conta disso.

O relato de um indíviduo comum, suas fotos e experiências o aproximam de outro indíviduo comum. O indíviduo comum é aquele que vai tentar economizar em algo, que quer reunir a maior quantidade de informações sobre um destino para saber se vale a pena o investimento não só de capital, mas de sonhos, em suas suadas férias. O indíviduo comum vai perguntar ao amigo se ele já viajou para tal cidade, se a câmera digital da marca tal funciona mesmo, etc. Essas questões não podem ser feitas ou endereçadas a sites institucionais ou a artistas que estrelam em determinada propaganda. Essas questões, no fim das contas, acabam no campo de comentários dos blogs, nos e-mails, nos formulários de contato.

Imagem: http://jacquelineduart.blogspot.com/2011/02/interacao.html

Imagem: http://jacquelineduart.blogspot.com/2011/02/interacao.html

Os blogs de turismo, hoje, não só estão desempenhando um importante papel na propagação de informações sobre destinos e serviços através dos relatos pessoais dos blogueiros, como também estão estimulando as pessoas a terem vontade de viajar. Já tivemos a grata surpresa de receber e-mails de pessoas que nunca tinham viajado e que se sentiam inspiradas a viajar depois de ler nossos relatos. Ou do caso de pessoas que utilizaram todas as nossas dicas sobre determinada cidade para se orientar e nos escreveram para compartilhar o fato. Ou também o caso de pessoas que, pelo porte físico, nunca tinham se aventurado a viajar para um destino de ecoturismo ou de turismo de aventura, mas que resolveram testar seus limites depois que nos viram fazendo rafting, trilhas, rapel, e dizendo, mesmo que indiretamente, que sim, é possível. Nós, pessoas comuns, conseguimos realizar todas essas atividades.

Provavelmente, nunca se viajou tanto e nunca se falou tanto em viagens. Apesar de muitos ainda terem a imagem distorcida sobre o papel dos blogs na sociedade, é importante perceber o quanto a experiência pessoal hoje é valorizada e o quanto a interação entre o blogueiro e o leitor também é importante. O indíviduo comum hoje tem à sua disposição meios múltiplos de difundir sua voz, seja através dos blogs, do Facebook, do Orkut, do Twitter. Se esta voz não fosse tão importante, todas estas redes e mídias sociais não teriam a projeção que têm hoje. O indivíduo comum quer se informar e quer informar. O indivíduo comum quer se inspirar e quer inspirar o outro. Ele quer ser ativo socialmente. Logo, o papel dos blogs de turismo, assim como os demais, acaba sendo o de abrir espaço para todas essas vozes e essas vozes têm seu poder de influenciar, de informar, de inspirar e de passar segurança.

Janaína Calaça

Siga a trupe do Jeguiando no Twitter!

Conheça nossa Fanpage!

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

7 Comentários

  1. Oi Janaína,

    Esse desenvolvimento dos blogs de viagem, feitos com total profissionalismo, também incentivou o aparecimento de novos blogueiros (me incluo nesta categoria). Vejo esse crescimento com um olhar otimista, pois além de haver espaço para todos na internet, todos podem crescer juntos com iniciativas iguais ao #BlogTurFoz.

    Abraços

    • Guilherme, há espaço para todos. Sempre acreditei nisso. É difícil dar conta de todos os destinos e manter sempre as informações atualizadas. Os blogs acabam um complementando o outro e assim as pessoas têm como reunir um conjunto de informações e aproveitar para fazer uma viagem bem orientada. 😀

      Beijão,

      Jana.

  2. Jana,

    tenho você como um exemplo de seriedade nesse segmento. Sei da sua seriedade e acredito no potencial do Jeguiando para contribuir para a divulgação do turismo no Brasil. Também sei que uma andorinha não faz verão, então nós blogueiros sérios temos sim que nos unirmos para fortalecer ainda mais a nossa categoria. Meus parabéns e muitas viagens para você! 🙂

    • Deise, sempre fui defensora da ideia de que é preciso unir para poder fortalecer. Uma coisa é um galhinho solto, outra bem diferente é um feixe. Um galho só é frágil, um feixe de galhinhos n.

      Muita gente no universo de blogs já pensa assim, já se movimenta no sentido de agregar e não de caminhar só. Quem só pensa no próprio umbigo, que não compartilha informação, que não ajuda o outro em seu crescimento, acaba caindo no esquecimento também.

      Trabalhar junto sempre é melhor que sozinho. Divide-se a responsabilidade e os ganhos e se todos trabalham para divulgar o nosso país, por exemplo, todos ganham com o desenvolvimento destas cidades. 🙂

      Abs,

      Jana.

  3. A nossa expressividade é determinante. Cada dia que passa tenho observado que a força dos blogs de viagens tem sido algo totalmente determinante na escolha e planejamento turístico de milhares de pessoas que se inspiram nas histórias verídicas contadas por nós em nossos diários de bordo!

    Vale a pena continuar escrevendo pelo prazer de ver pessoas lhe agradecendo! Vale a pena continuar sendo clonado pelos diversos spammers da internet só pelo prazer de saber que seu conteúdo é de qualidade, invejável ao ponto de ser clonado. E vale muito mais a pena reviver cada detalhe da viagem entre os parágrafos que escrevemos e fotos que tratamos com o intuito único de compartilhar experiências e receber feedbacks sobre o benefício desse compartilhamento mútuo tão saudável…

  4. […] muito bate papo entre os blogueiros, intercâmbio de informações, de um debate caloroso sobre a importância dos blogueiros para o aquecimento do turismo, onde pudemos não só falar sobre nossa experiência em inspirar mais e mais pessoas a quererem […]

  5. […] Argentina e Paraguai e várias experiências gastrônomicas e um importante debate sobre a importância dos blogs no aquecimento do turismo. Tudo isso será, aos poucos, sendo publicado aqui no Jeguiando, para que vocês, leitores, possam […]


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: