Como viajar sem despachar bagagem?


Viajar sem despachar bagagem é uma arte! Digo sem medo de errar! Para quem acha que a vida é curta e esteira de aeroporto é atraso de vida, então junte-se a nós, pessoas que multiplicam espaços inexistentes em suas malas e mochilas, que contrariam as leis da física, que veem, diante de si, dois corpos ocupando o mesmo espaço, mas que não se rendem ao ritual entediante de ver a esteira passar, levando nossa juventude e cavando, em nossas faces redondas, pés de galinha de preocupação! Preocupação sempre presente no medo de ter sua bagagem extraviada e enviada para outro continente (drama queen!).

Aproveite todos os espaços de sua mala com sabedoria!

Aproveite todos os espaços de sua mala com sabedoria!

Todas as vezes que desço do avião e passo pela área de devolução de bagagens, uma palavra sempre passa pela minha cabeça! Ufa! Quando vejo as pessoas saírem em disparada com seus carrinhos, atropelando os vizinhos para conseguir um espaço diante da esteira, meus pés, em uníssono, também gritam: “Ufa!”. É comum e aceitável que as pessoas, em suas primeiras viagens, queiram levar a casa nas costas, mas, com o tempo, a experiência aponta para o que é realmente essencial e o que extrapola os limites do bom senso! Viagens mais longas ou para destinos que exigem roupas de frio são as que comumente demandam malas maiores e, consequentemente, ter que despachar as bagagens. Para estadias mais curtas, para viagens que envolvem destinos que exigem roupas leves, dá para viajar sem despachar e o tempo, ah… Você aproveita para fazer outras coisas!


Viajar sem despachar bagagem – Dicas

1.  Aproveitamento de espaço: Em vez de colocar todas as roupas empilhadas, tente fazer rolinhos bem justos com aquelas peças que você sabe que amassam menos. Na verdade, os rolinhos amassam muito menos do que as roupas dispostas de forma tradicional;

2. Passe em uma farmácia ou em uma loja de R$ 1,99 e leve para casa recipientes de plástico para armazenar shampoo, condicionador, perfume etc. Como o limite é de 100 ml para líquidos, é melhor transferir estes conteúdos para tais recipientes, que ocupam menos espaço que os originais e você não corre o risco de ter que despachar uma mala por causa de um shampoo de 200 ml;

3. Calças jeans, tênis e casaco. Estes itens, geralmente, são os que fazem mais volume na mala. Viaje com eles no corpo e verá que sobrará mais espaço em sua bagagem;

4. Escolha uma sandália ou uma papete para circular pelo hotel/ pousada e leve um calçado que seja peça-chave para sair à noite, por exemplo. Para conhecer a cidade, um tênis ou um sapato confortável, que, como foi citado no item anterior, já poderá ir no seu pé para o aeroporto;

Recipientes plátiscos de até 100 ml ajudam a aproveitar o espaço e é o limite aceito a bordo.

Recipientes plátiscos de até 100 ml ajudam a aproveitar o espaço e é o limite aceito a bordo.

5. Calcule o número de peças íntimas que provavelmente você irá usar em sua viagem. Não deixe estes itens espalhados, pois cria volume na mala. Experimente comportá-los em uma pequena bolsa ou em um saquinho, bem dobrados;

6. Na sua farmacinha, carregue medicamentos de rotina e medicamentos como analgésicos, para controle de enjoo, de desconforto abdominal etc. Não pode faltar também band-aid ou esparadrapo, gaze, água oxigenada ou qualquer solução para limpeza de ferimentos. O kit precisa ser básico, funcional e compacto;

7. No kit higiene, leve apenas o essencial. Pasta de dente, escova, sabonete, escova de cabelo, shampoo, perfume, protetor solar (já acondicionados em recipientes de 100 ml), entre outros itens essenciais. Fuja da loucura de levar 3 tipos de perfumes, 10 tipos de creme. Lembre-se, você precisa do básico para estes dias;

8. Roupas, calçados, kits de higiene devem ser acondionados em uma mala com o limite de 5 kg. Notebook, câmera fotográfica, carregadores e outros equipamentos devem ser transportados em uma mochila. Você consegue levar tudo o que precisa, sem misturar;

9. Caso você queira trazer lembrancinhas, roupas, artigos de decoração do destino, então leve uma sacola dobrada em sua mala ou mochila para trazer estes itens na volta e aí você terá que abrir mão da comodidade de viajar sem despachar, mas pelo menos terá se poupado em um dos trechos!

Boa viagem!

Siga a trupe do Jeguiando no Twitter!

Conheça nossa Fanpage!

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

Um comentário

  1. Carmem disse:

    Sou totalmente a favor de viajar sem despachar.
    Lá no meu blog, compilei umas dicas da @sylviatravel, uma especialista no assunto. Pra quem quiser ver, taí: http://deunstempospraca.blogspot.com/2010/10/fazendo-as-malas.html


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: