Memorial do Imigrante – São Paulo


Localizado em um dos bairros mais conhecidos de São Paulo, a Mooca, pela concentração de imigrantes, principalmente italianos,  o Memorial do Imigrante é um dos  museus da cidade que mais recebe visitações ao longo do ano. O Memorial, fundado no ano de 1888, antigamente funcionava como uma Hospedaria para imigrantes, que aportavam no Brasil. Os recém-chegados, ao desembarcarem na estação de trem, que passava pela Hospedaria, ali permaneciam por um prazo de mais ou menos oito dias, para acertar contratos de trabalho.

Memorial do Imigrante. Imagem: Erik Pzado.

Memorial do Imigrante. Imagem: Erik Pzado.

Enquanto os imigrantes aguardavam o prazo estabelecido para entrar de vez no país, faziam uso da estrutura da antiga hospedaria, onde recebiam atendimento médico e faziam suas refeições.

Memorial do Imigrante. Imagem: Erik Pzado.

Memorial do Imigrante no dia da 15ª Festa do Imigrante. Imagem: Erik Pzado.

A antiga hospedaria passou por uma série de reformas e também serviu de presídio político na década de 20. Ainda nesta década, a hospedaria foi utilizada para abrigar desalojados da enchente de 29.

Maquete do Memorial do Imigrante. Imagem: Jeguiando.

Maquete do Memorial do Imigrante. Imagem: Erik Pzado.

Em 1978, a hospedaria recebeu sua última leva de imigrantes e, anos mais tarde, em 1986, foi finalmente fundado o Centro Histórico do Imigrante. O Memorial do Imigrante em si foi criado nos finais da década de 90, em 1998, e funciona até hoje desta forma.

Maquete do Memorial do Imigrante. Imagem: Erik Pzado.

Maquete do Memorial do Imigrante. Imagem: Erik Pzado.

O memorial conta com um vasto número de peças e fotografias. Os cenários também ajudam a recompor o passado de forma didática, como, por exemplo, tentar provocar no visitante a sensação de viajar em uma cabine apertada de um navio, tendo apenas uma pequena janela para avistar o mar. O espaço, estreito, às vezes chegava a ser ocupado por 2 famílias ou o equivalente a 15 pessoas.

Cenário de barbearia. Imagem: Erik Pzado.

Cenário de barbearia. Imagem: Erik Pzado.

No andar superior do museu, há vários ambientes que continuam a recontar a história através de cenários e fotografias. Há uma pequena reprodução de uma vila, com barbearia, café, frutas de cera em carroças de madeira, entre outros. Há também um cenário que representa os casarões das fazendas de café, principal produto que movimentava a economia do país no início do século XX.

Dragão. Imagem: Erik Pzado.

Dragão. Imagem: Erik Pzado.

O Memorial também conta com um museu a céu aberto, onde as pessoas podem visitar trens antigos da antiga São Paulo Railway e ainda fazer um passeio em uma Maria Fumaça, com as opções de viajar na classe econômica ou na classe A. O passeio dura mais ou menos 20 minutos e é realizado aos sábados, domingos e feriados das 10 às 17:00 horas. O preço dos ingressos varia de R$ 5,00 a R$ 6,00.

Ói o trem! Imagem: Erik Pzado.

Ói o trem! Imagem: Erik Pzado.

Ainda funcionam no Memorial os seguintes serviços: Emissão de certidão e certificado de desembarque; visitas monitoradas para grupos; cessão de imagens de acervo; Caffé Bistrô do Imigrante; Retratos de Época, uma Fábrica de Photos Antigas; cessão de espaços para eventos culturais e pesquisa em Arquivo.

No trem. Imagem: Erik Pzado.

No trem. Imagem: Erik Pzado.

Para maiores informações, acesse Memorial do Imigrante.

Janaína Calaça e Erik Pzado jeguiando no Memorial do Imigrante.  Imagem: Natalina Costa.

Janaína Calaça e Erik Pzado jeguiando no Memorial do Imigrante. Imagem: Natalina Costa.

Horário de Funcionamento:

Visitação: De terça a domingo das 10:00 às 17:00 horas (inclusive feriados);

Serviços administrativos: De terça a sexta das 10:00 às 17:00 horas (exceto feriados);

Biblioteca: De terça a sexta das 10:00 às 13:00 e das 14:00 às 17:00 horas (exceto feriados);

Departamento de Pesquisa e Emissão de Certidão de Desembarque: De terça a sexta das 13:00 às 17:00 horas e aos sábados das 10:00 às 17:00 horas. O departamento não funciona aos domingos e feriados.

Ingresso:

R$ 4,00 (Quatro Reais);
R$ 2,00 (Dois Reais), para estudantes dos ensinos fundamental, médio e superior;
Entrada gratuita para menores de 7 (sete) anos e adultos com mais de 60 (sessenta) anos;
Entrada gratuita no último sábado do mês no Memorial do Imigrante.

Localização:

Rua Visconde de Parnaíba, 1316 – Mooca – São Paulo – SP. Tel: (11) 2692-1866.
(Próximo à estação Bresser do metrô – linha Leste-Oeste)

Fonte de Pesquisa: Memorial do Imigrante.

Matéria: Janaína Calaça.

Fotos: Erik Pzado.

Siga a trupe do Jeguiando no Twitter!

Conheça nossa Fanpage!

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

Um comentário

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Erik PZado Araujo, Jegueton. Jegueton said: Novo post: Memorial do Imigrante – São Paulo http://jeguiando.com/2010/06/14/memorial-do-imigrante/ […]


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: