Plaza de Mayo – Buenos Aires


Sendo a mais antiga praça da cidade, a “Plaza de Mayo” é um daqueles lugares turístico-farofa que todo mundo é obrigado a ir quando se vai conhecer uma cidade. É justamente aqui que você consegue obter a prova cabal de que realmente esteve em Buenos Aires: uma foto com a Casa Rosada ao fundo!

Praça de Maio - Piramide de Maio e Casa Rosada ao fundo. Foto: Jeguiando

Praça de Maio – Piramide de Maio e Casa Rosada ao fundo. Imagem: Fábio Brito.

Foi na Praça de Maio que ocorreu a segunda fundação de Buenos Aires, uma vez que a primeira versão da cidade tinha sido completamente destruída com guerras, tendo sua população dizimada por doenças e pela fome e, como os espanhóis precisavam manter o controle da região, fundaram então a cidade novamente.

Pirâmide de Mayo - Marco da segunda fundação de Buenos Aires - Foto: Jeguiando

Pirâmide de Mayo – Marco da segunda fundação de Buenos Aires. Imagem: Janaína Calaça.

Além de sua importância histórica, a praça abriga alguns prédios importantes para a administração argentina como o Banco de la Nación Argentina, o Museu Histórico do Cabildo, a Catedral Metropolitana e a Casa Rosada, a sede do governo e palco de fotografias de turista-farofa. 🙂

Museu do Cabildo (esq) e Governo da Cidade (dir) - Foto: Jeguiando

Museu do Cabildo (esq) e Governo da Cidade (dir). Imagem: Fábio Brito.

De quebra, a praça também é palco dos costumeiros protestos e manifestações que, de tempos em tempos, surgem em Buenos Aires.

Chegar até lá é muito fácil, pois a praça conta com 3 estações de metrô (subte) ao seu redor: Plaza de Mayo (linha A), Catedral (linha D) e Bolívar (linha E).

Banco de la Nación Argentina, visto da praça - Foto: Jeguiando

Banco de la Nación Argentina, visto da praça. Imagem: Fábio Brito.

Além do metrô, têm um monte de linhas de ônibus (mais de 20) que passam por lá, dentre as quais destaco as 86 (La Boca-Aeroporto de Ezeiza), 64 (Vuelta de Rocha – Barracas de Belgrano), 22 (Quilmes – Puerto Novo) e a 56 (Tapiales – Retiro).

Para quem está nas imediações do Congresso, o melhor caminho é seguir andando pela avenida de Mayo. A praça fica no “fim de linha”.

Jegue-tón em momento turista-farofa em frente a Casa Rosada. Foto: Jeguiando

Jegueton em momento turista-farofa em frente a Casa Rosada. Imagem: Fábio Brito.

Aproveite o passeio e não esqueça da foto na frente da Casa Rosada! 😉

Observações importantes: Por ser uma viagem internacional, é aconselhável fazer um seguro de viagem. Viajou para longe de casa, não deixe de fazer um seguro!


Siga a trupe do Jeguiando no Twitter!

Conheça nossa Fanpage!

    *Aviso: Todo o conteúdo do Jeguiando.com está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e aprovação.     **Comentários ofensivos serão deletados.  

2 Comentários

  1. […] O post de hoje será dedicado ao bairro de San Telmo, localizado em Buenos Aires, próximo à Praça de Maio (Plaza de Mayo). Praça Dorrego (Plaza Dorrego). Foto: […]

  2. Apesar de odiar frio, um dos lugares que pretendo conhecer é a Patagônia, por motivos linuxers óbvios 😉

    A Argentina é um país incrível mesmo, parabéns pelos posts!


Anuncie no Jeguiando! 8 anos de viagens! Lojinha_do_Jeguiando

Pesquisar

  Expedição Jeguiando Across Canada - Atravessando o Canadá nos trens da Via Rail  

Destinos visitados pelo Jeguiando

    alemanha bariloche2 Canadá patagonia_chilena3 França Alagoas_topo Bahia recife Mato_Grosso_do_Sul Minas_Gerais Rio Sao_Paulo Paraná Porto_Alegre Santa_Catarina

Posts mais Populares

%d blogueiros gostam disto: